fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Cinco coisas que bons ouvintes fazem

Ouvir atentamente as pessoas vai ajudar você a saber como atender às necessidades espirituais e temporais delas assim como fez o Salvador.

O élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “Ouvir talvez seja ainda mais importante do que falar. (…) Se ouvirmos com amor, não precisaremos ficar pensando no que falar. Isso nos será dado — pelo Espírito” (“Ser-me-eis testemunhas”, Conferência Geral de abril de 2001).

Ouvir é uma habilidade que podemos aprender, e demonstra nosso amor pelas pessoas, ajuda a edificar relacionamentos fortes e convida o Espírito a nos abençoar com o dom do discernimento para nos ajudar a compreender as necessidades das outras pessoas. Seguem cinco maneiras de melhorar o modo como ouvimos as pessoas.

1. Encontre coisas em comum entre vocês

Você pode discordar de tudo o que foi dito, no entanto concorde com o que for possível sem deturpar seus próprios sentimentos. Ser agradável com o outro pode reduzir a ansiedade e a posição defensiva dele (ver Mateus 5:25).

2. Explique

Explique com suas palavras o que você ouviu e como você entendeu o que a pessoa disse, ajudando-as a saber se foram compreendidas e dando a elas a oportunidade de esclarecer alguma coisa.

3. Dê-lhes tempo

Muitas pessoas precisam de tempo para organizar os pensamentos antes de falar. Dê tempo a elas para pensar antes e depois de dizerem alguma coisa (ver Tiago 1:19). O fato de terem terminado de falar não significa que elas já tenham dito tudo o que precisavam. Não se sinta intimidado pelo silêncio (ver Jó 2:11–3:1; Alma 18:14–16).

4. Dê atenção

Pensamos mais rapidamente do que as outras pessoas falam. Resista à tentação de chegar a conclusões precipitadas ou pensar no que vai dizer em seguida quando elas estiverem falando (ver Provérbios 18:13). Em vez disso, ouça atentamente. Sua resposta será melhor porque houve maior compreensão da situação.

5. Esclareça

Não tenha medo de fazer perguntas para esclarecer algo que você não tenha entendido (ver Marcos 9:32), o que reduz mal-entendidos e demonstra seu interesse pelo que está sendo dito.

O presidente Russell M. Nelson ensinou que devemos aprender a ouvir e ouvir para aprender uns dos outros (ver “Aprender a ouvir”, Conferência Geral de abril de 1991). Ao aprender a ouvir procurando entender a outra pessoa, você terá mais condições de compreender as necessidades delas e receber inspiração de como cuidar daqueles que estão à sua volta, como faria o Salvador.

Com base em um artigo da Liahona de junho de 2018.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro