Doutrina e Convênios

SEÇÃO 3

Revelação dada a Joseph Smith, o Profeta, em Harmony, Estado da Pensilvânia, em julho de 1828, referente à perda de 116 páginas do manuscrito traduzido da primeira parte do Livro de Mórmon, chamada Livro de Leí. O Profeta havia permitido, com relutância, que essas páginas passassem de sua custódia à de Martin Harris, que servira por pouco tempo como escrevente na tradução do Livro de Mórmon. A revelação foi dada por meio do Urim e Tumim. ( History of the Church 1:21–23) (Ver seção 10. )

1–4, O caminho do Senhor é um círculo eterno; 5–15, Joseph Smith precisa arrepender-se ou perderá o dom de traduzir; 16–20, O Livro de Mórmon é trazido à luz para salvar a semente de Leí.

  AS aobras e os desígnios e os propósitos de Deus não podem ser frustrados nem podem se dissipar.

  Porque aDeus não anda por veredas tortuosas nem se volta para a direita ou para a esquerda nem se desvia daquilo que disse; portanto suas veredas são retas e seu bcaminho é um círculo eterno.

  Lembra-te, lembra-te de que não é a aobra de Deus que se frustra, mas a obra dos homens;

  Pois embora um homem tenha muitas revelações e tenha poder para realizar muitas obras grandiosas, contudo, se ele se avangloriar da própria força e ignorar os bconselhos de Deus e seguir os ditames da própria vontade e de seus desejos ccarnais, cairá e trará sobre si a dvingança de um Deus justo.

  Eis que essas coisas te foram confiadas, mas quão rigorosos foram os mandamentos que recebeste; e lembra-te também das promessas que te foram feitas, caso não os transgredisses.

  E eis que mui freqüentemente atransgrediste os mandamentos e as leis de Deus e seguiste as bpersuasões dos homens!

  Pois eis que não devias ter atemido mais aos homens do que a Deus. Embora os homens ignorem os conselhos de Deus e bdesprezem suas palavras—

  Ainda assim, tu deverias ter sido fiel e ele teria estendido o braço, amparando-te contra todos os adardos flamejantes do badversário; e teria permanecido contigo em todos os momentos de cangústia.

  Eis que tu és Joseph e foste escolhido para fazer a obra do Senhor, mas por causa de transgressão, se não ficares atento, cairás.

  10 Lembra-te, porém, de que Deus é misericordioso; portanto arrepende-te do que fizeste contrário ao mandamento que te dei e és ainda escolhido; e és chamado à obra outra vez;

  11 A não ser que faças isso, serás abandonado e tornar-te-ás como os outros homens e não mais terás o dom.

  12 E quando entregaste aquilo que Deus te deu visão e poder para atraduzir, entregaste o que era sagrado nas mãos de um bhomem iníquo,

  13 Que ignorou os conselhos de Deus e quebrou as mais sagradas promessas feitas perante Deus; e confiou no próprio discernimento e avangloriou-se da própria sabedoria.

  14 E essa é a razão pela qual perdeste os teus privilégios por certo tempo—

  15 Porque permitiste que o conselho de teu aorientador fosse pisado desde o princípio.

  16 Apesar disso, minha obra avançará, pois como o conhecimento sobre um aSalvador veio ao mundo pelo btestemunho dos judeus, da mesma forma o cconhecimento sobre um Salvador chegará ao meu povo—

  17 E aos anefitas e aos jacobitas e aos josefitas e aos zoramitas, pelo testemunho de seus antepassados—

  18 E esse atestemunho chegará ao conhecimento dos blamanitas e dos lemuelitas e dos ismaelitas, que cdegeneraram na incredulidade devido à iniqüidade de seus antepassados, a quem o Senhor permitiu que ddestruíssem seus irmãos, os nefitas, por causa de suas iniqüidades e abominações.

  19 E para este afim específico as bplacas que contêm esses registros foram preservadas—para que se cumprissem as cpromessas do Senhor a seu povo;

  20 E para que os alamanitas tivessem conhecimento de seus antepassados e conhecessem as promessas do Senhor e bcressem no evangelho e cconfiassem nos méritos de Jesus Cristo e fossem dglorificados pela fé em seu nome; e para que, pelo seu arrependimento, fossem salvos. Amém.