Seção 24

Revelação dada a Joseph Smith, o Profeta, e Oliver Cowdery, em Harmony, Pensilvânia, em julho de 1830. Embora menos de quatro meses houvessem decorrido desde a organização da Igreja, a perseguição tornara-se intensa e os líderes tiveram que buscar segurança, escondendo-se parte do tempo. As três revelações seguintes foram dadas nesta ocasião a fim de fortalecê-los, encorajá-los e instruí-los.

1–9, Joseph Smith é chamado para traduzir, pregar e explicar as escrituras; 10–12, Oliver Cowdery é chamado para pregar o evangelho; 13–19, Revelada a lei relativa a milagres, maldições, sacudir o pó dos pés e não levar bolsa nem alforje.

 Eis que foste chamado e escolhido para escrever o Livro de Mórmon e para meu ministério; e livrei-te de tuas aflições e aconselhei-te, pelo que tens sido livrado de todos os teus inimigos e dos poderes de Satanás e das trevas!

 Contudo, não tens desculpa para tuas atransgressões; portanto, vai e não peques mais.

 aMagnifica teu ofício; e após haveres semeado teus campos e os teres protegido, vai depressa à igreja que está em bColesville, Fayette e Manchester e eles csustentar-te-ão; e abençoá-los-ei tanto espiritual como materialmente;

 Mas, caso não te recebam, enviarei sobre eles maldição em vez de bênção.

 E continuarás a invocar a Deus em meu nome e a escrever as coisas que te serão dadas pelo aConsolador e a explicar todas as escrituras à igreja.

 E no momento preciso ser-te-á dado o que hás de adizer e escrever; e eles deverão ouvir; caso contrário, enviar-lhes-ei maldição em vez de bênção.

 Pois tu aservirás exclusivamente a Sião; e nisto terás força.

 apaciente nas baflições, pois terás muitas; csuporta-as, contudo, pois eis que estou contigo até o dfim dos teus dias.

 E nas obras terrenas não terás força, porque teu chamado não é esse. Dedica-te a teu achamado e terás com o que magnificar teu ofício e explicar todas as escrituras e continuar impondo as mãos e confirmando as igrejas.

 10 E teu irmão Oliver continuará levando meu nome diante do mundo e da igreja. E não deverá supor que possa falar em demasia sobre a minha causa; e eis que estou com ele até o fim.

 11 Em mim terá glória e não em si mesmo, seja em fraqueza ou em força, em cativeiro ou liberdade.

 12 E em todos os tempos e em todos os locais abrirá a boca e aanunciará meu evangelho como com a voz de uma btrombeta, tanto de dia como à noite. E dar-lhe-ei uma força que não é conhecida entre os homens.

 13 Não soliciteis amilagres a não ser que eu vos bordene, exceto para cexpulsar ddemônios, ecurar os enfermos e contra fserpentes venenosas e contra venenos mortíferos;

 14 E aestas coisas não fareis, a não ser que vos sejam pedidas por aqueles que as desejarem, a fim de que se cumpram as escrituras; pois agireis de acordo com o que está escrito.

 15 E onde quer que aentrardes e não vos receberem em meu nome, deixareis maldição em vez de bênção, sacudindo o b de vossos pés, em testemunho contra eles e limpando os pés pelo caminho.

 16 E acontecerá que a quem vos deitar as mãos com violência, ordenareis que seja afligido em meu nome; e eis que, de acordo com vossas palavras, eu o ferirei em meu próprio e devido tempo.

 17 E quem contra ti comparecer perante a lei, pela lei será amaldiçoado.

 18 E não levarás abolsa nem alforje nem bordões nem duas túnicas, porque a igreja te dará, no momento exato, a comida e o vestuário e os sapatos e o dinheiro e o alforje de que necessitares.

 19 Pois tu és chamado para apodar vigorosamente a minha vinha, sim, pela última vez; sim, e também todos aqueles a quem bordenaste; e eles seguirão estas normas. Amém.