Doutrina e Convênios

SEÇÃO 63

Revelação dada por intermédio de Joseph Smith, o Profeta, em Kirtland, Estado de Ohio, em fins de agosto de 1831 ( History of the Church 1:206–211). O Profeta, Sidney Rigdon e Oliver Cowdery haviam chegado a Kirtland em 27 de agosto, após sua visita ao Estado de Missouri. Prefaciando esta revelação, o Profeta escreveu: “Nesses dias iniciais da Igreja havia um grande desejo de obter-se a palavra do Senhor sobre todos os assuntos que, de alguma forma, diziam respeito a nossa salvação; e como a terra de Sião era então a mais importante questão material em vista, pedi mais informações ao Senhor sobre a reunião dos santos, a compra da terra e outros assuntos” ( History of the Church 1:207).

1–6, Um dia de ira virá sobre os iníquos; 7–12, Sinais virão pela fé; 13–19, Os adúlteros de coração negarão a fé e serão lançados no lago de fogo; 20, Os fiéis receberão uma herança na Terra transfigurada; 21, Um relato completo dos eventos ocorridos no Monte da Transfiguração ainda não foi revelado; 22–23, Os obedientes recebem os mistérios do reino; 24–31, Devem ser compradas heranças em Sião; 32–35, O Senhor decreta guerras e os iníquos destroem os iníquos; 36–48, Os santos devem reunir-se em Sião e dar dinheiro para construí-la; 49–54, Asseguram-se bênçãos aos fiéis na Segunda Vinda, na Ressurreição e durante o Milênio; 55–58, Este é um dia de advertência; 59–66, O nome do Senhor é tomado em vão por aqueles que o usam sem autoridade.

  ESCUTAI, ó povo, e abri o coração e de longe ouvi; e escutai, vós que vos chamais povo do Senhor; e ouvi a palavra do Senhor e sua vontade a respeito de vós.

  Sim, em verdade digo: Ouvi a palavra daquele cuja ira está acesa contra os iníquos e os arebeldes;

  O qual toma a quem deseja atomar e preserva a vida daqueles que deseja preservar;

  Que constrói conforme seu desejo e prazer; e destrói quando lhe apraz e pode lançar a alma ao inferno.

  Eis que eu, o Senhor, faço ouvir minha voz e ela será obedecida.

  Portanto em verdade eu digo: Que os iníquos prestem atenção e que os rebeldes temam e estremeçam; e que os incrédulos fechem os lábios, pois o adia da ira cairá sobre eles como um bfuracão; e toda carne csaberá que eu sou Deus.

  E o que busca sinais verá asinais, mas não para a salvação.

  Em verdade vos digo: Há entre vós quem busque sinais e tem havido desde o princípio.

  Mas eis que a fé não vem por sinais, mas sinais seguem os que crêem.

  10 Sim, sinais vêm pela a, não pela vontade do homem nem como lhes agrada, mas pela vontade de Deus.

  11 Sim, sinais vêm pela fé, para produzir obras grandiosas, pois sem a homem algum agrada a Deus; e Deus não se agrada daquele com quem está irado; portanto a esses não mostra qualquer sinal, a não ser com bira, para sua ccondenação.

  12 Portanto eu, o Senhor, não me agrado daqueles de vós que têm procurado sinais e maravilhas para alcançar a fé e não em benefício dos homens para minha glória.

  13 Contudo dou mandamentos e muitos se afastaram de meus mandamentos e não os guardaram.

  14 Houve entre vós aadúlteros e adúlteras; alguns deles se afastaram de vós e outros, que mais tarde serão revelados, permanecem convosco.

  15 Que esses se acautelem e se arrependam depressa, para que o julgamento não recaia sobre eles como uma armadilha e sua loucura seja manifestada e suas obras, aos olhos do povo, os acompanhem.

  16 E em verdade vos digo, como disse antes: Aquele que aolhar para uma mulher para a bcobiçar, ou se alguém em seu coração cometer cadultério, não terá o Espírito, mas negará a fé e temerá.

  17 Portanto eu, o Senhor, disse que o amedroso e o incrédulo e todos os bmentirosos e aqueles que amam e ccometem a mentira, bem como o libertino e o feiticeiro, terão sua parte no dlago que arde com fogo e enxofre, que é a esegunda morte.

  18 Em verdade eu digo que eles não terão parte na aprimeira ressurreição.

  19 E agora eis que eu, o Senhor, vos digo que não sois ajustificados, porque estas coisas existem entre vós.

  20 Contudo, o que apermanecer na fé e fizer minha vontade, vencerá; e, quando vier o dia da transfiguração, receberá uma bherança na Terra;

  21 Quando a aTerra for btransfigurada, sim, de acordo com o modelo mostrado aos meus apóstolos sobre o cmonte; relato cuja plenitude ainda não recebestes.

  22 E agora, em verdade vos digo que, como disse que vos tornaria conhecida minha vontade, eis que vo-la tornarei conhecida, não por meio de mandamento, pois há muitos que não se esforçam para guardar meus mandamentos.

  23 Mas ao que guarda meus mandamentos darei os amistérios de meu reino; e será como uma fonte de bágua viva cvertendo para a vida eterna.

  24 E agora, eis que esta é a vontade do Senhor vosso Deus concernente a seus santos: Que se reúnam na terra de Sião, não às pressas, para que não haja confusão, a qual produz pestilência.

  25 Eis a terra de aSião—eu, o Senhor, retenho-a em minhas próprias mãos;

  26 Contudo eu, o Senhor, dou a aCésar as coisas que são de César.

  27 Portanto eu, o Senhor, desejo que compreis as terras para que tenhais vantagem no mundo, para que tenhais direitos sobre o mundo, para que eles não sejam levados a encolerizarem-se.

  28 Porque aSatanás incute-lhes no coração, contra vós, a ira e o derramamento de sangue.

  29 Portanto a terra de Sião não será obtida a não ser por compra ou por sangue; caso contrário, não há herança para vós.

  30 E se por compra, eis que sois bem-aventurados;

  31 E se por sangue, como vos é proibido derramar sangue, eis que vossos inimigos estarão sobre vós e sereis flagelados de cidade em cidade e de sinagoga em sinagoga; e apenas poucos restarão para receber a herança.

  32 Eu, o Senhor, estou irado com os iníquos; estou negando meu Espírito aos habitantes da Terra.

  33 Em minha ira jurei e decretei aguerras sobre a face da Terra; e o iníquo matará o iníquo e temor virá sobre todo homem;

  34 E os asantos também mal escaparão; contudo eu, o Senhor, estou com eles e, da presença de meu Pai, bdescerei no céu e consumirei os ciníquos com dfogo inextinguível.

  35 E eis que isso não é já, mas dentro em pouco.

  36 Portanto uma vez que eu, o Senhor, decretei todas estas coisas sobre a face da Terra, desejo que meus santos se reúnam na terra de Sião;

  37 E que todo homem tome a aretidão em suas mãos e cinja seus lombos com a fidelidade; e aos habitantes da Terra levante uma bvoz de advertência e declare, tanto por palavra como por fuga, que a cdesolação virá sobre os iníquos.

  38 Portanto, que meus discípulos em Kirtland, que moram nesta fazenda, ponham em ordem seus interesses materiais.

  39 Que meu servo Titus Billings, que dela é encarregado, disponha da terra a fim de estar preparado na próxima primavera, com os que nela habitam, para viajar para a terra de Sião, com exceção daqueles que reservarei para mim mesmo e que não irão até que eu ordene.

  40 E que todo o dinheiro disponível, não me importa se pouco ou muito, seja mandado à terra de Sião, aos que designei para recebê-lo.

  41 Eis que eu, o Senhor, darei a meu servo Joseph Smith Júnior poder para adiscernir pelo Espírito os que subirão à terra de Sião e os de meus discípulos que ficarão.

