fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Da timidez à confiança

Mindy Raye Friedman

A timidez pode parecer um obstáculo permanente. Mas você pode superá-la um pouco de cada vez.

Será que alguma das situações a seguir soa familiar para você?

  • Você se sente pouco à vontade na conferência de jovens porque há muitas pessoas.
  • Você sabe a resposta para uma pergunta feita durante a aula, mas tem medo de levantar a mão.
  • O bispo pede que você faça um discurso e você quase desmaia de tanto nervosismo.

Se concordou com as frases acima, provavelmente você se considera tímido. Então, o que você pode fazer a respeito? Analisar o que faz com que você se afaste de certas situações pode ser a primeira dica.

Por que sou tímido?

Há dois tipos de pessoas tímidas, de acordo com o doutor Larry Nelson, professor adjunto de desenvolvimento humano da Universidade Brigham Young, cuja pesquisa se concentra na timidez. O primeiro tipo de pessoas tímidas são as fisiologicamente tímidas. Elas nascem com um sistema nervoso que é rápido em responder a situações de estresse e vagaroso em voltar à calma.

Para explicar isso aos que não são tímidos, o doutor Nelson usa a analogia de assistir a um filme de terror. Uma pessoa comum entra no cinema com respiração e batimentos cardíacos normais. Quando chega a parte assustadora do filme, sua pressão arterial sobe, sua respiração se torna mais superficial e seus músculos ficam tensos. Assim, ela começa em um nível de estresse baixo que depois aumenta.

As pessoas fisiologicamente tímidas, por outro lado, já estão em um nível elevado de estresse antes de chegarem à situação estressante. Quando ficam estressadas, a reação delas atinge um nível muito mais elevado do que o de uma pessoa comum. Essas reações do corpo basicamente as dominam.

O doutor Nelson disse que cerca de 15 por cento das pessoas (quase 1 entre 7) nascem fisiologicamente tímidas. No entanto, todo ano ele pede que os alunos levantem a mão se acham que são tímidos, e geralmente mais de 60 por cento o fazem. Por que tantas pessoas se acham tímidas?

“Elas acham que o fato de seu coração começar a bater mais rápido no primeiro encontro, numa entrevista de emprego ou ao falar na igreja significa que são tímidas”, explica o doutor Nelson. “No entanto isso é uma resposta normal a essas situações.”

Outra razão para essa diferença pode ser porque algumas dessas pessoas têm consciência de que são tímidas. Esse tipo de timidez acontece com frequência entre os jovens quando ficam muito preocupados com o que as outras pessoas pensam deles.

“Há pessoas que se preocupam tanto com o que os outros pensam que se afastam porque são muito sensíveis à percepção negativa ou aos julgamentos deles com relação a elas”, diz o doutor Nelson.

Esse sentimento conduz a uma reação em nível mais elevado de estresse nas situações em que acham que as pessoas podem julgá-las.

Como fazer a mudança

Seja qual for seu tipo de timidez, a fim de superar qualquer ponto fraco, você precisa ter o desejo de mudar e de vencer a timidez. Você não vai passar de tímido a sociável da noite para o dia, mas, se começar agora, pode fazer progressos.

Kallie Sommercorn, de 19 anos, que faz faculdade em Logan, Utah, diz que era tímida quando mais jovem. “Eu ‘congelava’ sempre que era colocada em situações de convívio social”, ela explica. “Eu nunca sabia o que dizer e sempre me sentia como se estivesse prestes a fazer alguma bobagem.” Ela também tinha medo de falar em público ou responder a perguntas na aula. “Assim que entrei no Ensino Médio, tive um grande desejo de mudar isso”, ela disse.

Então, Kallie começou a se envolver mais nas conversas. Embora costumasse gaguejar ao conversar com os amigos ou ao responder perguntas na aula, com a prática, foi capaz de superar a maior parte de sua timidez. “Foi muito mais fácil quando finalmente percebi que as pessoas não achavam que o que eu dizia era tolice.”

Se você tem consciência de sua timidez, como Kallie, o primeiro passo é perceber que a timidez não muda seu valor divino. Muitas vezes podemos ter uma visão distorcida de nós mesmos e sentir que nosso valor provém das notas que tiramos na escola, da nossa beleza ou do que achamos que as pessoas pensam de nós. Então começamos a nos comparar com outras pessoas e baixamos nossa autoestima. Em vez disso, concentre-se no fato de que todos são filhos de Deus. Pare de se comparar a outras pessoas e será mais fácil fazer amizades.

Tyler McGill, de 15 anos, de Kingston, Massachusetts, é tímido quando conhece novas pessoas. Tem dificuldade para fazer amigos porque é difícil para ele iniciar conversas, então tenta encontrar alguma coisa em comum com as pessoas. “Tento vencer a timidez indo às atividades da estaca, participando e me comunicando mais com os jovens com quem tenho algo em comum”, diz ele.

De tímido a corajoso

O doutor Nelson diz que vencer a timidez é como empurrar uma pedra enorme montanha acima. Você não vai conseguir colocar a pedra no alto da montanha só com um empurrão, mas pode empurrá-la um pouco de cada vez. Ele sugere que os que são fisiologicamente tímidos façam metas desafiadoras, mas possíveis de serem alcançadas, e depois tentem atingi-las gradualmente, mas com determinação para vencer a timidez.

Seja qual for seu tipo de timidez, a fim de superar qualquer ponto fraco, você precisa ter o desejo de mudar e de vencer a timidez. Você não vai passar de tímido a sociável da noite para o dia, mas, se começar agora, pode fazer progressos.

Nick Reisner, de 17 anos, de Midvale, Utah, diz que é tímido com as pessoas que não conhece bem. Mas fez a meta de “conhecer pessoas novas onde for possível”. “Você precisa ter experiências que o façam sair da sua zona de conforto.” Nick diz que, à medida que foi se sentindo mais à vontade, descobriu que “era divertido começar a falar com as pessoas”.

Anna Melville, de 23 anos, uma jovem extrovertida de San Jose, Califórnia, lembra-se de uma experiência que teve aos 12 anos de idade quando era “extremamente tímida”. Ela foi a uma atividade de jovens da estaca e ficou com o grupo que já conhecia até que um amigo trouxe algumas novas pessoas.

“Um dos meninos novos me fez uma pergunta e, de repente, foi como se todos os olhos estivessem voltados para mim, e não consegui pensar em uma resposta”, relembra ela. “Naquele momento, entrei em pânico e saí rápido da sala. Corri pelo corredor com lágrimas escorrendo pelo rosto e me escondi em uma sala de aula até me acalmar. Eu simplesmente não consegui lidar com a pressão.”

Então, como ela conseguiu chegar ao nível em que está hoje? Empurrando a pedra da timidez para longe um pouco de cada vez.

“No começo, eu apenas convivia com um grupo pequeno, mas gradativamente me tornei mais confiante para interagir com mais pessoas”, disse Anna. Ela diz aos jovens que eles precisam se esforçar. “Empenhe-se para tentar algo novo e, quer seja bem-sucedido ou não, você vai ser uma pessoa melhor porque tentou.”

Tirar vantagem de seus pontos fortes

Outra maneira de superar a timidez é encontrar algo que goste de fazer ou que faça bem e não tenha medo de compartilhar. Foi o que Allyse Meanea, de New Harmony, Utah, fez.

Allyse diz que é tímida com pessoas que não conhece e tem medo de falar em público. “Acho que as pessoas vão pensar o pior de mim e que não vou me sair bem.” Mas Allyse gosta de dançar e teve a oportunidade de apresentar um solo de dança para um grupo de pessoas.

“Quando estou dançando, não fico nervosa nem tímida. Consigo esquecer de mim e das pessoas e me concentrar no que estou fazendo. Não consigo falar em público, mas consigo dançar para as pessoas muito bem.”

Prosseguir com fé

Uma coisa que não podemos esquecer é de envolver o Senhor em nosso desenvolvimento pessoal. Ore e se lembre de que o Senhor prometeu que, se você O buscar, Ele vai ajudá-lo e transformar sua fraqueza em força (ver Éter 12:27).

“Orei muito para que alguém me ajudasse a superar a timidez, mas então me dei conta de que precisava da ajuda do Senhor para vencê-la”, diz Kallie.

“Ore ao Pai Celestial pedindo ajuda para não ser tímido”, diz Nick. “Depois, encare situações novas e conheça novas pessoas.” O Senhor vai ajudar você.

Nossa vida na Terra tem a ver com progresso. Ser tímido é um desafio, mas superar a timidez vai ajudá-lo a crescer. Não deixe que sua timidez o afaste da Igreja ou o impeça de ir para a missão porque você não quer passar por situações estressantes. Procure ajuda e se empenhe para alcançar suas metas.

Seu medo e sua reação ao estresse podem nunca cessar, especialmente se você for fisiologicamente tímido. Mas, se praticar, vai aprender a lidar com essas reações e ser bem-sucedido em situações de estresse. Lembre-se de empurrar a pedra devagar e sempre, trace metas desafiadoras e possíveis, e siga em frente.

Dicas para quem é tímido

Aqui estão algumas dicas para quem é tímido:

  • Lembre-se de que você é um filho amado e querido de Deus.
  • Ore pedindo ajuda.
  • Lembre-se de respirar fundo para se acalmar.
  • Sorria.
  • Saia da sua zona de conforto.
  • Dê passos pequenos.
  • Pratique.
  • Ajude outras pessoas.
  • Não desista!

Dicas para quem não é tímido

Você não é tímido? Aqui está o que você pode fazer para ajudar aqueles que são tímidos:

FAÇA O SEGUINTE:

  • Inclua todas as pessoas em atividades e conversas.
  • Cumprimente ou elogie as pessoas.
  • Saia com amigos tímidos para conhecer novas pessoas.
  • Saiba mais sobre os talentos das pessoas tímidas.
  • Ouça.
  • Demonstre interesse genuíno.
  • Treine com seu amigo tímido como ele deve agir.

NÃO FAÇA ISTO:

  • Interromper as pessoas quando estão falando.
  • Salientar que uma pessoa é tímida.
  • Forçar uma pessoa tímida a uma situação para a qual ela não está preparada ou se sinta pouco à vontade.
  • Falar ou fazer coisas para seu amigo tímido.

Tente mudar

“Eu era muito tímido no Ensino Médio e não aproveitei as oportunidades de ampliar e desenvolver meus talentos. Eu tinha medo de tentar. (…) Não tenha medo de tentar. Confie em si mesmo. Você não terá sucesso na primeira vez em tudo que fizer, mas sucessivas tentativas trarão confiança e desenvolvimento de novos talentos” (L. Tom Perry, “Sharing Family Heritage” [Compartilhar a herança da família], Ensign, setembro de 2006, p. 8).

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro