Doutrina e Convênios

SEÇÃO 9

Revelação dada por intermédio de Joseph Smith, o Profeta, a Oliver Cowdery em Harmony, Estado da Pensilvânia, em abril de 1829 ( History of the Church 1:37–38). Oliver é admoestado a ser paciente e a contentar-se, naquela época, em escrever as palavras ditadas pelo tradutor, em vez de tentar traduzir.

1–6, Outros registros antigos ainda estão para ser traduzidos; 7–14, O Livro de Mórmon é traduzido por estudo e por confirmação espiritual.

  EIS que eu te digo, meu filho, que por não teres atraduzido conforme me havias pedido e começado outra vez a bescrever para meu servo Joseph Smith Júnior desejo que assim continues até que tenhas terminado este registro que confiei a ele.

  E então, eis que te concederei poder para ajudares a traduzir aoutrosbregistros que tenho.

  Sê paciente, meu filho, porque isto é segundo minha sabedoria e não convém que traduzas neste momento.

  Eis que o trabalho para o qual és chamado é escrever para meu servo Joseph.

  E eis que foi por não teres continuado como no princípio, quando começaste a traduzir, que tirei esse privilégio de ti.

  Não amurmures, meu filho, porque foi segundo minha sabedoria que agi contigo dessa maneira.

  Eis que não compreendeste; supuseste que eu o concederia a ti, quando nada fizeste a não ser pedir-me.

  Mas eis que eu te digo que deves aestudá-lo bem em tua mente; depois me deves bperguntar se está certo e, se estiver certo, farei carder dentro de ti o teu dpeito; portanto esentirás que está certo.

  Mas se não estiver certo, não terás tais sentimentos; terás, porém, um aestupor de pensamento que te fará esquecer o que estiver errado; portanto não podes escrever aquilo que é sagrado a não ser que te seja concedido por mim.

  10 Ora, se tivesses sabido disto, poderias ter atraduzido; contudo não convém que traduzas agora.

  11 Eis que era conveniente quando começaste, mas atemeste e a hora passou; e agora não convém.

  12 Pois não vês que, para compensar, dei força suficiente a meu servo aJoseph? E a nenhum de vós condenei.

  13 Faze isto que te ordenei e prosperarás. Sê fiel e não cedas a atentação alguma.

  14 Permanece firme no atrabalho para o qual te bchamei e nem um fio de cabelo de tua cabeça se perderá; e serás celevado no último dia. Amém.