Felicidade


O Pai Celestial deseja que encontremos a felicidade verdadeira e duradoura. Todas as bênçãos que Ele nos dá — os ensinamentos do evangelho, os mandamentos, as ordenanças do sacerdócio, os laços familiares, os profetas, templos, as belezas da criação e até a oportunidade de passar por adversidades — têm como objetivo a nossa felicidade. Muitas vezes, o plano Dele para a nossa salvação é chamado de “o grande plano de felicidade” (Alma 42:8). Ele enviou Seu Filho Amado para realizar a Expiação para que pudéssemos ser felizes nesta vida e receber a plenitude da alegria na eternidade.

Informações Adicionais

Ao dar testemunho dos “eternos propósitos” de Deus, o profeta Leí ensinou: “os homens existem para que tenham alegria” (2 Néfi 2:15, 25). Muitas pessoas tentam encontrar felicidade e realização em atividades contrárias aos mandamentos do Senhor. Ignorando o plano de Deus, elas rejeitam a única fonte da verdadeira felicidade. Cedem ao diabo que “procura tornar todos os homens tão miseráveis como ele próprio” (2 Néfi 2:27). No final, aprendem como é verdadeira a admoestação de Alma ao filho Coriânton: “iniquidade nunca foi felicidade” (Alma 41:10).

Outras pessoas buscam só a diversão na vida. Tendo isso como objetivo principal, deixam que o prazer passageiro desvie sua atenção da felicidade duradoura. Privam a si mesmas da alegria duradoura do crescimento espiritual, serviço e trabalho árduo.

Ao tentarmos ser felizes, devemos lembrar que o único meio de ter a verdadeira felicidade é viver de acordo com o evangelho. Encontraremos a felicidade serena e eterna ao empenhar-nos em guardar os mandamentos, orar pedindo forças, arrepender-nos de nossos pecados, participar de atividades saudáveis e prestar serviços significativos.

Ver também Obra Missionária; Plano de Salvação; Serviço

Ver Mais

Referências das Escrituras

Salmos 35:9
 
2 Néfi 5:27
 
Mosias 2:41
 
3 Néfi 17:18-20
 
4 Néfi 1:15-16
 

Ver Mais