Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

6 Maneiras Divertidas de Fazer a História da Família

Quer se envolver na história da família, mas não sabe por onde começar? Tente algumas destas ideias.

Você já deve ter percebido que muito se tem falado ultimamente sobre os jovens interessando-se pela história da família. Já lhe foi dito como sua geração tecnológica é preparada para essa obra e como a participação na história da família traz bênçãos. Mas, exatamente como pode envolver-se? Eis algumas sugestões.

Registre Sua Vida

Lembre-se de que contar sua própria história é fazer uma parte da história da família. É importante manter um registro de sua vida. Há muitas maneiras pelas quais você pode fazer isso — em um diário tradicional, um álbum de recortes, um blog, a gravação de áudio ou vídeo e outras mais. Sua maneira de captar sua própria história pode ser tão notável quanto você.

Obtenha algumas ideias de maneiras diferentes pelas quais você possa contar sua história.

Reunir-se e Tirar Fotos

Há possibilidade de que seus familiares (incluindo o de seus parentes mais distantes) tenham muitos álbuns de fotos antigas, ou espalhadas em suas casas. Essas fotos são uma parte importante de sua história da família, e podem ser mais bem preservadas e compartilhadas, se forem digitalizadas.

Aprenda a digitalizar fotos (escaneando ou por outro método), e depois pode ajudar seus avós (ou outros parentes) a ter todas as fotos colocadas online, a fim de que estejam disponíveis para toda a sua família. Você também pode tirar fotos de parentes vivos, peças herdadas, lugares, reuniões e outras coisas afins para sua coleção de fotos da família.

Saiba mais sobre a coleta e como fazer o upload de fotos de sua árvore genealógica e como você pode ajudar aqueles que não tenham suas habilidades técnicas para fazer o mesmo.

Obter Histórias

Uma forma divertida de entrar na história da família é registrar seus parentes, contando histórias sobre sua vida. Tudo o de que você precisa é uma forma para registrar (como um gravador de vídeo ou áudio, caneta e papel, app smartphone e assim por diante) e algum tempo com o membro da família. Pode também trazer uma lista de perguntas que ajudarão a orientar a entrevista.

Você vai se surpreender com todas as coisas interessantes que pode aprender sobre os membros de sua família, quando eles lhe contarem histórias sobre sua vida. Depois das entrevistas, pode transcrever as histórias e fazer upload delas online.

Saiba mais sobre a coleta e como fazer o upload de histórias de sua árvore genealógica.

Descubra o Seu Gráfico em Leque

Um gráfico em leque é uma representação visual que mostra oito gerações de sua família. Pode também mostrar que estão faltando informações para que você possa começar a procura de seus próprios antepassados.

Depois de fazer seu gráfico, Kyle S., de 16 anos, disse: “Seu leque famíliar ajuda-o(a) a ver que tem muitos antepassados pelos quais ser grato. Ele me fez ter o desejo de aprender mais sobre as pessoas e poder ajudá-las”.

Descubra como pode obter seu próprio gráfico em leque colorido.

Leve o Nome de um Antepassado para o Templo

Uma parte muito gratificante do trabalho de história da família é quando você tem a oportunidade de ir ao templo, para realizar ordenanças por um de seus próprios antepassados.

Depois de fazer isso, Abigail A., 13, disse: “Venho trabalhando na história da família desde que tinha idade suficiente para ter minha própria conta no FamilySearch. Eu ajudava minha mãe a fazer a história da família, mas nunca tinha pensado que todos esses nomes que digito no sistema são pessoas de verdade. Finalmente, comecei a fazer batismos e confirmações em favor de pessoas que estou encontrando, e é um sentimento muito bom. É uma grande experiência estar no templo e fazer eu mesma a história da família e com minha família e amigos”.

Aprenda como você pode ter esse mesmo sentimento de encontrar o nome de um antepassado para levar ao templo.

Envolva-se na Indexação

A indexação de registros faz com que outras pessoas possam procurar digitalmente por informações da história da família. Você tira fotos com as informações sobre elas e digita as informações que vê. É como uma caça ao tesouro para obter informações.

Muitos jovens descobriram como pode ser simples, divertida e recompensadora a indexação. Depois de fazer a indexação, Alexis R., 12, diz: “adoro indexar! Gosto de pensar que estou ajudando as pessoas que morreram sem o conhecimento do evangelho. Mal posso acreditar que, quando envio o que encontro em um recenseamento, quase 40 pessoas podem estar a um passo mais próximas de viver com o Pai Celestial”.

Aprenda mais sobre participar da indexação.

Quais são algumas maneiras pelas quais você está envolvido na história da família? Clique abaixo em compartilhe sua experiência.

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes