• Home
  • Recursos para Deficiência
  • Como Lidar com o Comportamento na Sala de Aula

Como Lidar com o Comportamento na Sala de Aula

mulher mostrando ilustração que retrata a natureza para quatro crianças

Um aluno pode ter problemas de comportamento por diversos motivos. Em geral, os problemas de comportamento são um esforço de expressar uma necessidade ou um medo, ou são uma tentativa de evitar algo desagradável. Os problemas de comportamento podem consistir no fato de uma pessoa tornar-se agressiva, ameaçadora, apática, hiperativa ou retraída.

Há muitas coisas que um professor pode fazer para ajudar um aluno a ter um comportamento adequado na sala de aula e em outras atividades. Se você entender o motivo pelo qual um problema de comportamento ocorre, você poderá ajudar a pessoa.

Há Muitas Razões Possíveis para os Problemas de Comportamento

Uma pessoa pode apresentar um problema de comportamento por diversas razões, incluindo as listadas a seguir:

  1. A pessoa pode estar tentando evitar uma situação, um local ou uma pessoa.
  2. Ela pode estar em busca de atenção, tempo a sós, controle, etc.
  3. Pode estar com necessidades físicas tais como fome, sede ou cansaço.
  4. O problema de comportamento pode indicar problemas de saúde, como uma doença, dor ou efeitos da medicação.
  5. A pessoa pode estar sentindo emoções como raiva, medo, ansiedade, tristeza, confusão, felicidade ou frustração.

Maneiras de Ajudar

Após conversar com os líderes do sacerdócio, os membros da família e os prestadores de cuidados:

  • Estabeleça algumas regras simples.
  • Crie uma atmosfera positiva na sala onde todos os membros sintam-se seguros e amados.
  • Estabeleça um plano, com a aprovação dos pais e dos líderes, para reagir ao comportamento inadequado.
  • Procure oportunidades para fazer elogios específicos pelo comportamento positivo.
  • Evite reagir com raiva, ameaças, punição ou crítica.
  • Esteja atento e evite (quando possível) situações difíceis em que o comportamento possa ocorrer.
  • Aprenda sobre quaisquer deficiências ou circunstâncias que possam contribuir para um comportamento.
  • Providencie um assistente para dar apoio conforme necessário.
  • Evite confrontos.
  • Ajude a pessoa a aprender como expressar suas necessidades de maneira adequada.
  • Lembre-se sempre de que a pessoa é um filho amado do Pai Celestial.

Às vezes, pode surgir um problema de comportamento que coloque a pessoa ou outros em risco. Nessas situações, aconselhe-se com os familiares, cuidadores e líderes para estabelecer um ambiente em que todos, inclusive a pessoa com necessidade especial, possam sentir-se emocional e fisicamente seguros. Peça ajuda imediatamente se houver possibilidade de a pessoa machucar-se a si mesma ou a outros.

Recursos Adicionais

Sites Adicionais

O site a seguir não é mantido ou controlado por A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mas fornecido como recurso adicional.