fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Namorar, esperar ou burlar as regras: O que você quer?

David A. Edwards Revistas da Igreja

Quando se trata de namoro, pessoas diferentes têm perguntas diferentes. Como você as responderia?

Na revista Liahona recebemos muitas perguntas de jovens sobre os mais variados assuntos. Um dos tópicos que habitualmente causa mais confusão (ou exacerbação — nem sempre conseguimos diferenciar) é o namoro.

As perguntas sobre o namoro parecem vir de três tipos básicos de pessoas: os que querem namorar, os que querem esperar e os que querem burlar as regras. Esses três grupos têm diferentes origens e motivações para suas perguntas, mas todos merecem respostas para que consigam encontrar paz e orientação. E você pode ajudar.

Aqui estão alguns exemplos de perguntas desses três grupos, bem como uma cópia da seção “Namoro” do livreto Para o Vigor da Juventude. Veja se consegue combinar as perguntas com as respectivas respostas que se encontram nessa seção. Ou, se você conhece outras respostas das escrituras ou da conferência geral, acrescente-as. Esse é um bom exercício para você ver o quanto conhece as diretrizes e como consegue responder as perguntas para si mesmo ou para as outras pessoas.

Os que querem namorar

Quando essas pessoas fazem 16 anos, elas decidem sair com outras pessoas. (Leia “E o namoro?”) Elas tiveram algumas experiências e, como resultado, têm algumas perguntas. Aqui estão algumas delas:

É certo sair com alguém que não é membro da Igreja?

Quando sai com alguém, como você mantém uma boa conversa e se diverte sem criar um clima estranho?

Princípios básicos para responder as perguntas

• Tenha uma atitude de fé.

• Procure ver as coisas com uma perspectiva eterna.

 • Procure nas fontes corretas — escrituras, profetas, pais e líderes — e também peça ao Pai Celestial a orientação do Espírito.

  • Seja gentil — essa é uma boa sugestão para responder qualquer pergunta sobre como lidar com os outros.

Como posso evitar o namoro sério? Todo mundo faz isso porque acha que sair com pessoas diferentes seria como “trair” alguém.

Recentemente saí com uma pessoa só para nos divertirmos, mas agora ela quer namorar sério. O que devo fazer?

Como posso seguir os padrões de namoro quando a maioria das pessoas que conheço não os segue — até mesmo os jovens membros da Igreja?

Com que idade podemos começar a sair em casal, em vez de em grupos?

Você pode encontrar algumas respostas para essas perguntas no livreto Para o Vigor da Juventude. Mas você também pode conversar com alguém um pouco mais experiente, alguém que seja capaz de dar algumas ideias sobre como lidar com as pessoas e com certas situações de forma leal e respeitosa.

Os que querem esperar

São pessoas que fizeram 16 anos e decidiram: (a) esperar um pouco antes de namorar ou (b) esperar até conhecer alguém que queiram convidar para sair. Aqui estão suas perguntas:

Já tenho idade suficiente, mas realmente ainda não quero namorar. Isso é normal?

Por que namorar na adolescência? Qual o objetivo?

Os rapazes da Igreja em minha área são meus amigos, mas eles não me convidam para sair. Por quê?

Tenho quase 18 anos e nunca me convidaram para sair. O que há de errado comigo? O que há de errado com os garotos?

Fui rejeitado pelas meninas e não quero mais pedir alguém em namoro. Isso é normal?

Algumas dessas perguntas são mais difíceis de responder citando o que está no livreto Para o Vigor da Juventude. Você vai precisar ter compaixão, compreensão e sensibilidade. Os que preferem não namorar não estão quebrando os mandamentos, e não há nada de errado com os que não são convidados para sair. Mas essas pessoas ainda se sentem ansiosas e magoadas. Você pode conversar com seus pais, com seus irmãos mais velhos, com seus líderes e outras pessoas capazes de oferecer um ombro amigo, de dar bons conselhos e de mostrar novas perspectivas. (Leia “Not Dating? You’re Not Alone” [Não está namorando? Você não está sozinho.])

Os que querem burlar as regras

As pessoas nesse grupo têm entre 12 e 18 anos de idade, e suas perguntas são bem variadas. Sem dúvida, elas são sinceras e merecem respostas. Mas, basicamente, estão procurando uma brecha nas regras para se sentirem bem com as coisas que querem fazer. Aqui está apenas uma amostra de suas muitas perguntas:

Tudo bem ter um amigo, ou amiga, mais próximo desde que não namorem?

Se ainda não tenho 16, posso passar a maior parte do meu tempo livre com uma pessoa desde que não estejamos namorando? (Leia “What can we do if we like each other?” [O que podemos fazer se gostamos um do outro?])

Qual é a definição de “namoro”?

É certo beijar antes dos 16 anos desde que você não esteja namorando?

Se eu tenho 16 anos e a pessoa com quem desejo namorar tem 15, é certo sair com ela desde que não seja membro da Igreja? Assim, ela não vai quebrar os padrões dela.

Quantos encontros preciso ter com outras pessoas antes de sair com quem realmente gosto?

O que acontece se você sair com alguém e sentir verdadeiramente que vocês foram feitos um para o outro? Nesse caso, é certo namorar firme?

E se você orou para saber se deve namorar firme com alguém e ambos sentem que está tudo bem?

Mesmo que sua reação inicial para algumas dessas perguntas seja uma variação entre: “Não”, “De jeito nenhum ou “O que você acha?”, procure ser compreensivo. Essas perguntas são sinceras, de pessoas que realmente querem uma resposta, então não queremos ser ríspidos ou depreciativos. Consulte o livreto Para o Vigor da Juventude e veja como você pode formular uma resposta. A chave é não simplesmente repetir o padrão, mas se concentrar no porquê que está atrás do padrão. Por que não ter encontros frequentes com a mesma pessoa? Por que esperar até os 16 anos para namorar?

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro