6 de dezembro de 2018

    Lembro-me das dádivas de Deus

    Eu me tornei membro de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias quando tinha 17 anos de idade. A irmã Marlene Velez foi minha primeira e única professora do seminário. Não me lembro muito do que ela ensinou, mas me lembro do que senti em suas aulas. Ela me mostrou o caminho do discipulado, e eu o segui. Para um novo converso como eu, a irmã Velez foi uma dádiva de Deus.

    Essa época representa a dádiva mais preciosa de Deus, o sacrifício de Jesus Cristo. Ao ponderar sobre essa dádiva, recordo-me de outras que já testemunhei em minha experiência nos Seminários e Institutos de Religião em todo o mundo. Esses professores voluntários ofereceram seus pequenos sacrifícios para trazer almas a Cristo.

    Recordo-me de Tosiwo, um rapaz da pequena aldeia de Malem, Kosrae. Tosiwo, um converso e aluno recém-formado no ensino médio, foi indicado para ser professor do seminário de um pequeno grupo de jovens do ramo recém-criado. Não houve hesitação alguma quando Tosiwo aceitou o chamado. Ao reconhecer que precisava saber mais sobre o evangelho do que seus alunos, ele estudou as escrituras durante seus períodos de descanso do trabalho no campo. Passou horas de seu tempo livre visitando os alunos e trazendo para o lar deles o entusiasmo que tinha em relação ao seminário. Por meio de Tosiwo, esses alunos sentiram o amor de Deus por eles.

    Isso me faz lembrar da irmã Jenny, menos ativa na época, que agiu de forma surpreendente quando Deus precisou dela. O ano letivo estava prestes a começar e não tínhamos um professor do seminário. O tempo estava se esgotando. O inspirado bispo, talvez em desespero, indicou Jenny para ser a professora do seminário. Conversei com ela e expliquei porque eu estava lá. Com lágrimas nos olhos, ela respondeu: “Não sou ativa. Por que o bispo faria isso comigo?” Sentamo-nos em silêncio por alguns minutos. Não sabia o que dizer. Então, com a humildade que caracteriza a maioria dessas pessoas escolhidas para serem uma dádiva de Deus, ela respondeu: “O que devo fazer para me preparar?” A última vez que tive notícias sobre Jenny, ela estava no 12º ano como professora do seminário.

    Por fim, lembro-me da irmã Matisima, de uma pequena ilha chamada Uman, na lagoa Chuuk. Ela estava servindo como secretária adjunta do ramo porque era o único membro que conseguia fazer aritmética. Ela também era a professora do seminário. A irmã Matisima esperava pelos seus alunos do seminário, do lado de fora do portão da escola de ensino médio, todos os dias depois da aula. Ela tinha o tipo de personalidade gentil que chamava a atenção dos não membros e, com frequência, eles se juntavam a ela e seus alunos ao se dirigirem à Igreja para ir ao seminário, enquanto ouviam à prévia da lição daquele dia. Quando Deus chamou a irmã Matisima para ensinar no seminário, ela considerou que todos fossem seus alunos.

    Essas são apenas algumas dádivas das quais eu me lembrei. Existem muitas outras. Deus tem um meio de personalizar Suas dádivas a Seus filhos. Elas são exatamente o que precisamos, quando precisamos delas. Para os jovens da Igreja, há uma irmã Velez para todos.

    Download: 360p | 720p | 1080p

    Download: 360p | 720p | 1080p

    Download: 360p | 720p | 1080p