Imposição de Mãos


A imposição de mãos é o procedimento revelado pelo Senhor para a realização de muitas ordenanças do sacerdócio, tais como a confirmação, a ordenação, a designação de membros para chamados, a ministração aos enfermos e para dar outras bênçãos do sacerdócio. Aqueles que têm a devida autoridade do sacerdócio impõem as mãos sobre a cabeça da pessoa que estiver recebendo a ordenança. Ao fazerem isso, eles servem como instrumentos por meio dos quais o Senhor abençoa Seus filhos.

Informações Adicionais

Esse procedimento tem sido sempre usado pelos portadores do sacerdócio. Adão ordenou seus filhos justos por meio da imposição de mãos (ver D&C 107:40–50). Quando Jacó pronunciou bênçãos sobre Efraim e Manassés, ele impôs as mãos sobre a cabeça deles (ver Gênesis 48:14–19). Alma “ordenou sacerdotes e élderes pela imposição de mãos, segundo a ordem de Deus” (Alma 6:1). Os Apóstolos Pedro e João conferiram o dom do Espírito Santo pela imposição de mãos (ver Atos 8:14–17). Nesta dispensação, João Batista conferiu o Sacerdócio Aarônico a Joseph Smith e Oliver Cowdery pela imposição de mãos (ver Joseph Smith—História 1:68–69).

Ver também Espírito Santo; Sacerdócio

—Ver Sempre Fiéis (2004), pp. 99–100

Referências das Escrituras

Números 27:18-23
 
Atos 19:1-6
 
I Timóteo 4:14
 
Doutrina e Convênios 33:15; 35:6; 36:2; 42:44
 
Regras de Fé 1:4-5
 

Mais Materiais para Estudo