  42 Que meu servo Newel K. Whitney mantenha sua loja, ou, em outras palavras, a loja, ainda por algum tempo.

  43 Contudo, que dê todo o dinheiro que possa dar, para que seja mandado à terra de Sião.

  44 Eis que estas coisas estão em suas mãos; que ele aja com sabedoria.

  45 Em verdade eu digo: Que seja ele ordenado agente dos discípulos que ficarem e que seja ordenado com esse poder;

  46 E que agora visite depressa as igrejas com meu servo Oliver Cowdery, expondo-lhes estas coisas. Eis que esta é a minha vontade—obter dinheiro como orientei.

  47 Aquele que for afiel e perseverar, vencerá o mundo.

  48 Aquele que enviar tesouros à terra de Sião receberá uma aherança neste mundo e também uma recompensa no mundo vindouro; e suas obras segui-lo-ão.

  49 Sim, e bem-aventurados os que amorrerem no Senhor, daqui em diante, pois quando o Senhor vier e as coisas velhas bpassarem e todas as coisas se tornarem novas, eles se clevantarão dentre os mortos e não mais dmorrerão; e na cidade santa receberão uma herança perante o Senhor.

  50 E o que estiver vivo quando o Senhor vier e tiver guardado a fé, abem-aventurado será; contudo, é-lhe designado bmorrer na idade do homem.

  51 Portanto as crianças airãobcrescer até se tornarem velhas; os velhos morrerão, mas não dormirão no pó; antes, serão ctransformados num piscar de olhos.

  52 Portanto por esse motivo pregaram os apóstolos ao mundo a ressurreição dos mortos.

  53 Estas são as coisas que deveis procurar; e, falando à maneira do Senhor, elas agora estão apróximas e num tempo futuro, sim, no dia da vinda do Filho do Homem.

  54 E até aquela hora haverá avirgens néscias entre as prudentes; e naquela hora haverá uma separação total dos justos e dos iníquos; e naquele dia mandarei meus anjos para barrancar os iníquos e arremessá-los no fogo inextinguível.

  55 E agora, eis que em verdade vos digo: Eu, o Senhor, não estou satisfeito com meu servo aSidney Rigdon; ele bexaltou-se a si mesmo em seu coração e não recebeu conselho, mas ofendeu o Espírito;

  56 Portanto o que aescreveu não é aceitável ao Senhor e ele deverá fazê-lo de novo; e se o Senhor não o aceitar, eis que ele não mais permanecerá no cargo para o qual o designei.

  57 E também em verdade vos digo: aAqueles que em seu coração e com humildade desejarem bchamar os pecadores ao arrependimento, sejam ordenados com esse poder.

  58 Pois este é um dia de advertência e não de muitas palavras. Pois eu, o Senhor, não serei escarnecido nos últimos dias.

  59 Eis que eu sou de cima e meu poder jaz abaixo. Eu estou sobre tudo e em tudo e através de tudo e apenetro todas as coisas; e vem o dia em que todas as coisas me serão sujeitas.

  60 Eis que sou o aAlfa e o Ômega, sim, Jesus Cristo.

  61 Portanto, que todos os homens se acautelem de como tomam meu anome em seus lábios—

  62 Pois eis que em verdade eu digo que muitos há que estão sob esta condenação, que usam o nome do Senhor e usam-no em vão, não tendo autoridade.

  63 Portanto, que a igreja se arrependa de seus pecados e eu, o Senhor, possuí-los-ei; do contrário, serão cortados.

  64 Lembrai-vos de que aquilo que vem de cima é asagrado e deve ser bmencionado com cuidado e por indução do Espírito; e nisto não há condenação alguma e recebereis o Espírito cpor meio de oração; portanto sem isto permanece a condenação.

  65 Que meus servos Joseph Smith Júnior e Sidney Rigdon procurem para si uma casa, como forem instruídos pelo Espírito por meio de aoração.

  66 Estas coisas devem ser vencidas pela paciência, para que recebam um apeso eterno de bglória mais excelente; de outra maneira, receberão uma condenação maior. Amém.