1. A
  2. B
  3. C
  4. D
  5. E
  6. F
  7. G
  8. H
  9. I
  10. J
  11. K
  12. L
  13. M
  14. N
  15. O
  16. P
  17. Q
  18. R
  19. S
  20. T
  21. U
  22. V
  23. W
  24. Y
  25. Z

Oração 

Comunicação reverente com Deus durante a qual a pessoa agradece e pede bênçãos. As orações são dirigidas a nosso Pai Celestial em nome de Jesus Cristo e podem ser feitas em voz alta ou em silêncio. Os pensamentos também podem ser uma oração, se forem dirigidos a Deus. O cântico dos justos pode ser uma oração a Deus (D&C 25:12).

O propósito da oração não é o de alterar a vontade de Deus, mas de obtermos para nós mesmos e para os outros as bênçãos que Deus já está disposto a conceder, mas que devemos pedir para obter.

Oramos ao Pai em nome de Cristo (Jo. 14:13–14; 16:23–24). Podemos realmente orar em nome de Cristo se os nossos desejos forem os dele (Jo. 15:7; D&C 46:30). Se assim for, pediremos o que é correto, sendo então possível a Deus conceder-nos o que pedimos (3 Né. 18:20). Algumas orações deixam de ser respondidas porque de forma alguma representam a vontade de Cristo, mas, sim, emanam do egoísmo humano (Tg. 4:3; D&C 46:9). Realmente, se pedirmos ao Senhor coisas indignas, será para a nossa condenação (D&C 88:65).