1. A
  2. B
  3. C
  4. D
  5. E
  6. F
  7. G
  8. H
  9. I
  10. J
  11. K
  12. L
  13. M
  14. N
  15. O
  16. P
  17. Q
  18. R
  19. S
  20. T
  21. U
  22. V
  23. W
  24. Y
  25. Z

Tabernáculo

Uma casa do Senhor, o centro de adoração de Israel durante o êxodo do Egito. O tabernáculo era na verdade um templo que podia ser transportado e que podia ser desmontado e montado novamente. Os filhos de Israel usaram um tabernáculo até a construção do templo de Salomão (D&C 124:38).

Deus revelou o modelo do tabernáculo a Moisés (Êx. 26–27) e os filhos de Israel o construíram de acordo com esse modelo (Êx. 35–40). Quando o tabernáculo ficou pronto, uma nuvem cobriu a tenda, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo (Êx. 40:33–34). A nuvem era um sinal da presença de Deus. À noite, parecia fogo. Quando a nuvem permanecia sobre a tenda, os filhos de Israel acampavam. Quando ela se movia, eles a seguiam (Êx. 40:36–38; Núm. 9:17–18). Os filhos de Israel levaram o tabernáculo consigo durante sua peregrinação pelo deserto e na conquista da terra de Canaã. Depois da conquista, o tabernáculo ficou localizado em Siló, o lugar que o Senhor havia escolhido (Jos. 18:1). Depois que os filhos de Israel terminaram de construir o templo de Salomão, o tabernáculo não foi mais mencionado.

O Senhor e Isaías usaram o tabernáculo como símbolo das cidades de Sião e Jerusalém ao falar da segunda vinda do Senhor (Isa. 33:20; Mois. 7:62).