Seção 66

Revelação dada por intermédio de Joseph Smith, o Profeta, em Hiram, Ohio, em 29 de outubro de 1831. William E. McLellin havia rogado ao Senhor em segredo que fizesse saber ao Profeta a resposta a cinco questões, as quais não eram de conhecimento de Joseph Smith. Atendendo o pedido de McLellin, o Profeta inquiriu o Senhor e recebeu esta revelação.

1–4, O convênio eterno é a plenitude do evangelho; 5–8, Os élderes devem pregar, testificar e arrazoar com o povo; 9–13, O trabalho fiel no ministério garante a herança da vida eterna.

 Eis que assim diz o Senhor a meu servo William E. McLellin: Bem-aventurado és, visto que te afastaste de tuas iniquidades e recebeste minhas verdades, diz o Senhor teu Redentor, o Salvador do mundo, sim, de todos os que acreem em meu nome.

 Em verdade eu te digo: Bem-aventurado és tu por receberes meu aconvênio eterno, sim, a plenitude do meu evangelho, enviado aos filhos dos homens para que tenham bvida e tornem-se participantes das glórias que serão reveladas nos últimos dias, como foi escrito pelos profetas e apóstolos da antiguidade.

 Em verdade eu te digo, meu servo William, que estás limpo, mas não de todo; arrepende-te, portanto, das coisas que não são agradáveis a minha vista, diz o Senhor, pois o Senhor irá amostrá-las a ti.

 E agora, em verdade eu, o Senhor, mostrar-te-ei o que desejo em relação a ti, ou seja, qual é a minha vontade em relação a ti.

 Eis que em verdade eu te digo, que é a minha vontade que aproclames o meu evangelho de terra em terra e de cidade em cidade, sim, nas regiões circunvizinhas onde ainda não tiver sido proclamado.

 Não te detenhas muitos dias neste lugar; não subas ainda à terra de Sião; mas o que puderes enviar, envia; também, não penses em tua propriedade.

 aVai às terras do leste, presta btestemunho em todos os lugares, a todo o povo e em suas sinagogas, arrazoando com o povo.

 Que meu servo Samuel H. Smith vá contigo; não o abandones e dá-lhe tuas instruções; e o que for fiel se tornará aforte em todo lugar; e eu, o Senhor, irei convosco.

 Impõe as amãos sobre os doentes e brecuperar-se-ão. Não regresses até que eu, o Senhor, te ordene. Sê paciente na aflição. cPede e receberás; bate e ser-te-á aberto.

 10 Procura não te embaraçar. Abandona toda iniquidade. Não cometas aadultério — tentação que te tem afligido.

 11 aObedece a estas palavras, pois são verdadeiras e fiéis; e magnificarás teu ofício e impelirás muita gente a bSião com ccânticos de eterna alegria sobre suas cabeças.

 12 aPersevera nestas coisas até o fim e terás uma bcoroa de vida eterna à direita de meu Pai, que é cheio de graça e verdade.

 13 Em verdade, assim diz o Senhor teu aDeus, teu Redentor, sim, Jesus Cristo. Amém.