1. A
  2. B
  3. C
  4. D
  5. E
  6. F
  7. G
  8. H
  9. I
  10. J
  11. K
  12. L
  13. M
  14. N
  15. O
  16. P
  17. Q
  18. R
  19. S
  20. T
  21. U
  22. V
  23. W
  24. Y
  25. Z

Oração

Ver também Adoção ; Amém ; Pedir ; Ponderar

Comunicação reverente com Deus durante a qual a pessoa agradece e pede bênçãos. As orações são dirigidas a nosso Pai Celestial em nome de Jesus Cristo e podem ser feitas em voz alta ou em silêncio. Os pensamentos também podem ser uma oração, se forem dirigidos a Deus. O cântico dos justos pode ser uma oração a Deus (D&C 25:12).

O propósito da oração não é o de alterar a vontade de Deus, mas de obtermos para nós mesmos e para os outros as bênçãos que Deus já está disposto a conceder, mas que devemos pedir para obter.

Oramos ao Pai em nome de Cristo (Jo. 14:13–14; 16:23–24). Podemos realmente orar em nome de Cristo se os nossos desejos forem os dele (Jo. 15:7; D&C 46:30). Se assim for, pediremos o que é correto, sendo então possível a Deus conceder-nos o que pedimos (3 Né. 18:20). Algumas orações deixam de ser respondidas porque de forma alguma representam a vontade de Cristo, mas, sim, emanam do egoísmo humano (Tg. 4:3; D&C 46:9). Realmente, se pedirmos ao Senhor coisas indignas, será para a nossa condenação (D&C 88:65).

  • Então se começou a invocar o nome do Senhor ; Gên. 4:26
  • No lugar do altar Abraão invocou o nome do Senhor ; Gên. 13:4
  • O servo de Abraão orou pedindo auxílio para encontrar uma esposa para Isaque ; Gên. 24:10–19
  • Longe de mim que eu peque contra o Senhor, deixando de orar por vós ; I Sam. 12:23
  • O Senhor escutará a oração dos justos ; Prov. 15:29
  • E me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração ; Jer. 29:12–13
  • Orai pelos que vos maltratam ; Mt. 5:44 ( Lc. 6:28 3 Né. 12:44 )
  • Ora a teu pai que está em oculto ; Mt. 6:5–8 ( 3 Né. 13:5–8 )
  • Portanto, vós orareis assim ; Mt. 6:9–13 ( Lc. 11:2 3 Né. 13:9 )
  • Pedi e dar-se-vos-á ; Mt. 7:7 ( 3 Né. 14:7 D&C 4:7 D&C 6:5 D&C 66:9 )
  • Jesus subiu ao monte para orar à parte ; Mt. 14:23
  • Vigiai e orai, para que não entreis em tentação ; Mt. 26:41 ( Mc. 14:38 3 Né. 18:15–18 D&C 31:12 )
  • Peça-a, porém, com fé, não duvidando ; Tg. 1:5–6 ( D&C 42:68 D&C 46:7 )
  • A oração feita por um justo pode muito ; Tg. 5:16
  • Se désseis ouvidos ao Espírito que ensina o homem a orar ; 2 Né. 32:8–9
  • Dirigi-lhe uma fervorosa oração ; En. 1:4
  • Jejuei e orei durante muitos dias ; Al. 5:45–46 ( 26:22 )
  • Haviam-se devotado a muita oração e jejum ; Al. 17:3
  • Não vos recordais do que Zenos disse a respeito da oração, ou melhor da adoração? ; Al. 33:3
  • Humilhai-vos e continuai em oração ; Al. 34:18–27
  • Aconselha-te com o Senhor em tudo que fizeres ; Al. 37:37
  • Deveis sempre orar ao Pai em meu nome ; 3 Né. 18:19–20
  • Orai no seio de vossa família ; 3 Né. 18:21
  • Jesus orou ao Pai ; 3 Né. 19:31–34 ( 3 Né. 18:16 Jo. 17 )
  • Ordenou que não cessassem de orar em seus corações ; 3 Né. 20:1
  • Se um homem ora sem verdadeiro intento de coração, de nada lhe aproveita ; Morô. 7:6–9
  • Não peças o que não deves pedir ; D&C 8:10
  • Ora sempre, para que saias vencedor ; D&C 10:5
  • Ordeno que deverás orar, tanto oralmente como em teu coração ; D&C 19:28
  • O Espírito ser-vos-á dado pela oração da fé ; D&C 42:14
  • Irás à casa de oração e oferecerás teus sacramentos ; D&C 59:9 ( Mt. 21:13 )
  • Os pais devem ensinar seus filhos a orar ; D&C 68:28
  • O Senhor seu Deus é vagaroso em atender a suas orações ; D&C 101:7–8 ( Mos. 21:15 )
  • Sê humilde; e o Senhor teu Deus responderá a tuas orações ; D&C 112:10
  • Adão foi ordenado a invocar a Deus em nome do Filho ; Mois. 5:8
  • O Pai e o Filho apareceram a Joseph Smith em resposta a suas orações ; Js—h 1:11–20