Jovens Menu

Mas e Se…? Dúvidas sobre Servir Missão

Dave Edwards

À medida que se aproxima a época de servir missão, você pode se perguntar: “Será que consigo mesmo fazer isso?” Sim, consegue! Pode não ser fácil, mas você jamais vai lamentar tê-lo feito.

A preparação para servir missão pode amedrontá-lo. Há muitas coisas com que se preocupar — dinheiro, conhecimento, timidez —, mas sejam quais forem as preocupações, você pode encontrar a certeza e a coragem de que necessita. Aqui estão algumas perguntas frequentes e respostas para ajudá-lo a vencer seus temores e encontrar a fé para ir adiante.

“O tamanho de sua fé ou o nível de seu conhecimento não é o problema — trata-se da integridade que vocês demonstram em relação à fé que vocês têm e a verdade que já conhecem.” — Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum do Doze Apóstolos

E se eu não souber o suficiente a respeito das escrituras ou do evangelho?

A preparação para a missão sem dúvida deve incluir o aprendizado do evangelho, mas você não tem que saber tudo antes de ir. O Espírito Santo vai guiá-lo à medida que você se empenhar fervorosamente para aprender os princípios do evangelho e estudar as escrituras, e você não estará sozinho. O Espírito Santo vai guiá-lo, e você terá companheiros, líderes missionários e seu presidente de missão para ajudá-lo em seu trabalho.

E se eu não estiver seguro de que tenho um testemunho?

A aquisição de um testemunho é uma parte vital da preparação para a missão. Você pode sentir que seu testemunho é fraco, mas ele vai crescer à medida que você fizer um esforço sincero para desenvolvê-lo. Lembre-se simplesmente do seguinte:

  • Encontre momentos tranquilos para estudar e orar. Você precisa de um tempo em que possa sentir a inspiração do Espírito.
  • Viva o evangelho. Leia João 7:17 para descobrir por que isso vai ajudar seu testemunho a crescer.
  • Desenvolva um pouco a cada vez. A verdadeira conversão é um processo passo a passo. Lembre-se também de que seu testemunho pode ser mais forte do que você pensa. Lembre-se do que o Élder Holland disse sobre o rapaz que acreditava, mas ainda não sabia que a igreja é verdadeira: “Abracei aquele menino com toda a força. Disse-lhe (…) que crer é uma palavra preciosa, um ato ainda mais precioso, e que ele nunca deve se desculpar por ‘apenas crer’. Eu lhe disse que o próprio Cristo declarou: ‘Não temas, crê somente’. (…) Eu disse àquele rapaz que crer sempre foi o primeiro passo rumo à convicção. (…) Eu lhe disse o quanto me sentia orgulhoso dele pela sinceridade de sua jornada” (Jeffrey R. Holland, “Eu Creio, Senhor,” A Liahona, maio de 2013, p. 93).

E se eu não me sentir digno de servir?

Se houver algo de errado em sua vida, você pode cuidar disso. Seu bispo ou presidente de ramo vai ajudá-lo a saber o que precisa fazer para tornar-se limpo por meio da Expiação de Jesus Cristo. Rebekah S., da Rússia, contou sua experiência pessoal: “Embora eu tivesse me arrependido, o sentimento de culpa e a dor me faziam achar que eu não poderia servir missão porque meus erros eram demasiadamente graves. No entanto, meu bispo e meu presidente de estaca me ajudaram a perceber o poder de cura da Expiação em minha vida. Sinto-me imensamente grata pelo arrependimento. Temos que ter paz no coração para servir de todo o coração. Isso faz toda a diferença”.

Como vou conseguir deixar minha família e meus amigos?

