As barras de menu do LDS.org mudaram. Saiba mais. fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Homens e Mulheres na Obra do Senhor

M. Russell Ballard Quórum dos Doze Apóstolos

No grandioso plano de nosso Pai Celestial, que se baseia no sacerdócio, os homens e as mulheres têm papéis diferentes, mas igualmente valorizados.

Creio que há algumas verdades que homens e mulheres precisam entender sobre o papel essencial que as mulheres têm em fortalecer e edificar o reino de Deus na Terra. De muitas maneiras, as mulheres são o coração da Igreja. Então, com a ajuda do Senhor, gostaria de prestar homenagem para às mulheres e moças fiéis da Igreja. Para vocês queridas irmãs, onde quer que vivam no mundo, saibam da grande afeição e confiança que a Primeira Presidência e os Doze Apóstolos sentem por vocês.

Vou começar com um curso de reciclagem sobre o que estamos fazendo aqui na Terra.

Somos filhos e filhas especiais de nosso querido Pai Celestial. Todos viviam com Ele em uma existência pré-mortal. A fim de cumprir a missão de levar “a efeito a imortalidade e vida eterna do homem” (Moisés 1:39), o Pai Celestial criou um plano para ajudar Seus filhos a atingirem seu potencial máximo. O plano de nosso Pai requeria que o homem a caísse e fosse separado Dele para nascer na mortalidade, ganhar um corpo e passar por um período de testes e provação. Seu plano providenciou um Salvador para redimir a humanidade da Queda. A Expiação de nosso Senhor Jesus Cristo oferece o caminho, por meio das ordenanças do evangelho e os convênios sagrados, para voltar à presença de Deus. Porque se vivêssemos em um ambiente mortal cheio de perigo e distrações, o Pai Celestial e Seu Filho sabiam que precisaríamos ter acesso a um poder maior do que o nosso próprio. Eles sabiam que precisaríamos de acesso ao poder Deles. O evangelho e a doutrina de Cristo dão a todos os que o aceitam, poder para alcançar a vida eterna e encontrar alegria na jornada.

Há pessoas que questionam o lugar das mulheres no plano de Deus e na Igreja. Já fui entrevistado pela mídia nacional e internacional vezes o suficiente para poder dizer que a maioria dos jornalistas que encontrei tinha noções preconcebidas sobre esse assunto. Ao longo dos anos muitos fizeram perguntas que sugeriram que as mulheres são cidadãs de segunda classe na Igreja. Nada poderia estar mais longe da verdade.

Gostaria de sugerir cinco pontos-chave para que ponderem sobre esse importante tópico.

1. Deus Tem um Plano para Ajudar-nos a Alcançar a Vida Eterna

Nosso Pai Celestial criou tanto homens quanto mulheres, que são Seus filhos e filhas espirituais. Isso significa que o sexo feminino e masculino são eternos. Ele tem um plano que visa ajudar todos os que decidem segui-Lo e a Seu Filho, Jesus Cristo, a alcançarem seu destino como herdeiros da vida eterna.

Se nossa exaltação futura é Sua meta essencial e Seu propósito, e se forem oniscientes e perfeitos, como sabemos que são, então Eles entendem melhor como nos preparar, ensinar e conduzir, para que possamos ter a oportunidade maior de qualificar-nos para a exaltação.

Quase todos têm família ou amigos que têm dúvidas em várias questões sociais problemáticas. Discutir sobre elas, em geral não garante nenhuma solução e, de fato, pode criar contendas. Há algumas perguntas sobre a posição da Igreja sobre questões delicadas que são difíceis de responder de forma a agradar a todos. No entanto, quando buscamos o Senhor em oração sobre como sentir-se e o que fazer nessas situações, a inspiração vem: “Você acredita em Jesus Cristo e você segue a Ele e ao Pai?” Creio que quase todos na Igreja uma vez ou outra se perguntam se podem fazer tudo o que lhes é pedido. Mas se realmente acreditamos no Senhor, a confirmação virá: “Creio em Jesus Cristo, e estou disposto a fazer tudo o que Ele precisa que eu faça”. Então seguimos em frente. Como são poderosas as palavras: “Creio em Jesus Cristo”!

Nosso testemunho, nossa paz de espírito e nosso bem-estar começam com o empenho em acreditar que nosso Pai Celestial realmente sabe o que é melhor.

2. A Igreja É Governada por Meio das Chaves do Sacerdócio

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias é a Igreja do Senhor e Sua Igreja é governada por meio da autoridade do sacerdócio e das chaves do sacerdócio. “As chaves do sacerdócio são a autoridade que Deus concedeu aos líderes do sacerdócio para dirigir, controlar e governar a utilização de Seu sacerdócio na Terra (Manual 2: Administração da Igreja, 201], 2.1.1).

Aqueles que possuem as chaves do sacerdócio — mesmo que seja um diácono que possui as chaves para seu quórum ou um bispo que possui as chaves para sua ala ou o Presidente da Igreja, que possui todas as chaves do sacerdócio — literalmente tornam possível para todos os que servem fielmente sob sua direção exerçam a autoridade do sacerdócio e ter acesso ao poder do sacerdócio.

Todos os homens e mulheres servem sob a direção dos que possuem as chaves. É assim que o Senhor governa Sua Igreja.

“Precisamos tanto de homens que respeitam as mulheres e os dons espirituais peculiares delas quanto de mulheres que respeitam as chaves do sacerdócio detidas pelos homens., para convidar todas as bênçãos do céu em qualquer coisa que fizermos na Igreja.”

Deixem-me repetir algo que eu disse na Conferência Geral de abril de 2013: “No grande plano do Pai Celestial que concede o sacerdócio aos homens, estes têm a responsabilidade especial de administrar o sacerdócio, mas não são o sacerdócio. Os homens e as mulheres têm papéis diferentes, porém igualmente valorizados. Assim como uma mulher não pode conceber um filho sem um homem, da mesma forma um homem não pode exercer plenamente o poder do sacerdócio para estabelecer uma família eterna sem uma mulher. (...) Na perspectiva eterna, tanto o poder de procriação e o poder do sacerdócio são compartilhados pelo marido e mulher” (M. Russell Ballard, ”Esta é a Minha Obra e Glória”, Ensign ou A Liahona, maio de 2013, p.19).

Por que os homens são ordenados a ofícios do sacerdócio e as mulheres não? O Presidente B. Gordon. Hinckley explicou que foi o Senhor, e não o homem, “que determinou que os homens de Sua Igreja deveriam ter o sacerdócio”, e foi também o Senhor que concedeu às mulheres “a capacidade de completar esta grande e maravilhosa organização, que é a Igreja e o reino de Deus” (“Mulheres da Igreja”, Ensign, novembro de 1996, p.70). (...) No final das contas, o Senhor não revelou por que Ele organizou a Sua Igreja da maneira que o fez.

Não nos esqueçamos que aproximadamente a metade de todo o ensino que ocorre na Igreja é feito pelas irmãs. Grande parte da liderança fornecida é de nossas irmãs. Muitas oportunidades de serviço e atividades são planejadas e dirigidas por mulheres. Ao participarem dos conselhos de ala e estaca e dos conselhos gerais na sede da Igreja, as mulheres contribuem com suas opiniões inspiradas e sua sabedoria e nos ajudam a chegar ao equilíbrio de que necessitamos.

Precisamos tanto de homens que respeitam as mulheres e os dons espirituais peculiares delas quanto de mulheres que respeitam as chaves do sacerdócio detidas pelos homens., para convidar todas as bênçãos do céu em qualquer coisa que fizermos na Igreja.

3. Os Homens e as Mulheres São Igualmente Importantes

Os homens e mulheres são iguais aos olhos de Deus e aos olhos da Igreja, mas igual não significa que sejam a mesma coisa. As responsabilidades e os dons divinos de homens e mulheres diferem em sua natureza, mas não na sua importância ou influência. Nossa doutrina da Igreja coloca mulheres iguais aos homens, mas ao mesmo tempo diferentes deles. Deus não considera um homem melhor ou mais importante que a mulher. O Presidente Hinckley declarou às mulheres que “nunca passou pela cabeça do Pai Eterno (…) conceder a elas nada menos do que a glória suprema de Suas criações” (“Permanecei Firmes Contra os Males do Mundo”, Ensign, novembro de 1995, p. 98).

Os homens e mulheres tem dons diferentes, pontos fortes diferentes e pontos de vista e inclinações diferentes. Esse é um dos motivos fundamentais por que precisamos uns dos outros. É preciso um homem e uma mulher para criar uma família, e precisa-se de homens e mulheres para levar a efeito a obra do senhor. Marido e mulher em retidão, trabalhando juntos se completam. Sejamos cuidadosos para não tentar adulterar o plano do Pai Celestial e Seus propósitos para nossa vida.

4. Todos São Abençoados pelo Poder do Sacerdócio

Quando homens e mulheres vão ao templo, ambos são investidos com o mesmo poder, que por definição, é o poder do sacerdócio. Embora a autoridade do sacerdócio seja dirigida por meio do sacerdócio e as chaves do sacerdócio sejam possuídas apenas por homens dignos, o acesso ao poder e às bênçãos do sacerdócio está ao alcance de todos os filhos de Deus.

Nosso Pai Celestial é generoso com Seu poder. Todos os homens e todas as mulheres têm acesso a esse poder para ajudá-los em sua própria vida. Todos o que fizeram convênios sagrados com o Senhor e que honram esses convênios, são elegíveis para receber revelação pessoal, para serem abençoados pelo ministério de anjos, para ter comunhão com Deus, para receber a plenitude do evangelho e, em última análise, para tornarem-se herdeiros ao lado de Jesus Cristo de tudo o que o nosso Pai tem.

5. Precisamos Saber e Prestar Testemunho da Doutrina

Convém que as mulheres da Igreja conheçam a doutrina de Cristo e prestem testemunho da restauração de todas as maneiras que puderem. Nunca houve uma época mais complexa na história da Terra. Satanás e seus seguidores vêm aperfeiçoando as armas de seu arsenal durante milênios, e eles são experientes para destruir a fé e confiança em Deus e no Senhor Jesus Cristo entre a família humana.

Todos nós — homens, mulheres, jovens adultos, jovens e meninos e meninas — temos o Senhor e Sua Igreja para defender, proteger e dar a conhecer por toda a Terra. Precisamos contar mais com a voz e a fé influentes e distintivas das mulheres. Precisamos que vocês aprendam a doutrina e entendam nossas crenças a fim de poderem prestar testemunho da verdade de todas as coisas — seja em volta da fogueira num acampamento das Moças, numa reunião de testemunhos, num blog ou no Facebook. Só vocês podem mostrar ao mundo como são e no que acreditam as mulheres de Deus que fizeram convênios.

Irmãs, sua esfera de influência é única, e os homens não têm como preencher esse espaço. Ninguém é capaz de defender nosso Salvador com mais persuasão ou poder do que vocês, as filhas de Deus, dotadas de tamanha força interior e convicção. O poder da voz de uma mulher convertida é incomensurável, e a Igreja hoje, mais do que nunca, necessita disso.

Presto testemunho de que estamos numa época em que a união é imprescindível. Devemos permanecer juntos — homens e mulheres, rapazes e moças, meninos e meninas. Precisamos apoiar o plano de nosso Pai Celestial. Precisamos defendê-Lo. Ele está sendo deixado de lado. Como membros de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, não podemos ficar de braços cruzados e permitir que isso continue a acontecer por não termos coragem suficiente de fazer ouvir nossa voz.

Que Deus as abençoe para que tenham a coragem de estudar e de conhecer as verdades simples do evangelho e, então, de compartilhá-las a cada oportunidade que surgir.

Este artigo foi publicado originalmente em abril de 2014 A Liahona e New Era.

Para mais informações sobre esse assunto, ver “Trazer as Bênçãos do Sacerdócio para Sua Casa“ e ”Preparar-se para Servir, Servir para Preparar-se.”

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes