Doutrina e Convênios

SEÇÃO 10

Revelação dada a Joseph Smith, o Profeta, em Harmony, Estado da Pensilvânia, no verão de 1828 ( History of the Church 1:20–23). Nela o Senhor informa Joseph sobre alterações feitas por homens iníquos nas 116 páginas do manuscrito extraídas da tradução do Livro de Leí, no Livro de Mórmon. Essas páginas manuscritas haviam sido perdidas enquanto em poder de Martin Harris, a quem elas haviam sido temporariamente confiadas. (Ver cabeçalho da seção 3. ) O desígnio iníquo consistia em aguardar a retradução da matéria contida naquelas páginas roubadas e então mostrar as discrepâncias criadas pelas alterações, desacreditando, assim, o tradutor. Mostra-se no Livro de Mórmon que esse propósito iníquo havia sido concebido por Satanás e era conhecido pelo Senhor, até mesmo enquanto Mórmon, o antigo historiador nefita, fazia o resumo das placas acumuladas. (Ver Palavras de Mórmon 1:3–7. )

1–26, Satanás incita homens iníquos a oporem-se à obra do Senhor; 27–33, Ele procura destruir a alma dos homens; 34–52, O evangelho deve chegar aos lamanitas e a todas as nações por meio do Livro de Mórmon; 53–63, O Senhor estabelecerá sua Igreja e seu evangelho entre os homens; 64–70, Ele reunirá em sua Igreja os que se arrependerem e salvará os obedientes.

  AGORA, eis que te digo que porque entregaste esses escritos, que recebeste poder para traduzir por meio do aUrim e Tumim, nas mãos de um bhomem iníquo, tu os perdeste.

  E ao mesmo tempo perdeste também o teu dom, escurecendo-se a tua amente.

  Não obstante, agora te é arestituído; portanto sê fiel e continua, até terminares, o restante do trabalho de tradução como iniciaste.

  Não corras mais adepressa nem trabalhes mais do que te permitam as tuas bforças e os meios concedidos para que te seja possível traduzir; mas sê cdiligente até o fim.

  aOra sempre, para que saias vencedor; sim, para que venças Satanás e escapes das mãos dos servos de Satanás, que apóiam o trabalho dele.

  Eis que tentaram adestruir-te; sim, até o bhomem em quem confiaste procurou destruir-te.

  E por isso eu disse que ele é um homem iníquo, porque procurou tirar as coisas que te foram confiadas; e também procurou destruir teu dom.

  E porque entregaste os escritos em suas mãos, eis que homens iníquos os tiraram de ti.

  Portanto os entregaste, sim, aquilo que era sagrado, à iniqüidade.

  10 E eis que aSatanás os incitou em seus corações a alterarem as palavras que fizeste escrever, ou seja, que tu traduziste e que saíram de tuas mãos.

  11 E eis que te digo que, porque alteraram as palavras, lêem diferentemente do que traduziste e fizeste escrever;

  12 E dessa forma o diabo procurou armar um plano astuto a fim de destruir esta obra;

  13 Pois ele incitou-os em seus corações a fazerem isso para que, mentindo, possam dizer que te aapanharam nas palavras que fingiste traduzir.

  14 Em verdade eu te digo que não permitirei que Satanás realize seus desígnios iníquos com relação a isto.

  15 Pois eis que os incitou em seus corações a te persuadirem a tentar o Senhor teu Deus, pedindo para traduzi-las outra vez.

  16 E então, eis que dizem e pensam no coração—Veremos se Deus lhe deu poder para traduzir; se assim for, dar-lhe-á novamente;

  17 E se Deus lhe der poder outra vez ou se ele traduzir de novo, ou seja, se escrever as mesmas palavras, eis que nós as temos conosco e as alteramos;

  18 Portanto não coincidirão; e diremos que mentiu em suas palavras e que ele não tem dom algum e que não possui qualquer poder;

  19 Portanto nós o destruiremos e também a obra; e faremos isso para que no final não sejamos envergonhados e para que obtenhamos a glória do mundo.

  20 Em verdade, em verdade eu te digo que Satanás exerce grande poder sobre seus corações e aincita-os à biniqüidade, contra aquilo que é bom;

  21 E seus corações são acorruptos e cheios de biniqüidade e abominações; e camam as dtrevas mais que a luz, porque suas eações são más; portanto não recorrerão a mim.

  22  aSatanás incita-os a fim de bconduzir suas almas à destruição.

  23 E assim fez um plano astuto, pensando destruir a obra de Deus; mas eu exigirei isso de suas mãos e tornar-se-á em vergonha e condenação para eles no dia do ajuízo.

  24 Sim, ele incita-lhes os corações a irarem-se contra esta obra.

  25 Sim, diz-lhes: Enganai e ficai à espreita para apanhar, a fim de destruir; pois eis que nisso não há dano. E assim os lisonjeia e diz-lhes que não é pecado amentir a fim de apanhar um homem em mentira para destruí-lo.

  26 E assim os lisonjeia e aconduz, até arrastar suas almas para o binferno; e assim os faz cair em suas próprias carmadilhas.

  27 E assim vai de cima para baixo e ade cá para lá na Terra, procurando bdestruir a alma dos homens.

  28 Em verdade, em verdade eu te digo: Ai daquele que mente para aenganar, porque supõe que outro minta para enganar, pois esse não está isento da bjustiça de Deus.

  29 Ora, eis que eles alteraram estas palavras porque Satanás lhes disse: Ele enganou-vos—e assim os lisonjeia e leva-os a praticarem iniqüidades, a fim de fazer com que atentes o Senhor teu Deus.

  30 Eis que te digo que não deverás tornar a traduzir aquelas palavras que saíram de tuas mãos;

  31 Pois eis que não levarão a efeito seus desígnios iníquos de mentir sobre aquelas palavras. Pois eis que, se escreveres as mesmas palavras, dirão que mentiste e que fingiste traduzir, mas que te contradisseste.

  32 E eis que publicarão isso e Satanás endurecerá o coração das pessoas a fim de enfurecê-las contra ti, para que não creiam em minhas palavras.

  33 Assim aSatanás pensa anular teu testemunho nesta geração, para que a obra não venha à luz nesta geração.

  34 Mas eis que aqui há sabedoria; e porque te revelo asabedoria e te dou mandamentos sobre o que deves fazer com relação a estas coisas, não a reveles ao mundo até que termines o trabalho de tradução.

  35 Não te maravilhes de que eu te tenha dito: Aqui há sabedoria, não a reveles ao mundo—porque eu disse: Não a reveles ao mundo, para que sejas preservado.

  36 Eis que não digo que não a reveles aos justos;

  37 Mas como nem sempre podes julgar os ajustos, ou seja, como nem sempre podes discernir os iníquos dos justos, digo-te: Mantém bsilêncio até que me pareça conveniente dar a conhecer ao mundo todas as coisas concernentes ao assunto.

  38 E agora, em verdade eu te digo que um relato daquelas acoisas que escreveste e que saíram de tuas mãos está gravado nas bplacas de Néfi;

  39 Sim; e lembra-te de que naqueles escritos se mencionava que um relato mais minucioso destas coisas fora feito nas placas de Néfi.

  40 E agora, porque o relato que está gravado nas placas de Néfi é mais minucioso quanto às coisas que, segundo minha sabedoria, eu levaria ao conhecimento do povo neste relato—

  41 Traduzirás, portanto, o que está gravado nas aplacas de Néfi, até chegares ao reinado do rei Benjamim, ou até a parte que traduziste, que está contigo;

  42 E eis que o publicarás como registro de Néfi; e assim confundirei os que alteraram minhas palavras.

  43 Não permitirei que eles destruam minha obra; sim, mostrar-lhes-ei que minha sabedoria é maior do que a astúcia do diabo.

