Capítulos 

Capítulo 1
Morôni escreve para benefício dos lamanitas — Os nefitas que não negam a Cristo são mortos. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 2
Jesus deu poder aos doze discípulos nefitas para conferirem o Espírito Santo. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 3
Os élderes ordenam sacerdotes e mestres pela imposição de mãos. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 4
Explica-se como élderes e sacerdotes administram o pão sacramental. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 5
Estabelecido o modo de administrar o vinho sacramental. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 6
Pessoas arrependidas são batizadas e integradas na Igreja — Membros da Igreja que se arrependem são perdoados — Reuniões são dirigidas pelo poder do Espírito Santo. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 7
Convite para entrar no descanso do Senhor — Orai com verdadeiro intento — O Espírito de Cristo permite aos homens distinguirem o bem do mal — Satanás persuade os homens a negarem a Cristo e a praticarem o mal — Os profetas anunciam a vinda de Cristo — Pela fé são realizados milagres e anjos ministram — Os homens devem ter a esperança da vida eterna e apegar-se à caridade. Aproximadamente 401–421 d.C.
Capítulo 8
O batismo de crianças pequenas é uma abominação maligna — As criancinhas estão vivas em Cristo por causa da Expiação — Fé, arrependimento, mansidão e humildade, recebimento do Espírito Santo e perseverança até o fim, levam à salvação. Aproximadamente 401–421 d.C.
A segunda epístola de Mórmon a seu filho Morôni.
Abrange o capítulo 9.
Capítulo 9
Tanto os nefitas como os lamanitas tornaram-se depravados e degenerados — Torturam-se e assassinam-se uns aos outros — Mórmon ora para que a graça e a bondade descansem sobre Morôni para sempre. Aproximadamente 401 d.C.
Capítulo 10
O testemunho do Livro de Mórmon é recebido pelo poder do Espírito Santo — Os dons do Espírito são concedidos aos fiéis — Os dons espirituais sempre acompanham a fé — As palavras de Morôni falam do pó — Vinde a Cristo, aperfeiçoai-vos Nele e santificai vossa alma. Aproximadamente 421 d.C.