Esdras 

Capítulo 1

O rei Ciro da Pérsia permite que os judeus voltem a Jerusalém para construir o templo — Ciro devolve os utensílios da casa do Senhor tomados por Nabucodonosor.

Capítulo 2

Os descendentes dos judeus levados cativos que voltam para Jerusalém e para Judá são enumerados — O sacerdócio é negado aos filhos dos sacerdotes cuja genealogia se perdeu — Os fiéis contribuem para a construção do templo.

Capítulo 3

O altar é reconstruído — São reinstituídos os sacrifícios regulares — Os alicerces do templo são colocados em meio a grande regozijo.

Capítulo 4

Os samaritanos oferecem ajuda e depois atrapalham a obra — A construção do templo e das muralhas de Jerusalém é interrompida.

Capítulo 5

Ageu e Zacarias profetizam — Zorobabel retoma a construção do templo — Os samaritanos questionam o direito dos judeus de continuarem seu trabalho de construção.

Capítulo 6

Dario renova o decreto de Ciro para a construção do templo — Ele é terminado e dedicado, reiniciando-se os sacrifícios e as festas.

Capítulo 7

Esdras sobe a Jerusalém — Artaxerxes fornece o necessário para o embelezamento do templo e sustenta os judeus em sua adoração.

Capítulo 8

Enumeram-se os que sobem da Babilônia para Jerusalém — Os levitas são chamados para acompanhá-los — Esdras e o povo jejuam e oram e obtêm orientação e proteção para ir a Jerusalém.

Capítulo 9

Muitos judeus se casam com cananeus e outros estrangeiros e seguem as suas abominações — Esdras ora e confessa os pecados de todo o povo.

Capítulo 10

Os judeus fazem convênio de mandar embora as esposas tomadas dos cananeus e de outros povos — Esdras reúne o povo em Jerusalém — Os levitas que se casaram com mulheres não israelitas são enumerados.