Capítulo 2

Abraão sai de Ur a fim de ir para Canaã — Jeová aparece-lhe em Harã — Prometidas todas as bênçãos do evangelho a sua semente e, por meio da semente dele, a todos — Ele vai para Canaã e, de lá, para o Egito.

 Ora, o Senhor Deus fez com que a fome se agravasse na terra de Ur, tanto que aHarã, meu irmão, morreu; mas bTerá, meu pai, ainda vivia na terra de Ur dos caldeus.

 E aconteceu que eu, Abraão, tomei aSarai para esposa; e bNaor, meu irmão, tomou para esposa Milca, que era filha de Harã.

 Ora, o Senhor adissera-me: Abraão, sai de teu país, e de tua parentela, e da casa de teu pai, para uma terra que te mostrarei.

 Portanto, deixei a terra de aUr dos caldeus, a fim de ir para a terra de Canaã; e tomei Ló, filho de meu irmão, e sua mulher e Sarai, minha mulher; e também meu bpai me seguiu à terra que denominamos Harã.

 E a fome diminuiu; e meu pai permaneceu em Harã e lá habitou, porque havia muitos rebanhos em Harã; e meu pai retornou à sua aidolatria; assim, ficou em Harã.

 Mas eu, Abraão, e a, filho de meu irmão, oramos ao Senhor, e o Senhor bapareceu-me, e disse-me: Levanta-te, e toma Ló contigo; pois pretendo tirar-te de Harã, e fazer de ti um ministro que porte o meu cnome em uma dterra estranha, a qual darei a tua semente depois de ti por possessão eterna, quando derem ouvidos à minha voz.

 Pois eu sou o Senhor teu Deus; eu habito no céu; a Terra é o meu aescabelo; estendo a mão sobre o mar, e ele obedece à minha voz; faço com que o vento e o fogo sejam a minha bcarruagem; digo às montanhas: Parti daqui; e eis que elas são levadas por um torvelinho, em um instante, repentinamente.

 Meu nome é aJeová, e bconheço o fim desde o princípio; portanto, minha mão estará sobre ti.

 E farei de ti uma grande nação, e aabençoar-te-ei sobremaneira, e engrandecerei o teu nome entre todas as nações; e serás uma bênção para tua semente depois de ti, para que em suas mãos levem este ministério e bSacerdócio a todas as nações;

 10 E abençoá-las-ei por meio de teu nome; pois todos os que receberem este aEvangelho serão chamados segundo o teu nome, e contados como tua bsemente; e levantar-se-ão e abençoar-te-ão como seu cpai;

 11 E aabençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; e em ti (isto é, em teu Sacerdócio) e em tua bsemente (isto é, teu Sacerdócio), pois faço-te a promessa de que este cdireito continuará em ti, e em tua semente depois de ti (isto quer dizer a semente literal, ou seja, a semente do corpo), serão abençoadas todas as famílias da Terra, sim, com as bênçãos do Evangelho, que são as bênçãos de salvação, sim, de vida eterna.

 12 Ora, depois que o Senhor acabou de falar-me, e retirou sua face de minha presença, eu disse em meu coração: Teu servo aprocurou-te fervorosamente; agora te encontrei;

 13 Enviaste o teu anjo para alivrar-me dos deuses de Elquena, e bem farei dando ouvidos à tua voz; portanto, deixa o teu servo levantar-se e partir em paz.

 14 Assim eu, Abraão, parti como o Senhor me dissera, e Ló comigo; e eu, Abraão, tinha asessenta e dois anos de idade quando parti de Harã.

 15 E levei aSarai, a quem tomara para esposa quando me encontrava em bUr, na Caldeia, e Ló, filho de meu irmão, e todas as provisões que havíamos reunido, bem como as almas que havíamos cconquistado em Harã; e tomamos o caminho da terra de dCanaã; e habitamos em tendas no caminho;

 16 Portanto, a eternidade foi nosso abrigo e nossa arocha e nossa salvação, enquanto viajamos de Harã, pelo caminho de Jérson, para a terra de Canaã.

 17 Ora eu, Abraão, construí um aaltar na terra de Jérson, e fiz uma oferta ao Senhor; e orei para que a bfome se desviasse da casa de meu pai, a fim de que não perecessem.

 18 E de Jérson atravessamos a terra até o lugar de Sequém; ficava nas planícies de Moré, e já havíamos entrado pelas fronteiras da terra dos acananeus; e eu ofereci bsacrifício lá nas planícies de Moré, e invoquei o Senhor fervorosamente, porque já havíamos entrado na terra desta nação idólatra.

 19 E o Senhor apareceu-me em resposta às minhas orações, e disse-me: À tua semente darei esta aterra.

 20 E eu, Abraão, levantei-me do local do altar que eu construíra ao Senhor, e de lá parti para uma montanha no lado oriental de aBetel; e ali armei minha tenda, tendo Betel ao ocidente, e bAi ao oriente; e lá construí outro altar ao Senhor, e tornei a cinvocar o nome do Senhor.

 21 E eu, Abraão, continuei viajando em direção ao sul; e a fome continuava na terra; e eu, Abraão, decidi descer para o Egito a fim de lá habitar, porquanto a fome agravara-se muito.

 22 E aconteceu que quando eu estava para entrar no Egito, o Senhor disse-me: Eis que aSarai, tua esposa, é uma mulher muito formosa à vista;

 23 Portanto, acontecerá que quando os egípcios a virem, dirão: Ela é mulher dele; e matar-te-ão, mas a ela guardarão em vida; portanto, faze desta maneira:

 24 Que ela diga aos egípcios que é tua irmã, e a tua alma viverá.

 25 E aconteceu que eu, Abraão, contei a Sarai, minha mulher, tudo o que o Senhor me dissera. Portanto, dize-lhes, rogo-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e minha alma viva graças a ti.