É difícil deixar entes queridos, especialmente sabendo que as coisas estarão diferentes quando você voltar — para seus amigos, para sua família e principalmente para você. Pode ser que você se preocupe como sua família vai se manter financeiramente sem você ou como vai reagir à sua missão. Mas o Senhor vai cuidar de seus entes queridos e abençoá-los pelo serviço que você vai prestar (ver D&C 100:1). Embora você sinta saudades deles, o Senhor precisa de você para ajudar outras famílias a encontrar a felicidade proporcionada pelo evangelho. Acredite que o Pai Celestial quer o melhor para você e sua família. O Senhor tem bênçãos incríveis esperando por você e sua família ao encontrar a fé para seguir em frente.

O Presidente Boyd K. Packer, presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “Dirijo minhas palavras ao rapaz que não tem a mínima ideia de como vai conseguir financiar uma missão. Eu também não sei. Mas sei isto: se vocês tiverem fé e determinarem que vão, vai haver uma maneira”. 

E se eu achar que não vou conseguir pagar a missão?

O custo de uma missão pode parecer um grande sacrifício, mas o Senhor sabe o que Ele quer que você faça.

Loran C., da Inglaterra, teve esta experiência pessoal: “Eu estava começando a preencher meus papéis para a missão quando o banco me disse que eu tinha uma grande dívida no cartão de crédito. Meu bispo e eu elaboramos um plano de orçamento determinando o quanto eu pagaria para quitar a dívida, para minha missão, para o dízimo e para minhas outras despesas. Exigiu muito sacrifício, e achei que não conseguiria atingir minha meta. No entanto, paguei fielmente o dízimo, e o Senhor me ajudou. Um presente de um desconhecido garantiu-me o dinheiro necessário para quitar minha dívida e cumprir minha meta da missão”.

E se eu for tímido demais para falar com as pessoas?

A ideia de passar o dia inteiro, todos os dias, falando com pessoas que você não conhece pode parecer difícil. Sam L., da Califórnia, Estados Unidos, relembra: “Numa conferência de jovens da estaca, foi pedido a nós que saíssemos com os missionários para pregar o evangelho. Sair com missionários de verdade? Falar com pessoas de verdade? Fiquei muito nervoso, mas então me lembrei de uma escritura: ‘Porque eu, o Senhor teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo’ (Isaías 41:13). Orei por essa ajuda e, embora ainda me sentisse desajeitado, senti-me fortalecido por meio do Espírito Santo e até entreguei dois exemplares do Livro de Mórmon”.

Duas sísteres caminhando

E se isso prejudicar meus estudos ou minha carreira profissional?

Você pode achar que ficar um tempo fora para servir missão quando está se preparando para a faculdade ou para uma carreira profissional seria arriscar seu futuro, mas acontece justamente o contrário. O Senhor quer que você tenha sucesso e vai ajudá-lo. Nenhuma das coisas das quais você abrir mão será tão valiosa quanto seu serviço missionário.

Muitos jovens tiveram que tomar uma decisão semelhante. William H., da Austrália, deixou uma promissora carreira de jogador profissional de rúgbi, sem saber se teria oportunidade de voltar a jogar quando retornasse para casa (ver “Pausa para a Missão”, A Liahona, junho de 2012, p. 50). Joseph B., das Filipinas, entrou na sala do secretário da faculdade preparado para desistir de uma chance única nos estudos (ver “Sacrifício”, A Liahona, setembro de 2007, p. 40). Quer ocorra ou não o que você esperava depois da missão, nenhuma oportunidade terá maior valor do que seu serviço como missionário.

Sem Arrependimentos

O Pai Celestial deseja que sejamos felizes e não pedirá que façamos coisas que não vão nos abençoar e nos ajudar. Se você fizer fielmente o que o Senhor lhe pedir, mesmo quando for difícil, verá que as bênçãos que virão serão muito melhores do que qualquer coisa que o mundo tenha a oferecer. Você jamais vai se arrepender de servir missão.

Compartilhe Sua Experiência

Compartilhe seus sentimentos sobre servir uma missão clicando em Compartilhe sua experiência abaixo.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro