Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Preparar-se para Ir ao Templo

O que você precisa saber antes de ir ao templo para fazer batismos pelos mortos.

Quem pode fazer batismos pelos mortos?

Todos os membros batizados na Igreja que tenham mais de doze anos de idade podem qualificar-se para fazer batismos pelos mortos. Os rapazes precisam ter o Sacerdócio Aarônico. Acima de tudo, todos que entram na casa do Senhor precisam ser dignos. Você e seu bispo, ou um dos conselheiros dele, determinarão sua dignidade em uma entrevista.

Como consigo uma recomendação para fazer batismos?

Todos que entram na casa do Senhor precisam ser dignos. Você e seu bispo, ou um dos conselheiros dele, determinarão sua dignidade em uma entrevista.

Se os jovens de sua ala ou ramo forem ao templo juntos, todos podem ser incluídos em uma “recomendação de uso limitado” para fazer batismos pelos mortos apenas para essa única visita em grupo. Ou você pode obter uma recomendação individual, que lhe permite retornar ao templo com a supervisão de um adulto quando desejar. Essas recomendações são obtidas com o bispo, ou com um de seus conselheiros, depois que você passa por uma entrevista de dignidade. Elas são válidas por um ano a partir da data de emissão.

Posso ir ao templo sozinho para fazer batismos pelos mortos?

Qualquer pessoa com uma recomendação e supervisão de um adulto pode fazer batismos pelos mortos. Entretanto, a maioria dos templos prefere que você agende sua visita. Antes de ir, ligue para o templo que você planeja ir e peça para falar com alguém do batistério. Lá eles poderão informá-lo se será necessário agendar a visita.

O que preciso levar quando vou ao templo?

Todos os templos fornecem a roupa batismal e uma toalha; você não precisa levar esses itens. Se você tiver uma recomendação individual, certifique-se de levá-la. Você pode perguntar aos seus pais ou líderes, ou ligar para o templo, para saber o que mais você precisa levar para o templo.

Como devo me vestir quando vou ao templo?

Se o Senhor o convidasse para Sua casa, o que você vestiria? Você iria com o cabelo despenteado ou com uma camisa informal? Ir ao templo é um convite para entrar na casa do Senhor. Você deve se vestir com recato, com roupas limpas e conservadoras, como se estivesse indo para a reunião sacramental.

Posso usar bijuterias ou esmalte nas unhas?

É melhor que você vá com poucas bijuterias uma vez que terá que tirá-las quando for fazer os batismos. Você não deve usar nada que distraia as pessoas do espírito do templo, atraindo a atenção para você.

Não existe nenhuma norma oficial a respeito do uso de esmaltes nas unhas, mas, se você sente que seu esmalte pode desviar as pessoas do Espírito, talvez seja uma boa ideia ir sem.

Tenho que levar meus próprios nomes para o templo?

Muitas vezes você verá outras pessoas no templo com cartões rosa ou azuis que contêm nomes. Esses são os nomes das pessoas que morreram e precisam que o trabalho do templo seja feito por elas. Não é obrigatório levar seus próprios nomes, mas será ótimo se o fizer. (Aprenda como preparar nomes para o templo.) Às vezes o templo terá cartões de ordenanças familiares, que outras pessoas enviaram, por quem você poderá fazer os batismos.

Como posso me preparar quando estiver a caminho do templo?

É sábio usar o tempo, quando estiver indo ao templo, como se fosse o Dia do Senhor. Ouça música inspiradora, leia as escrituras individualmente ou com seu grupo, cante hinos, ore ou pense em coisas inspiradoras. Faça qualquer coisa que o ajude a sentir o Espírito.

Enquanto estiver no templo esperando para ser batizado, você pode observar os batismos e pensar nas pessoas por quem será batizado. Ore e pondere. Aproveite a paz do templo.

No batistério você poderá encontrar escrituras ou revistas da Igreja para ler.

Como saberei para onde ir e o que fazer?

Não se preocupe. Haverá muitos oficiantes do templo para ajudá-lo. Eles estão lá para tornar sua experiência no templo tranquila e agradável.

Deixe suas Preocupações Lá Fora

“Ao entrarmos no templo, trocamos de roupa: tiramos os trajes usados no cotidiano e vestimos as roupas brancas do templo. Essa troca ocorre nos vestiários, onde cada pessoa recebe um armário com cadeado e dispõe de espaço para vestir-se com total privacidade. No templo, o ideal de recato é cuidadosamente mantido. Ao guardarmos as roupas no armário, ali deixamos também as angústias, as preocupações e as distrações. Saímos desse vestiário privativo com trajes brancos e temos uma sensação de unidade e igualdade, pois todos a nossa volta estão vestidos de modo semelhante” (Boyd K. Packer, “O Templo Sagrado”, A Liahona, outubro de 2010, p. 32).

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes