Poligamia (Casamento Plural)


A família foi ordenada por Deus. O casamento entre o homem e a mulher é essencial para Seu plano eterno. Em certas épocas e para Seus propósitos específicos, Deus, por meio de Seus profetas, ordenou a prática do casamento plural (às vezes chamado de poligamia), que significa um homem ter mais de uma esposa viva ao mesmo tempo. Obedecendo a um mandamento de Deus, os santos dos últimos dias seguiram essa prática por cerca de 50 anos, no século XIX, mas interromperam oficialmente esses casamentos depois do Manifesto promulgado pelo Presidente Woodruff, em 1890. Desde aquela época, o casamento plural não é aprovado pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias e qualquer membro que adotar essa prática está sujeito a perder sua condição de membro da Igreja.

Informações Adicionais

A Bíblia mostra que Abraão, Jacó e outros servos do Senhor tiveram várias esposas (ver Gênesis 16:1–3; 29:23–30; 30:4, 9; Juízes 8:30; I Samuel 1:1–2). Joseph Smith perguntou a Deus por que Ele havia permitido essa prática e foi-lhe dito que Deus a havia ordenado para propósitos específicos. Um dos motivos dados pelo Senhor para o casamento plural é mencionado no Livro de Mórmon: “Se eu quiser suscitar posteridade para mim, diz o Senhor dos Exércitos, ordenarei isso a meu povo; em outras circunstâncias [eles terão apenas uma esposa]” (Jacó 2:30; ver também v. 27).

Depois que Deus revelou a doutrina do casamento plural a Joseph Smith, em 1831, e ordenou que ele o vivesse, o Profeta, ao longo de um período de vários anos, ensinou cautelosamente essa doutrina a algumas pessoas muito chegadas. Por fim, ele e um pequeno número de líderes da Igreja começaram a praticar o casamento plural, nos primeiros anos da Igreja. Aqueles que praticaram o casamento plural naquela época, tanto homens quanto mulheres, sentiram-se extremamente provados em sua fé. A prática era tão estranha para eles que precisaram receber inspiração pessoal de Deus para ajudá-los a obedecer ao mandamento.

Quando os santos se mudaram para o oeste, sob a direção de Brigham Young, mais santos dos últimos dias começaram a praticar o casamento plural.

Influenciados por rumores e relatos exagerados, o Congresso dos Estados Unidos, a partir de 1862, decretou uma série de leis contra a poligamia que foram se tornando cada vez mais severas. Na década de 1880, muitos homens santos dos últimos dias foram presos ou se exilaram.

Ver Mais

Referências das Escrituras

Gênesis 29:23–30; 30:4, 9
 
Juízes 8:30
 
I Samuel 1:1–2
 
Jacó 2:27–30
 
Doutrina e Convênios 132
 

Mais Materiais para Estudo