Obediência


Muitas pessoas pensam que os mandamentos são uma carga e uma limitação à nossa liberdade e ao nosso crescimento pessoal. Mas o Salvador ensinou que a verdadeira liberdade vem somente se O seguirmos: “Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente sereis meus discípulos; e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:31–32). Deus nos dá mandamentos para o nosso próprio benefício. Eles são instruções amorosas para a nossa felicidade e para o nosso bem-estar físico e espiritual.

Informações Adicionais

Na existência pré-mortal, nosso Pai Celestial presidiu um grande Conselho nos Céus. Nesse conselho, ouvimos Seu plano de salvação que incluía um período de testes na Terra: “Faremos uma terra onde estes possam habitar. E assim os provaremos para ver se farão todas as coisas que o Senhor seu Deus lhes ordenar” (Abraão 3:24–25). Uma das razões pelas quais estamos aqui na Terra é para mostrar nosso desejo de obedecer aos mandamentos do Pai Celestial.

O Profeta Joseph Smith ensinou que a obediência aos mandamentos traz bênçãos de Deus. Ele disse: “Há uma lei, irrevogavelmente decretada no céu antes da fundação deste mundo, na qual todas as bênçãos se baseiam— E quando recebemos uma bênção de Deus, é por obediência à lei na qual ela se baseia” (D&C 130:20–21). O rei Benjamim também ensinou esse princípio. “Quisera que considerásseis o estado abençoado e feliz daqueles que guardam os mandamentos de Deus”, aconselhou. “Pois eis que são abençoados em todas as coisas, tanto materiais como espirituais; e se eles se conservarem fiéis até o fim, serão recebidos no céu, para que assim possam habitar com Deus em um estado de felicidade sem fim. Oh! Lembrai-vos, lembrai-vos de que estas coisas são verdadeiras, porque o Senhor Deus as disse” (Mosias 2:41).

Nossa obediência aos mandamentos é uma expressão de nosso amor pelo Pai Celestial e por Jesus Cristo. O Salvador disse: “Se me amais, guardai os meus mandamentos” (João 14:15). Depois, Ele declarou: “Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor; do mesmo modo que eu tenho guardado os mandamentos de meu Pai, e permaneço no seu amor” (João 15:10).

Ver também Arbítrio; Plano de Salvação

Ver Mais

Referências das Escrituras

Josué 24:14-15
 
Eclesiastes 12:13
 
Mateus 7:21
 
João 7:17
 
1 Néfi 3:7
 

Ver Mais

Mais Materiais para Estudo

  • “Obediência” Princípios do Evangelho (antigo), Capítulo 22

  • “Obedecer, Obediência, Obediente” Guia para Estudo das Escrituras

  • “Obediência” Princípios do Evangelho, Capítulo 35