Imprimir
Compartilhar

Apêndice da Tradução de Joseph Smith

TJS, Gênesis 50:24–38. Comparar com Gênesis 50:24–26; 2 Néfi 3:4–22

José profetiza no Egito que Moisés libertará Israel do cativeiro egípcio; que um ramo dos descendentes de José será levado a uma terra distante, onde serão lembrados nos convênios do Senhor; que nos últimos dias Deus chamará um profeta de nome José para unir os registros de Judá e de José; e que Aarão servirá como porta-voz de Moisés.

24 E disse José aos seus irmãos: Eu morro, e vou para os meus pais; e desço à minha sepultura com alegria. O Deus de meu pai Jacó esteja convosco, para livrar-vos da aflição nos dias da vossa escravidão; pois o Senhor visitou-me, e obtive uma promessa do Senhor de que do fruto dos meus lombos o Senhor Deus suscitará um ramo justo dos meus lombos; e a ti, a quem meu pai Jacó chamou Israel, um profeta; (não o Messias que é chamado Siló); e esse profeta libertará o meu povo do Egito nos dias da tua escravidão.

25 E acontecerá que eles serão novamente dispersos; e um ramo será quebrado, e conduzido a um país distante; não obstante, eles serão lembrados nos convênios do Senhor, quando vier o Messias; pois ele ser-lhes-á manifestado nos últimos dias, em Espírito de poder; e tirá-los-á das trevas para a luz; da escuridão oculta, e do cativeiro para a liberdade.

26 O Senhor meu Deus suscitará um vidente, que será um vidente escolhido para o fruto dos meus lombos.

27 Assim diz o Senhor Deus de meus pais a mim: Um vidente escolhido suscitarei eu do fruto dos teus lombos, e ele gozará de grande estima entre o fruto dos teus lombos; e a ele ordenarei que realize uma obra para o fruto dos teus lombos, seus irmãos.

28 E ele levá-los-á a conhecer os convênios que fiz com os teus pais; e ele realizará qualquer obra que eu lhe mandar.

29 E torná-lo-ei grande aos meus olhos, porque ele fará a minha obra; e ele será grande como aquele que eu disse que suscitaria para vós, para libertar o meu povo, ó casa de Israel, da terra do Egito; pois eis que suscitarei um vidente para livrar o meu povo da terra do Egito; e ele será chamado Moisés. E por esse nome ele saberá que pertence à tua casa; pois que será criado pela filha do rei, e será chamado seu filho.

30 E novamente, um vidente suscitarei do fruto dos teus lombos, e a ele darei poder para levar a minha palavra à semente dos teus lombos; e não somente para levar a minha palavra, diz o Senhor, mas para convencê-los da minha palavra, que já terá sido levada a eles nos últimos dias.

31 Portanto, o fruto dos teus lombos escreverá; e o fruto dos lombos de Judá escreverá; e aquilo que for escrito pelo fruto dos teus lombos, e também aquilo que for escrito pelo fruto dos lombos de Judá crescerão juntos para confundir falsas doutrinas, e apaziguar contendas, e estabelecer a paz entre o fruto dos teus lombos, levando-os a conhecerem os seus pais nos últimos dias; e também a conhecerem os meus convênios, diz o Senhor.

32 E da fraqueza será tornado forte, no dia em que a minha obra começar entre todo o meu povo, a qual os restaurará, os que são da casa de Israel, nos últimos dias.

33 E a esse vidente abençoarei, e aqueles que procurarem destruí-lo serão confundidos; pois esta promessa vos dou, porque lembrar-me-ei de vós de geração em geração; e o nome dele será José, e será segundo o nome de seu pai; e ele será semelhante a vós, porque aquilo que o Senhor fizer por sua mão guiará o meu povo à salvação.

34 E o Senhor jurou a José que preservaria a sua semente para sempre, dizendo: Suscitarei Moisés, e haverá uma vara em sua mão, e ele reunirá o meu povo, e guiá-lo-á como um rebanho, e ferirá as águas do Mar Vermelho com a sua vara.

35 E ele terá discernimento, e escreverá a palavra do Senhor. E ele não proferirá muitas palavras, porque escrever-lhe-ei a minha lei pelo dedo da minha própria mão. E preparar-lhe-ei um porta-voz, e o seu nome será Aarão.

36 E a ti também será feito nos últimos dias, sim, como jurei. Portanto, disse José aos seus irmãos: Deus certamente vos visitará, e vos fará subir desta terra, à terra que jurou a Abraão, e a Isaque, e a Jacó.

37 E José confirmou muitas outras coisas aos seus irmãos, e fez jurar os filhos de Israel, dizendo-lhes: Deus certamente vos visitará; e fareis transportar os meus ossos daqui.

38 E morreu José quando tinha a idade de cento e dez anos; e embalsamaram-no, e puseram-no num caixão no Egito; e os filhos de Israel não o enterraram, a fim de que fosse levado, e posto na sepultura com seu pai. E assim se lembraram do juramento que lhe tinham jurado.