Imprimir
Compartilhar

Primeira Epístola Universal do Apóstolo Pedro

Capítulo 3

Marido e mulher devem honrar um ao outro — Os santos devem viver pelos padrões do evangelho — Cristo pregou aos espíritos em prisão.

1 Semelhantemente vós, amulheres, sede sujeitas ao vosso próprio marido; para que também, se alguns bnão obedecem à palavra, pela conduta das mulheres sejam ganhos sem palavra;

2 Considerando a vossa conduta acasta, em temor.

3 O enfeite delas não seja o exterior, no encrespamento dos cabelos, ou no uso de joias de ouro, ou na acompostura dos vestidos;

4 Mas o homem interior do coração, no incorruptível atraje de um espírito manso e quieto, que é precioso diante de Deus.

5 Porque assim se enfeitavam também antigamente as santas mulheres que aesperavam em Deus, e estavam sujeitas ao seu próprio marido;

6 Como Sara obedecia a Abraão, chamando-lhe senhor; da qual vós sois afilhas, fazendo o bem, e não temendo nenhuma perturbação.

7 Igualmente vós, maridos, vivei com elas com aentendimento, dando bhonra à mulher, como a vaso mais fraco; como aqueles que juntamente com elas sois cherdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.

8 E finalmente, sede todos de aum mesmo sentimento, bcompassivos, camando os dirmãos, misericordiosos e eafáveis.

9 Não aretribuindo mal por mal, ou injúria por injúria; antes, pelo contrário, bendizendo, sabendo que para isso sois chamados, para que por herança alcanceis a bbênção.

10 Porque quem quer amar a vida, e ver os dias bons, arefreie a sua blíngua do mal, e os seus lábios para que não falem cdolosamente.

11 Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a apaz, e siga-a.

12 Porque os aolhos do Senhor estão sobre os bjustos, e os seus ouvidos atentos às suas corações; mas o rosto do Senhor é contra os que fazem o dmal.

13 E quem é aquele que vos fará mal, se fordes aimitadores do bem?

14 Mas também, se apadecerdes por causa da justiça, sois bbem-aventurados. E não temais com medo deles, nem vos turbeis;

15 Antes, asantificai o Senhor Deus em vosso coração; e estai sempre preparados para bresponder a qualquer que vos perguntar a razão da cesperança que há em vós, com dmansidão e etemor;

16 Tendo uma boa aconsciência, para que, naquilo que falam mal de vós, como de malfeitores, fiquem envergonhados os que blasfemam da vossa boa conduta em Cristo.

17 Porque melhor é que apadeçais fazendo o bem (se a vontade de Deus assim o quer), do que fazendo o mal.

18 Porque também Cristo apadeceu uma vez pelos pecados, o bjusto pelos injustos, para levar-nos a Deus; cmortificado na verdade, na carne, porém dvivificado pelo Espírito;

19 No qual também foi, e apregou aos espíritos em bprisão;

20 aOs quais antigamente foram brebeldes, quando a clonganimidade de Deus esperava nos dias de dNoé, enquanto se preparava a arca; na qual poucas (isto é oito) almas se esalvaram pela fágua,

21 A qual também, simbolizando o abatismo, agora nos salva, não a remoção da imundície do corpo, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, pela ressurreição de Jesus Cristo;

22 O qual está à adestra de Deus, tendo subido ao bcéu; havendo-se-lhe sujeitado os canjos, e as autoridades, e os poderes.