Imprimir
Compartilhar

Epístola Universal do Apóstolo S. Tiago

Capítulo 1

Se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus — Devemos resistir à tentação — Sede cumpridores da palavra — Tiago explica como reconhecer a religião pura.

1 aTiago, servo de Deus, e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que andam bdispersas: Saudações.

2 Meus irmãos, tende por grande alegria quando passardes por avárias provações,

3 Sabendo que a aprova da vossa fé opera a bpaciência.

4 Tenha, porém, a paciência a sua obra perfeita, para que sejais aperfeitos e completos, sem faltar em coisa alguma.

5 aE se algum de vós tem falta de bsabedoria, cpeça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, sem repreensão, e ser-lhe-á ddada.

6 Porém peça-a com a, não duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte.

7 Não pense tal homem que receberá do Senhor alguma coisa.

8 O homem de aânimo dobre é inconstante em todos os seus caminhos.

9 Porém o irmão de condição ahumilde glorie-se na sua exaltação,

10 E o rico, na sua humilhação, porque ele passará como a flor da aerva.

11 Porque sai o sol com ardor, e a erva seca, e a sua flor cai, e a formosura do seu aspecto perece; assim murchará também o arico em seus caminhos.

12 Bem-aventurado o homem que asuporta a tentação; porque, quando for bposto à prova, receberá a ccoroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.

13 Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta.

14 Porém cada um é atentado, quando atraído e engodado pela sua própria bconcupiscência.

15 Depois, havendo a concupiscência concebido, dá à luz o apecado; e o pecado, sendo consumado, gera a bmorte.

16 Não erreis, meus amados irmãos.

17 Toda aboa dádiva e todo dom perfeito são do alto, e bdesce do Pai das cluzes, em quem não há dmudança nem sombra de variação.

18 Segundo a sua vontade, ele nos gerou pela palavra da verdade, para que fôssemos como aprimícias das suas criaturas.

19 Portanto, meus amados irmãos, todo homem seja pronto para ouvir, tardio para afalar, btardio para se irar.

20 Porque a ira do homem não opera a justiça de Deus.

21 Pelo que, rejeitando toda aimundície e bsuperfluidade de maldade, recebei com cmansidão a palavra enxertada em vós, a qual pode salvar a vossa alma.

22 E sede acumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.

23 Porque, se alguém é aouvinte da palavra, e não cumpridor, é semelhante ao homem que contempla ao espelho o seu rosto natural;

24 Porque se contempla a si mesmo, e vai-se, e logo se esquece de como era.

25 Porém aquele que atenta bem para a alei perfeita da liberdade, e nisso bpersevera, não sendo ouvinte esquecido, mas fazedor da obra, esse será bem-aventurado no seu feito.

26 Se alguém entre vós supõe ser religioso, e não refreia a sua alíngua, mas engana o seu coração, a religião desse é b.

27 A areligião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: bVisitar os órfãos e as cviúvas nas suas tribulações, e dguardar-se imaculado edo mundo.