Skip main navigation
Jovens Menu

Tema da Mutual 2011

Joseph Smith sabia que precisávamos crer nos padrões e valores e buscar essas coisas para termos a força e o poder do Espírito Santo.

“Cremos em ser honestos, verdadeiros, castos, benevolentes, virtuosos e em fazer o bem a todos os homens; na realidade, podemos dizer que seguimos a admoestação de Paulo — Cremos em todas as coisas, confiamos em todas as coisas, suportamos muitas coisas e esperamos ter a capacidade de tudo suportar. Se houver qualquer coisa virtuosa, amável, de boa fama ou louvável, nós a procuraremos” ( Regras de Fé 1:13).

Cremos!

Presidência Geral das Moças

Elaine S. Dalton (centro), presidente; Mary N. Cook (à esquerda), primeira conselheira; e Ann M. Dibb (à direita), segunda conselheira.

Fotografia da presidência geral das Moças
© Busath.com

Cremos que uma jovem virtuosa, guiada pelo Espírito, pode mudar o mundo. Como presidência geral das Moças, observamos jovens fazer o que creem ser correto, servir de testemunhas, viver os padrões do evangelho e verdadeiramente fazer a diferença. É impressionante o que uma jovem pode realizar quando ela é virtuosa, dá ouvidos à voz mansa e delicada do Espírito Santo e depois age!

Quando escreveu a décima terceira regra de fé, Joseph Smith expressou todas as coisas que podemos e devemos buscar e nos tornar, como fiéis seguidoras de Cristo. Joseph Smith sabia que precisávamos crer nos padrões e valores e buscar essas coisas para termos a força e o poder do Espírito Santo. Ele sabia que teríamos de seguir o Salvador em palavras e ações. Ele sabia que a realização dessas coisas nos prepararia para sermos dignas das bênçãos do templo.

Acredite em Si Mesma

Como você fará isso? Como você liderará as pessoas para que sigam o exemplo do Salvador, tenham uma vida virtuosa e se preparem para o templo? Em primeiro lugar, acredite em si mesma! Sua coragem e sua força ajudaram você a tornar-se uma líder, e seu comprometimento fará toda a diferença neste ano. Suas ideias, motivações e seus atos moldarão o mundo agora e no futuro.

Cremos que você faz parte de uma geração cujas crenças e atitudes mudarão o mundo. Nós acreditamos em você!

Por causa do mundo tecnológico em que vivemos, você tem como inundar o mundo de coisas virtuosas, amáveis e louváveis. Você dispõe de meios para prestar testemunho do evangelho de Jesus Cristo ao mundo inteiro. Nunca antes uma geração teve tal possibilidade, bênção e oportunidade.

Três Coisas e Mais Uma — Todos os Dias!

Nós acreditamos em você. Agora é a hora de nos unirmos e de começarmos uma mudança que vai nos dar poder e abençoar as pessoas. Convidamos você a continuar a fazer três coisas todos os dias — mais uma.

  • Ore todas as manhãs e todas as noites.
  • Leia o Livro de Mórmon durante pelo menos cinco minutos todos os dias.
  • Sorria!
  • Além do mais, convidamos você a observar e a viver os padrões contidos no livreto Para o Vigor da Juventude. Conheça bem esses padrões. Partilhe-os com outras pessoas. E seja um exemplo dos fiéis.

Neste ano, creia. Creia que você é uma filha do Pai Celestial que a ama e que a ajudará. Creia no Salvador Jesus Cristo. Ele é sua luz. Ele é sua esperança. Ele é seu exemplo e Redentor. Acredite em si mesma! Creia no poder de todas as jovens que vivem os padrões. Juntas, podemos procurar toda coisa virtuosa, amável e louvável. Juntas podemos fazer a diferença no mundo.

Cremos que você faz parte de uma geração cujas crenças e atitudes mudarão o mundo. Nós acreditamos em você!

Tornar-se um Homem Fiel do Sacerdócio

Presidência Geral dos Rapazes

David L. Beck (centro), presidente; Larry M. Gibson (à esquerda), primeiro conselheiro; e Adrián Ochoa (à direita), segundo conselheiro.

Antes de se formarem na Primária, muitos de vocês memorizaram a décima terceira regra de fé, e esperamos que ainda consigam recitá-la de cor. Neste ano, como presidência, desafiamos vocês a irem além da simples memorização e a aprenderem verdadeiramente o que o Profeta Joseph Smith pretendia quando nos exortou a seguir a admoestação de Paulo. Pedimos que estudem cuidadosamente cada qualidade mencionada na décima terceira regra de fé, que é o tema da Mutual deste ano. Convidamos vocês a agirem de acordo com o que aprenderem. E convidamos vocês a compartilharem com os outros a alegria que a aplicação prática desses padrões lhes traz na vida.

Esse padrão de conduta é o mesmo adotado no novo programa Dever para com Deus: aprender, agir, compartilhar. Ao seguirem esses três passos simples, vocês vão tornar-se homens fiéis do sacerdócio.

A décima terceira regra de fé afirma entre outras coisas: “Cremos em ser honestos, verdadeiros, castos, benevolentes [e] virtuosos” (grifo do autor). Ser é mais do que o seu modo de agir — é quem você é. Ser honesto, verdadeiro, casto e tudo mais são coisas que os tornam diferentes da maioria dos rapazes de sua idade. Quando os outros virem suas qualidades, desejarão o que vocês possuem. Ao aprenderem seus deveres do sacerdócio e agirem de acordo com eles, vocês mudarão. Ao “fazerem o bem a todos os homens”, vocês abençoarão e mudarão a vida das pessoas.

Bons Exemplos

Ben é um grande exemplo de alguém que ajuda as pessoas e é uma bênção na vida delas. Ele procura ajudar os que têm poucos amigos e não se sentem entrosados. Pensa mais nos outros do que em si mesmo. Quando Kelon se mudou para a ala de Ben, Kelon descreveu a vida dele como “nada além de diversão” voltada para o rumo errado. Ele sentia um grande vazio interior. Contudo, devido ao exemplo de seus amigos membros da Igreja e principalmente o exemplo de seu melhor amigo, Ben, ele viu que havia um caminho melhor. Ben convidou Kelon para participar das atividades da Igreja. Nessas atividades, Kelon percebeu que havia algo de diferente nos rapazes lá presentes. Sentiu o desejo de ser como eles. Ele não sabia exatamente o que era, mas sabia que era aquilo que queria. Queria ser feliz como eles.

Orou a Deus e soube que precisava filiar-se à Igreja. Ben batizou seu melhor amigo quando eles tinham dezesseis anos. Kelon disse acerca de seu batismo: “Finalmente encontrei a paz e senti o abraço amoroso do Salvador ao sair da pia batismal. Sou grato por ter bons amigos que vivem de acordo com suas crenças”.

O Poder do Sacerdócio Aarônico

Doutrina e Convênios 58:27–28 afirma que os “homens devem ocupar-se zelosamente numa boa causa” e fazer “muitas coisas de sua livre e espontânea vontade” a fim de “realizar muita retidão. Pois neles está o poder”. E em vocês está o poder. Foi-lhes confiado o poder do Sacerdócio Aarônico. Amamos vocês, e sabemos que podem fazer coisas grandiosas ao tornarem-se homens fiéis do sacerdócio.

Ao “fazerem o bem a todos os homens”, vocês abençoarão e mudarão a vida das pessoas.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes