Skip main navigation
Jovens Menu

De que Modo o Conhecimento da Trindade Pode Mudar-Me?

Lori Fuller Church Magazines

Cinco princípios relativos à Trindade podem fazer uma diferença em sua maneira de viver.

Joseph Smith ensinou: “O primeiro princípio do evangelho consiste em conhecer com certeza o caráter de Deus”.1 O que sabemos a respeito da Trindade pode mudar a maneira como vivemos, não apenas em grandes coisas, mas em atividades corriqueiras também. Pense em como seu conhecimento da Trindade afeta sua vida, ao ler sobre esses cinco princípios.

A Trindade nos ama e quer o melhor para nós.

Os membros da Trindade são eternos e onipotentes, mas ainda se importam que estejamos felizes e nos saiamos bem. O Presidente Gordon B. Hinckley (1910–2008) testificou: “Eles estão interessados em nós, e somos a essência de Seu grande interesse. Eles estão disponíveis a cada um de nós. Aproximamo-nos do Pai por meio do Filho. Ele é nosso intercessor junto ao trono de Deus. Como é maravilhoso que possamos falar com o Pai em nome do Filho”.2

Visto que os membros da Trindade nos amam e querem o melhor para nós, nossas escolhas têm importância, especialmente as pequenas coisas que fazemos todos os dias que nos aproximam Deles. Temos um potencial sem limites, e Deus se preocupa com nosso sucesso, mesmo nas pequenas coisas.

O Pai Celestial deu-nos tudo.

Sabemos que o Pai Celestial nos deu tudo, então devemos tentar reconhecer Sua mão e ser gratos. Quando somos gratos, agimos de modo diferente. O Presidente Thomas S. Monson prometeu que “Podemos elevar-nos e elevar nossos semelhantes, quando nos recusamos a ter pensamentos negativos e cultivamos a gratidão”.3

Porque tudo o que temos vem de Deus (ver Mosias 2:20–21; D&C 59:21), nossa gratidão pode tornar-nos mais dispostos a compartilhar com outras pessoas. Isso inclui nosso tempo e talentos, bem como nossas bênçãos materiais.

O Pai Celestial é misericordioso.

A obra e glória de Deus é “levar a efeito a imortalidade e vida eterna do homem” (Moisés 1:39). Ele quer nosso sucesso, por isso Ele nos oferece perdão dos erros que cometemos. Sua misericórdia ainda oferece perdão, quando cometemos os mesmos erros novamente. O Pai Celestial, Jesus Cristo e o Espírito Santo vão ajudar-nos a mudar.

A misericórdia de Deus ensina-nos a perdoar. O Presidente Dieter F. Uchtdorf, Segundo Conselheiro na Primeira Presidência, disse: “Pelo fato de Deus nos amar tanto, nós também devemos amar e perdoar uns aos outros”.4 Isso inclui perdoar a nós mesmos.

Jesus Cristo sofreu por nós.

Por meio da Expiação, o Salvador experimentou todas as nossas dores e tristezas (ver Alma 7:11–13). Se já tivemos um dia difícil e sentimos como se ninguém nos compreendesse, podemos saber que o Salvador nos entende. E quando temos um dia maravilhoso e queremos compartilhá-lo com alguém, o Salvador estará a nosso lado. Ele quer compartilhar nossas alegrias, assim como compartilha nossas dores.

O Espírito Santo nos guia.

Jesus Cristo prometeu a Seus Apóstolos que o Consolador, ou Espírito Santo, pode estar sempre com eles, para ensiná-los e consolá-los (ver João 14:16–17, 26–27). Nós também podemos ter o dom do Espírito Santo para guiar-nos. E podemos confiar em que as respostas dadas pelo Espírito Santo nos ajudarão. Com Sua orientação, poderemos estar em contato constante com a Trindade. E ao seguirmos os sussurros que recebemos, começaremos a conhecê-Los ainda melhor.

Entre na Conversa

Reflexões para o domingo

  • Quando você foi abençoado pelo Pai Celestial, Jesus Cristo ou o Espírito Santo?
  • Quando você sentiu-se mais próximo Deles?
  • O que você pode aprender sobre si mesmo, aprendendo a respeito Deles?

Coisas Que Você Pode Fazer

Observações

  1. Joseph Smith, em History of the Church, volume 6, p. 305.
  2. Gordon B. Hinckley, “Nestes Três Creio”, Ensign ou A Liahona, julho de 2006, p. 3.
  3. Thomas S. Monson, “O Divino Dom da Gratidão”, Ensign ou A Liahona, novembro de 2010, p. 87.
  4. Dieter F. Uchtdorf, “Os Misericordiosos Obterão Misericórdia”Ensign ou A Liahona, maio de 2012, p. 70.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes