família estudando o evangelho junta

Ter um filho com necessidades especiais pode ser o início de uma jornada que leva a grandes bênçãos espirituais. Aprender a criar um filho com deficiência é um processo, não um evento.

Introdução

Às vezes, você pode debater-se com emoções dolorosas ao tentar compreender a deficiência de seu filho e seu papel de pai ou mãe. Ter um filho com necessidades especiais, porém, pode ser o início de uma jornada que leva a grandes bênçãos espirituais. Achegue-se ao Pai Celestial e permita que Seu Espírito o console e instrua. Confie que Deus o fará estar à altura do desafio e o abençoará com visão e compreensão ao tomar decisões referentes ao bem-estar de seu filho.

Ver também:

Buscar Orientação e Ajuda

  • Aconselhe-se com frequência com o Senhor por meio da oração e do estudo das escrituras. O Espírito Santo pode prover consolo e inspiração com respeito às necessidades peculiares de seu filho.
  • Aprenda tudo o que puder sobre a deficiência. Profissionais e fontes confiáveis de informação podem ajudá-lo a entender as necessidades e a deficiência de seu filho. Não tenha medo de fazer perguntas.
  • Converse com outros pais que compartilhem seus valores e que tenham desafios semelhantes. Isso pode ajudá-lo a compreender seus próprios sentimentos e oferecer apoio valioso.
  • Busque uma perspectiva eterna. Confie que o Pai Celestial ama você e seu filho. Ele ouvirá e responderá a suas orações. Os sacrifícios que você faz por seu filho podem ser uma bênção que o aproxima de seu Pai Celestial.
  • Lembre-se de que você está-se preparando para a eternidade. A deficiência de seu filho é temporária. O espírito não é deficiente.
  • Aprenda a reconhecer o Senhor em sua vida.

Fortalecer Sua Família

Algumas deficiências podem envolver diferenças físicas. No entanto, a deficiência de seu filho pode não ser visível ou identificada facilmente. Isso pode fazer com que seja mais difícil para os irmãos, os avós e outros membros da família entender a deficiência e saber como ajudar.

Lembre-se, os outros familiares podem ter os mesmos sentimentos de desinformação e medo que você sentiu quando recebeu o diagnóstico. Aceitar a deficiência pode ser mais difícil para alguns membros da família.

  • Assim que compreender o diagnóstico de seu filho, explique-o, em espírito de oração, a seus filhos e aos outros membros da família.
  • Ajude os membros da família a entender a deficiência. Responda as perguntas honestamente.
  • Sejam pacientes uns com os outros enquanto os membros da família se ajustam aos novos desafios e às mudanças.
  • Peça aos filhos, aos avós e a outros membros da família para ajudarem de maneiras específicas, isso os fará sentirem-se incluídos.
  • Não permita que a deficiência se torne o centro de todas as atividades da família. Faça algumas coisas que são especiais ao filho com deficiência, mas faça outras atividades que atendam às necessidades dos outros filhos. Quando for possível, faça coisas que incluam todos os membros da família.
  • Mantenha a família equilibrada. Ajude todos os membros a entender que são amados e que todos devem ajustar-se uns aos outros.
  • Fortaleça a si mesmo; você precisa de tempo para relaxar das exigências constantes que podem ser requeridas.
  • Fortaleça seu casamento; passe tempo com seu cônjuge fazendo coisas que os dois apreciem.
  • Esforce-se para manter um equilíbrio entre incentivar a independência e proteger seu filho de perigos. Apoie os pontos fortes do seu filho e trate-o da maneira mais normal possível. Proporcione para seu filho todas as oportunidades de desenvolver habilidades e talentos.