  44 Eis que eles têm somente uma parte, ou seja, um resumo do relato de Néfi.

  45 Eis que há muitas coisas gravadas nas placas de Néfi que lançam maior luz sobre meu evangelho; portanto, segundo minha sabedoria, deves traduzir essa primeira parte das gravações de Néfi e incluí-la nesta obra.

  46 E eis que todo o restante deste atrabalho contém todas as partes de meu bevangelho que meus santos profetas, sim, e também meus discípulos cpediram, em suas orações, que fossem dadas a este povo.

  47 E eu disse-lhes que lhes seria aconcedido de acordo com a b expressa em suas orações;

  48 Sim, e esta era a fé que tinham—que meu evangelho, o qual lhes dei para que pregassem em seus dias, chegaria a seus irmãos, os alamanitas, e também a todos os que se houvessem tornado lamanitas por causa de suas dissensões.

  49 Ora, isto não é tudo—a fé expressa em suas orações era que este evangelho também se tornaria conhecido caso outras nações ocupassem esta terra;

  50 E assim deixaram uma bênção sobre esta terra em suas orações, para que todo aquele que cresse neste evangelho, nesta terra, tivesse vida eterna;

  51 Sim, que ele ficasse ao alcance de todos, qualquer que fosse a nação, tribo, língua ou povo a que pertencessem.

  52 E agora eis que, de acordo com a fé expressa em suas orações, levarei esta parte de meu evangelho ao conhecimento de meu povo. Eis que não a levo para destruir aquilo que receberam, mas para edificá-lo.

  53 E por isso eu disse: Se os desta geração não endurecerem o coração, estabelecerei minha igreja entre eles.

  54 Ora, não digo isto para destruir minha igreja, mas digo isto para edificar minha igreja.

  55 Portanto todos os que pertencem a minha igreja não precisam atemer, porque bherdarão o creino dos céus.

  56 Mas os que não me atemem nem guardam meus mandamentos, mas edificam bigrejas para si mesmos a fim de obter clucro, sim, e todos os que praticam iniqüidade e edificam o reino do diabo—sim, em verdade, em verdade eu te digo que são esses os que perturbarei e farei tremer e estremecer até as entranhas.

  57 Eis que eu sou Jesus Cristo, o aFilho de Deus. Vim para os meus e os meus não me receberam.

  58 Eu sou a aluz que resplandece nas trevas e as trevas não a compreendem.

  59 Eu sou aquele que disse a meus discípulos— aTenho outras bovelhas que não são deste aprisco—e muitos houve que não me ccompreenderam.

  60 E mostrarei a este povo que eu tinha outras ovelhas e que elas eram um ramo da acasa de Jacó;

  61 E trarei à luz as obras maravilhosas que fizeram em meu nome;

  62 Sim, e também trarei à luz meu evangelho, que lhes foi ministrado, e eis que eles não negarão o que recebeste; edificá-lo-ão, porém, e trarão à luz os pontos verdadeiros de minha adoutrina, sim, e a única doutrina que está em mim.

  63 E isto faço para estabelecer meu evangelho, para que não haja tanta contenda; sim, aSatanás incita o coração do povo a bcontender com relação aos pontos de minha doutrina; e nestas coisas erram, porque ctorcem as escrituras e não as compreendem.

  64 Portanto desvendar-lhes-ei este grande mistério;

  65 Pois eis que eu os aajuntarei como uma galinha ajunta seus pintinhos debaixo das asas, se eles não endurecerem o coração;

  66 Sim, se desejarem vir, poderão vir e tomar de graça das aáguas da vida.

  67 Eis que esta é a minha doutrina: Aquele que se arrepende e avem a mim, esse é a minha bigreja.

  68 Aquele que adeclara mais ou menos do que isso, esse não é meu, mas está bcontra mim; portanto ele não é da minha igreja.

  69 E agora, eis que aquele que é da minha igreja e nela persevera até o fim, esse estabelecerei sobre minha arocha; e as bportas do inferno não prevalecerão contra ele.

  70 E agora, lembra-te das palavras daquele que é a vida e a aluz do mundo, teu Redentor, teu bSenhor e teu Deus. Amém.