Imprimir
Compartilhar

O Livro de

Capítulo 2

Satanás recebe permissão do Senhor para afligir Jó fisicamente — Jó é acometido de úlceras — Elifaz, Bildade e Zofar vão consolá-lo.

1 E num outro dia, em que os filhos de Deus foram apresentar-se perante o Senhor, foi também aSatanás entre eles apresentar-se perante o Senhor.

2 Então o Senhor disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao Senhor, e disse: De rodear a terra, e passear por ela.

3 E disse o Senhor a Satanás: Consideraste o meu servo Jó? Porque ninguém há na terra semelhante a ele, homem íntegro e reto, temente a Deus, e que se desvia do mal, e que ainda retém a sua aintegridade, havendo-me tu incitado contra ele para o consumir sem causa.

4 Então Satanás respondeu ao Senhor, e disse: Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida.

5 Porém estende a tua mão, e toca-lhe nos ossos, e na carne, e verás se não te aamaldiçoa na tua face!

6 E disse o Senhor a Satanás: Eis que ele está na tua mão, porém poupa-lhe a vida.

7 Então saiu Satanás da presença do Senhor, e feriu Jó de uma chaga maligna, desde a planta do pé até o alto da cabeça.

8 E tomou um caco para se raspar com ele, e estava assentado no meio da acinza.

9 Então sua mulher lhe disse: Ainda reténs a tua integridade? Amaldiçoa a Deus, e morre.

10 Porém ele lhe disse: Como fala qualquer das doidas, falas tu; receberemos o abem de Deus, e não receberíamos o mal? Em tudo isso não pecou Jó com os seus lábios.

11 Ouvindo, pois, três amigos de Jó todo esse mal que tinha vindo sobre ele, vieram cada um do seu lugar, Elifaz, o temanita, e Bildade, o suíta, e Zofar, o naamatita; e combinaram ir juntamente condoer-se dele, para o consolarem.

12 E levantando de longe os seus olhos, não o reconheceram; e levantaram a sua voz e choraram; e rasgaram cada um o seu manto, e sobre as suas cabeças lançaram pó ao ar.

13 E se assentaram juntamente com ele na terra, sete dias e sete noites; e nenhum lhe dizia palavra alguma, porque viam que a ador era muito grande.