O Segundo Livro das Crônicas

2 Crônicas 

Capítulo 1

O Senhor honra Salomão perante todo o Israel — O Senhor aparece a ele — Salomão escolhe e recebe sabedoria — Seu reino é abençoado com esplendor e riquezas.

Capítulo 2

Salomão contrata Hurão de Tiro para fornecer madeira para o templo — Os trabalhadores são organizados para realizar a obra.

Capítulo 3

Salomão começa a construir o templo — Ele faz o véu e as colunas e utiliza muito ouro e muitas pedras preciosas.

Capítulo 4

Salomão faz o mar de fundição e o coloca sobre doze bois — São feitos o altar, as bacias, as caldeiras e vários utensílios.

Capítulo 5

O templo é terminado, e a arca da aliança é colocada no Santo dos Santos — A glória do Senhor enche o templo.

Capítulo 6

Salomão abençoa a congregação de Israel — Ele profere a oração dedicatória do templo — Ora pedindo misericórdia e bênçãos para o Israel penitente.

Capítulo 7

Desce fogo do céu e consome os sacrifícios e holocaustos — O Senhor aparece a Salomão e promete abençoar o povo — Os israelitas prosperarão se guardarem os mandamentos.

Capítulo 8

Salomão constrói cidades — Ele oferece sacrifícios de acordo com a lei de Moisés — Os sacerdotes e os levitas são encarregados de servir ao Senhor.

Capítulo 9

A Rainha de Sabá visita Salomão — Ele se sobressai em sabedoria, riqueza e magnificência — Depois de reinar quarenta anos, Salomão morre, e Roboão torna-se rei.

Capítulo 10

O povo pede alívio, mas Roboão promete aumentar os fardos do povo — Israel rebela-se, e o reino é dividido.

Capítulo 11

Roboão fortalece o reino de Judá mas é proibido de subjugar Israel — Jeroboão conduz o reino de Israel à idolatria — Roboão toma muitas esposas e concubinas.

Capítulo 12

Roboão abandona a lei do Senhor — Os egípcios saqueiam Jerusalém e levam os tesouros da casa do Senhor — O povo se arrepende e recebe libertação parcial — Morre Roboão.

Capítulo 13

Abias reina em Judá — Ele derrota Jeroboão e os exércitos de Israel — O Senhor fere Jeroboão, e ele morre.

Capítulo 14

Asa reina em Judá, reconstrói as cidades e derrota e saqueia os etíopes, que atacam Judá.

Capítulo 15

Azarias profetiza que Judá prosperará se o povo guardar os mandamentos — Asa elimina de Judá a adoração falsa — Muitos de Efraim, Manassés e Simeão migram para Judá — O povo faz convênio de servir ao Senhor e é abençoado.

Capítulo 16

Asa se vale da Síria para derrotar Israel — Hanani, o vidente, repreende Asa por sua falta de fé — Asa padece de uma enfermidade e morre.

Capítulo 17

Josafá reina bem e prospera em Judá — Os sacerdotes viajam e ensinam do livro da lei do Senhor.

Capítulo 18

Josafá de Judá se une a Acabe de Israel para lutar contra a Síria — Os falsos profetas de Acabe predizem a vitória — Micaías profetiza a queda e a morte de Acabe — Os sírios matam Acabe.

Capítulo 19

Josafá é repreendido por ajudar o iníquo Acabe — Ele ajuda o povo a voltar para o Senhor, estabelece juízes e administra justiça.

Capítulo 20

Os amonitas e outros povos atacam Judá — Josafá e todo o povo jejuam e oram — Jaaziel profetiza a libertação de Judá — Os que atacam Judá guerreiam entre si e destroem-se uns aos outros.

Capítulo 21

Jorão mata seus irmãos, casa-se com a filha de Acabe e reina iniquamente — Elias profetiza uma praga sobre o povo e a morte de Jorão — Os filisteus e outros povos guerreiam contra Judá — Jorão morre de grave enfermidade.

Capítulo 22

Acazias reina iniquamente e é morto por Jeú; sua mãe, Atalia, reina em seu lugar.

Capítulo 23

Joiada, o sacerdote, faz Joás rei — Atalia é morta — A adoração ao Senhor é restaurada, e o sacerdote de Baal é morto.

Capítulo 24

Joás e Joiada recebem contribuições e reparam a casa do Senhor — Joiada morre — Joás cai em idolatria, mata um profeta chamado Zacarias, e ele próprio é morto em uma conspiração.

Capítulo 25

Amazias reina, mata os edomitas e adora deuses falsos — Um profeta prediz a destruição de Amazias — Judá é derrotada por Israel, e Amazias é morto em uma conspiração.

Capítulo 26

Uzias reina e prospera enquanto guarda os mandamentos — Ele transgride, tenta queimar incenso sobre o altar e é amaldiçoado com lepra.

Capítulo 27

Jotão reina, edifica o reino e subjuga os amonitas.

Capítulo 28

Acaz reina iniquamente e pratica a idolatria; seu povo é derrotado por Israel — Os cativos são libertados por ordem de um profeta — Os edomitas e os filisteus atacam Judá — Acaz continua a praticar a idolatria.

Capítulo 29

Ezequias reina em retidão e restaura a adoração a Jeová — Os levitas purificam e santificam a casa do Senhor — Os sacerdotes oferecem sacrifícios e fazem reconciliação e expiação pelo povo — Ezequias e todo o povo adoram o Senhor e louvam o Seu nome.

Capítulo 30

Ezequias convida todo o Israel para uma Páscoa solene em Jerusalém — Alguns aceitam a convocação; outros riem dele com zombaria — Os israelitas fiéis adoram o Senhor em Jerusalém.

Capítulo 31

Os israelitas fiéis eliminam a falsa adoração de seu meio — O povo paga dízimos e ofertas — Os levitas administram os assuntos temporais — Ezequias serve fielmente.

Capítulo 32

Senaqueribe invade Judá e sitia as cidades — Ele afronta o Senhor — Isaías e Ezequias oram, e um anjo destrói os líderes dos exércitos assírios — Ezequias reina em retidão, apesar de ter certo orgulho no coração.

Capítulo 33

Manassés reina iniquamente e adora deuses falsos — Ele é levado cativo para a Assíria — Ele se arrepende e serve ao Senhor — Amom reina iniquamente e é morto.

Capítulo 34

Josias acaba com a idolatria em Judá — O povo de Judá repara a casa do Senhor — Hilquias descobre um livro da lei — Hulda, a profetisa, revela as desolações que hão de vir sobre o povo — Josias e o povo fazem convênio de servir ao Senhor.

Capítulo 35

Josias e todo o Judá realizam uma Páscoa solene — Josias é mortalmente ferido pelos egípcios em Megido.

Capítulo 36

Vários reis governam em Judá — Nabucodonosor invade Judá e faz Zedequias rei — Zedequias se rebela, o povo rejeita os profetas, e os caldeus queimam o templo e destroem Jerusalém — Ciro da Pérsia decreta a construção do templo.