O Terceiro Livro de Moisés Chamado Levítico

Levítico 

Capítulo 1

Sacrificam-se animais sem defeito como expiação pelos pecados — Os holocaustos são ofertas de cheiro suave para o Senhor.

Capítulo 2

Explica-se como são feitas as ofertas de farinha com azeite e incenso.

Capítulo 3

Os sacrifícios pacíficos são realizados com animais sem defeito, cujo sangue é espargido no altar — Proíbe-se Israel de comer gordura ou sangue.

Capítulo 4

Os pecadores são perdoados mediante ofertas pelo pecado, de animais sem defeito — Dessa maneira os sacerdotes fazem expiação pelos pecados do povo.

Capítulo 5

O povo deve confessar seus pecados e fazer uma restituição por eles — O perdão é concedido por meio de uma oferta pela culpa — Dessa maneira os sacerdotes fazem a expiação do pecado.

Capítulo 6

O povo deve primeiramente fazer a restituição pelo pecado, depois deve oferecer uma oferta pela culpa, para assim receber o perdão, por meio da expiação feita pelos sacerdotes.

Capítulo 7

Enumeram-se as leis que regem diversos sacrifícios — Proíbe-se aos filhos de Israel comer gordura ou sangue — Eles adoram por meio de sacrifício — Por meio de sacrifício, recebem o perdão, fazem votos, consagram propriedades, dão graças e se reconciliam com Deus.

Capítulo 8

Aarão e seus filhos são lavados, ungidos, vestidos com suas túnicas do sacerdócio e consagrados perante todo o Israel — Moisés e Aarão oferecem sacrifícios para fazer expiação e reconciliação com o Senhor.

Capítulo 9

Por meio de sacrifício, Aarão faz uma expiação para si mesmo e para todo o Israel — Ele e seus filhos oferecem sacrifícios — A glória do Senhor aparece a todos — As ofertas que estão sobre o altar são consumidas por fogo que sai de diante do Senhor.

Capítulo 10

Nadabe e Abiú realizam sacrifícios não autorizados e são mortos por fogo que sai de diante do Senhor — Proíbe-se que Aarão e seus outros filhos lamentem a morte deles — Aarão e seus filhos devem abster-se de vinho e de bebida forte — Devem ensinar tudo o que o Senhor revelou a Moisés.

Capítulo 11

O Senhor revela as criaturas vivas que podem e as que não podem ser comidas; e quais são as limpas e quais são as imundas — Ele ordena a Israel: Sereis santos, porque eu sou santo.

Capítulo 12

O Senhor revela a lei da purificação das mulheres após o parto, incluindo uma oferta pelo pecado.

Capítulo 13

Revelam-se leis e sinais para reconhecimento e controle da lepra — As roupas do leproso serão queimadas.

Capítulo 14

Revelam-se leis, ritos e sacrifícios para purificação dos leprosos, das suas roupas e das casas infectadas pela lepra.

Capítulo 15

Revelam-se leis, ritos e sacrifícios para purificação dos que têm fluxo e outros tipos de impurezas.

Capítulo 16

Explica-se como e quando Aarão deve entrar no santuário — Sacrifícios são oferecidos para reconciliar Israel com Deus — O bode expiatório levará sobre si os pecados do povo — Os pecados de todo o Israel são perdoados no Dia da Expiação.

Capítulo 17

Os sacrifícios devem ser oferecidos unicamente ao Senhor no tabernáculo da congregação — Proíbe-se Israel de fazer sacrifícios a demônios — Proíbe-se toda ingestão de sangue — Exige-se o derramamento de sangue para expiação pelos pecados.

Capítulo 18

Israel não deverá viver como os egípcios e os cananeus — Proíbem-se casamentos com certos parentes próximos e outras pessoas específicas — O homossexualismo e outras perversões sexuais são abominação — A terra vomita as nações que praticam abominações sexuais.

Capítulo 19

Ordena-se a Israel: Sede santos, vivei em retidão, amai o próximo e guardai os mandamentos — O Senhor revela e reitera diversas leis e mandamentos — Proíbem-se feitiçarias, adivinhações, prostituição e toda prática iníqua.

Capítulo 20

Prescreve-se a pena de morte para quem sacrificar filhos a Moloque, amaldiçoar o pai ou a mãe, cometer adultério, homossexualismo, bestialismo, necromancia e outras abominações — Várias leis e ordenanças são enumeradas.

Capítulo 21

Os sacerdotes devem ser homens santos — O sumo sacerdote não deve casar-se com viúva nem com divorciada nem com prostituta — Os descendentes de Aarão que tiverem deformidades físicas não podem oferecer o pão de Deus sobre o altar.

Capítulo 22

Descreve-se quem dos sacerdotes e de suas famílias pode comer das coisas sagradas — Os animais para sacrifício devem ser perfeitos e sem defeito.

Capítulo 23

Israel deve fazer uma santa convocação a cada dia do Sábado — Israel deve comemorar a Festa da Páscoa, dos Pães Ázimos, de Pentecostes ou das Primícias, das Trombetas, do Dia da Expiação e dos Tabernáculos.

Capítulo 24

Um fogo perpétuo deverá arder fora do véu no tabernáculo — Um blasfemador é morto por apedrejamento — A lei de Israel é de olho por olho, dente por dente.

Capítulo 25

Cada sétimo ano deverá ser um ano de repouso — Cada quinquagésimo ano deverá ser um ano de jubileu, em que se proclamará liberdade por toda a terra — Revelam-se as leis para a venda e o resgate de terras, casas e servos — A terra é do Senhor, assim como os servos — Proíbe-se a usura.

Capítulo 26

As bênçãos materiais e espirituais serão abundantes em Israel, se o povo guardar os mandamentos — Se desobedecerem ao Senhor, haverá maldições, castigos e desolação — Quando Seu povo se arrepender, o Senhor terá misericórdia para com eles.

Capítulo 27

Explica-se como as propriedades são consagradas ao Senhor — Ordena-se que Israel pague dízimos de suas colheitas, do gado e dos rebanhos.