Jovens Menu

Conheça o Salvador

Sarah Hanson

Ao aprender a respeito de Jesus Cristo, você convida a paz e a presença Dele para sua vida. Qual é sua história favorita de Jesus Cristo?

Imagine ler tudo a respeito do Salvador que se encontra nas escrituras — na Bíblia Sagrada, no Livro de Mórmon, em Doutrina e Convênios e na Pérola de Grande Valor. Precisaria de muito tempo e trabalho! Mas, em janeiro de 2017, o presidente Russell M. Nelson lançou um desafio para que fizéssemos justamente isso: estudar tudo o que Jesus disse e fez nas obras-padrão. O presidente Nelson disse que o fato de ter concluído o projeto o tornou “um homem diferente”. Ele não apenas aprendeu mais sobre Jesus Cristo, mas também sentiu renovada devoção por Ele.1

Você também pode se aproximar mais de Cristo ao aprender a respeito Dele. O estudo de Sua vida e propósito convida a paz Dele para sua vida e o ajuda a conhecer a Ele e ao Pai Celestial. Veja como estes jovens responderam a estas duas perguntas: (1) Qual é sua história favorita das escrituras sobre o Salvador e por quê? (2) Como seu estudo do evangelho lhe proporcionou paz?


Gosto da história dos dez leprosos porque Cristo expressou imenso amor para o leproso que voltou para agradecer a Ele. Cristo disse: “Tua fé te salvou” (Lucas 17:19; ver versículos 11–19). Aprecio muito a genuína bondade que Ele demonstra a todos.

Devido a algumas tragédias recentes ocorridas em minha escola, todos ali estão precisando de muita paz e consolo. Encontrei forças e paz em meus estudos no seminário. Os professores do seminário fazem com que as escrituras e o evangelho se tornem bem personalizados para todos. É muito agradável ver o contraste entre uma sala de aula do seminário e uma sala de aula normal. Ali há realmente um sentimento diferente que nos proporciona paz.
— Gabriel S., 16 anos, Colorado, EUA


Gosto muito de quando Cristo visita as Américas, pergunta se há doentes e aflitos entre o povo e depois os cura. Em seguida, Ele abençoa as criancinhas (ver 3 Néfi 17). Acho uma história realmente muito bonita e marcante. Gosto de criancinhas e gosto quando as pessoas lhes dão mais amor, porque elas são muito puras. A história me mostra a profundidade do amor que o Salvador tem por nós. Como Ele amava as pessoas naquela época a ponto de fazer tudo o que fez, Ele nos ama hoje também.

Isaías 53:3 diz que o Salvador é um “homem de dores, e experimentado em padecimentos”. Quando penso na Expiação de Cristo, no que Ele passou por nós e em como posso ser perdoada quando me arrependo de meus pecados, sinto-me realmente em paz. Muitas pessoas do Livro de Mórmon — os filhos de Mosias, Amon e Alma, o Filho — cometeram erros no passado, mas puderam ser perdoadas. Voltaram-se para Cristo, arrependeram-se e se tornaram exemplos maravilhosos com os quais podemos aprender hoje. Para mim é consolador saber que também posso ser perdoada.
— Alina T., 18 anos, Oregon, EUA


Minha história favorita das escrituras sobre Jesus é quando Ele transformou a água em vinho em um casamento, a pedido de Sua mãe (ver João 2:1–11). Essa é minha história favorita porque mostra o respeito que Jesus tinha pelas mulheres e por Sua mãe, em especial. Essa história incentiva os filhos a obedecerem aos pais, não por medo, mas por imenso amor. O exemplo de Jesus Cristo é aquilo pelo qual todos devem se esforçar. Seu amor por Sua mãe nunca cessou, nem deve o nosso amor por nossos pais cessar. Também é minha passagem favorita porque Seu milagre é um ato de serviço, e também podemos fazer milagres ao ajudarmos as pessoas.

Essa história e outras que estão nas escrituras me proporcionam paz. É muito consolador saber que, se eu sempre tentar aprender com Cristo e seguir Seus ensinamentos, vou poder voltar à presença de nosso amoroso Pai Celestial um dia.
— Anne R., 17 anos, Victoria, Austrália


Gosto muito da história de Cristo e o jovem rico (ver Marcos 10:17–22). Ela me dá muito entendimento e perspectiva a respeito de colocar Deus acima de todas as coisas. É muito difícil para qualquer pessoa receber o pedido de vender todas as posses terrenas. Mas acho que a disposição de colocar Deus acima das posses é uma das coisas que cada um de nós tem que aprender. O amor infinito de Jesus Cristo por nós é verdadeiramente espetacular. É definitivamente melhor do que qualquer valor em dinheiro ou pertences que adquirimos nesta vida.

A leitura das escrituras me proporciona paz e consolo e também mais sabedoria e entendimento. Embora eu nem sempre sinta o poder do estudo das escrituras de imediato, sei que a leitura das escrituras influencia positivamente minha vida e me ajuda a sentir o Espírito e reconhecer Seus sussurros.
— Yuzhen C., 19 anos, Taichung, Taiwan


Quando Cristo está indo ver a menina que está morrendo, uma mulher com fluxo de sangue simplesmente toca em Suas roupas e é curada. Cristo Se vira e conversa com ela ao perceber que ela O tocou (ver Lucas 8:43–48). Apesar de estar indo ajudar outra pessoa, Cristo dedicou um tempo a ela também. Cristo tem tempo para todos nós igualmente.

Tenho uma vida atarefadíssima, correndo da escola para o curso de balé ou para outras atividades. Durante tudo isso, não tenho tempo para ficar sozinha ou para me sentir em paz. Quando leio as escrituras ou faço uma oração, realmente sinto paz. É muito bom me sentir assim e ter uma pausa de toda a loucura. Nesses momentos de paz, sinto-me mais próxima do Salvador e me desenvolvo no evangelho.
— Zoe B., 17 anos, Utah, EUA


Compartilhe sua experiência

Qual é sua história favorita de Jesus? Compartilhe sua experiência abaixo.

Notas

  1. Ver Russell M. Nelson, “Profetas, liderança e lei divina” (devocional mundial para jovens adultos, 8 de janeiro de 2017); “Invocando o poder de Jesus Cristo em nossa vida”, Conferência Geral de Abril de 2017; “Estudar as palavras do Salvador”, Liahona, janeiro de 2018, p. 56.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro