Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

A Vida na Missão

O grande objetivo da experiência de um missionário é definido pelo seu propósito: convidar as pessoas a virem a Cristo.

A campainha constante, rítmica do despertador corta o apartamento tranquilo. 6:30 outra vez — o início de mais um dia. Outro dia de estudo, oração, planejamento, trabalho, ensino, ajuda e serviço. Mais um dia para acalentar. Outro dia como missionário.

Quando cada um dos mais de 75.000 missionários de tempo integral de A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias se levanta a cada dia, muitas atividades e experiências diferentes podem esperar dele ou dela — aulas, visitas e reuniões; planos que fluem com tranquilidade e planos que passam sem se realizar; aceitação e rejeição; e muito trabalho árduo e oração.

Ao longo de tudo isso, a linha comum da vida na missão é o propósito do missionário: “Convidar as pessoas a se achegarem a Cristo, ajudando-as a receber o evangelho restaurado por meio da fé em Jesus Cristo e em Sua Expiação, do arrependimento, do batismo, de se receber o dom do Espírito Santo e de perseverar até o fim” (Pregar Meu Evangelho, 2004, p. 1).

“Quando os missionários incorporam o propósito de levar as pessoas a Cristo por meio dos princípios e ordenanças do evangelho restaurado, eles entenderão que o trabalho missionário não é um programa. É uma causa — a causa do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Eles vão entender que não são vendedores ou técnicos, mas divinamente autorizados e comissionados professores de retidão. Eles vão entender que o mundo não tem acesso à graça expiatória e salvação, a não ser por meio deles e da Igreja que representam, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Eles vão entender tudo o que representa esse trabalho e que estarão tratando dos assuntos de seu Pai. Como os filhos de Mosias, vão ensinar 'com poder e autoridade de Deus’ (Alma 17:3)” (Élder D. Todd Christofferson, do Quórum dos Doze Apóstolos, seminário para novos presidentes de missão, 22 de junho de 2008).

Para obter ideias de como o propósito do missionário pode começar a permear todas as áreas de sua vida, observe algumas das coisas que os missionários fazem em uma semana típica.

Sessões de Planejamento

Usar o tempo com sabedoria é uma parte importante na edificação do reino de Deus e em todas as fases de sua vida. Você pode administrar melhor o seu tempo? Descubra como no Capítulo 8 de Pregar Meu Evangelho.

Os missionários têm uma sessão de estabelecimento de metas e planejamento de duas a três horas, uma vez por semana, e uma sessão mais curta, no final de cada dia. Assim com tudo o que fazem, suas sessões diárias e semanais de planejamento concentram-se em seu propósito. Seu planejamento baseia-se em mais do que apenas uma programação; baseia-se em oração, inspiração e uma preocupação com as necessidades de outras pessoas para virem a Cristo. Por exemplo, os missionários planejam reunir-se com os pesquisadores, para ensinar e fazer o acompanhamento, planejam visitas com os membros, para ajudá-los a partilharem o evangelho com outras pessoas, e planejam atividades centralizadas em encontrar, ensinar, batizar e confirmar as pessoas.

“O Senhor merece o melhor de nós, e não é possível que Lhe demos isso, sem um bom e cuidadoso planejamento.

“Se vocês planejarem bem, terão inspirações, élderes e sísteres, dizendo-lhe as coisas que devem fazer, e vocês terão alguns sussurros, dizendo-lhes coisas que não devem fazer. O poder desse trabalho se apresenta quando chegamos ao ponto, em nosso relacionamento com o Pai Celestial, em que conhecemos a voz do Espírito, e a conhecemos tão bem, que saberemos exatamente o que devemos fazer” (Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, discurso do devocional no Centro de Treinamento Missionário de Provo, 25 de junho de 2002).

“Metas significativas e um planejamento cuidadoso irão ajudá-los a cumprir o que o Senhor exige de vocês. À medida que vocês cuidarem de sua área designada, prestarão contas dessa responsabilidade sagrada ao Senhor e a seus líderes da missão” (Pregar Meu Evangelho, 2004, p. 145).

Oração

A oração sincera é uma parte vital de todas as fases da obra missionária. Aprendam com os líderes da Igreja por que a oração é importante e como vocês podem tornar suas orações mais significativas.

A oração torna-se natural para os missionários. Eles oram individualmente todas as manhãs e noites e levam uma prece em seu coração no decorrer do dia. Eles oram juntos como companheiros durante o planejamento, estudo, ensino e refeições. Eles ensinam as pessoas a orar. Eles oram com pesquisadores e membros. Eles sabem que o seu sucesso depende de terem o Espírito com eles e que “o Espírito ser-vos-á dado pela oração da fé; e se não receberdes o Espírito, não ensinareis” (D&C 42:14).

Estudo Diário Pessoal e com o Companheiro

Seja você um missionário de tempo integral ou um membro missionário, o estudo diário das escrituras aumentará sua capacidade de viver e compartilhar o evangelho.

É essencial aos missionários estudar diariamente — uma hora sozinhos, uma hora com o companheiro; além disso, para alguns, é necessário um tempo extra de 30–60 minutos para o estudo do idioma. Eles se concentram nas escrituras e nas doutrinas das lições de Pregar Meu Evangelho.

“Digo frequentemente aos missionários no campo, ‛você faz ou desfaz sua missão todas as manhãs de sua vida. Digam-me como foram aquelas horas da manhã, de 6:30 a.m. até que estejam na rua em sua missão, seja que tempo for; digam-me como foram aquelas horas, e eu lhes digo como será o seu dia, digo-lhes como será o seu mês, e lhes direi como será o seu ano e como será sua vida e sua missão’” (Élder Jeffrey R. Holland, do Quórum dos Doze Apóstolos, seminário para novos presidentes de missão, 26 de junho de 2011).

Ensinar as Pessoas

Você não tem que esperar ser um missionário de tempo integral para ensinar as pessoas. Comece hoje criando um perfil no site Mormon.org e partilhando-o com outras pessoas.

Estejam eles em uma casa, na rua, na igreja, ou online, os missionários ensinam e testificam sobre as doutrinas do evangelho restaurado, ajudam as pessoas a sentirem e reconhecer o Espírito e convidam as pessoas a assumirem compromissos para fazer as coisas que vão ajudá-las a se converter, inclusive estudar o Livro de Mórmon, orar para saber a verdade, arrepender-se dos pecados, guardar os mandamentos e frequentar a igreja.

Os ensinamentos básicos que os missionários partilham com as pessoas encontram-se no capítulo 3, de Pregar Meu Evangelho. Os missionários estudam e incorporam essas doutrinas e princípios, para saberem o que ensinar e para que possam seguir o Espírito e adaptar seu ensino às necessidades de cada pessoa.

Fazer Visitas de Acompanhamento às Pessoas

Quando as pessoas concordaram em assumir o compromisso de fazer algo, os missionários tentam fazer o acompanhamento com elas com frequência — diariamente, se possível. Os missionários as incentivam, respondem a perguntas, resolvem problemas, prometem-lhes que Deus as abençoará e oferecem qualquer outro tipo de ajuda que puderem para que elas cumpram seus compromissos. Por exemplo, os missionários podem ler o Livro de Mórmon, juntamente com uma pessoa que está comprometida a lê-lo, mas ainda não o fez. Outros compromissos podem ser muito difíceis de ser guardados pelas pessoas, como o compromisso de parar de fumar ou parar de beber. Os missionários dão-lhes apoio e oferecem-lhes muitas ideias para vencerem o comportamento que cause dependência.

“É muito difícil mudar. Seu papel é ajudar a fortalecer as pessoas em sua resolução de mudar. Vocês devem fazer tudo o que puderem para ajudar as pessoas a cumprirem seus compromissos. (…)

Vocês não terão concluído seu ministério, até que as pessoas estejam vivendo esses compromissos, ou seja, até que tenham se arrependido (ver 3 Néfi 18:32)” (Pregar Meu Evangelho, 2004, p. 217).

Reuniões da Igreja

Você quer convidar alguém para uma reunião da Igreja, mas tem medo de que eles vão se ofender?

Os missionários sabem que frequentar a Igreja várias vezes antes do batismo fornece aos pesquisadores uma oportunidade melhor de permanecerem ativos na Igreja depois. Na igreja, os pesquisadores sentem o Espírito, e os missionários os apresentam aos membros da Igreja e ajudam-nos a se familiarizarem com o que acontece nas reuniões da Igreja.

Transporte

Para ir de um ponto a outro em seu trabalho diário, os missionários usam qualquer meio de transporte que lhes esteja disponível. Em muitos lugares, isso significa andar. Em outros lugares, há mais opções, tais como bicicletas ou transporte público. Alguns missionários recebem até carros para dirigir. Muitas vezes, no entanto, os missionários não viajam de um lugar para outro tão eficientemente quanto podem. Em vez disso, eles podem escolher um meio de transporte que lhes permita oportunidades de compartilhar o evangelho com pessoas que podem conhecer enquanto viajam, pois os missionários devem “[falar] com o maior número de pessoas a cada dia” (Pregar Meu Evangelho, 2004, p. 169).

Dia de Preparação

Um dia por semana é definido como dia de preparação dos missionários. Não é realmente um dia de folga; é mais parecido com um dia para fazer todas as coisas que eles não têm tempo em qualquer outro dia — como escrever para a família, lavar roupa, fazer limpeza, compras e cortar o cabelo. Também participam em algumas atividades culturais e recreativas. Mas o propósito deste dia é ajudar os missionários a serem mais produtivos, concentrados e preparados durante o restante da semana. E, na verdade, nem é mesmo um dia inteiro. Eles saem e participam das atividades normais de missionários das 6:00 p.m. até o fim do dia.

Reuniões de Distrito e Conferências de Zona

Todas as semanas, os missionários da mesma área local se reúnem para uma reunião do distrito durante 60–90 minutos. Um dos élderes é o líder do distrito e dirige a reunião semanal. Os missionários aprendem uns com os outros por meio de treinamento, discussão de desafios e compartilhando testemunhos e experiências. Eles também falam sobre como seus pesquisadores estão progredindo.

A cada três meses, os missionários de vários distritos organizam uma conferência de zona, que é realizada sob a direção do presidente da missão. Muitos dos missionários terão de viajar para essas reuniões, que geralmente são mais longas do que as reuniões de distrito e podem abranger uma grande variedade de assuntos.

Trabalhar com os Membros

Está pensando em como você pode trabalhar com os missionários em sua área? Observe e aprenda como você pode participar da obra da salvação hoje.

Os membros da Igreja e os missionários trabalham juntos de várias maneiras, e os missionários dedicam muita atenção a promover bons relacionamentos com os membros, onde quer que sirvam. Trabalhando com os bispos e líderes de missão da ala, os missionários ajudam os membros a compartilhar o evangelho, e visitam e fortalecem as pessoas que não são ativas na Igreja. Como todo missionário aprende, “ Os líderes locais e os membros da Igreja são seus melhores aliados” (Pregar Meu Evangelho, p. 236). Para ver como os membros e missionários trabalham juntos, acesse HasteningTheWork.lds.org.

Batismos e Confirmações

Quando uma pessoa aceita o convite dos missionários para ser batizada, é um momento de grande alegria. Essa alegria é multiplicada, quando essa pessoa, tendo vencido todos os obstáculos, está realmente nas águas do batismo, entrando em um convênio sagrado. Em seguida, essa pessoa pode ser confirmada como membro da Igreja e receber o dom do Espírito Santo.

“O propósito de nosso trabalho missionário é ajudar os filhos de Deus a cumprirem uma condição determinada por nosso Salvador e Redentor. Pregamos e ensinamos, a fim de batizar os filhos de Deus, para que possam ser salvos no reino celestial, em vez de ser limitados a um reino menor. Fazemos o trabalho missionário para batizar e confirmar. Essa é a base doutrinária do trabalho missionário” (Élder Dallin H. Oaks, do Quórum dos Doze Apóstolos, “Por que Fazemos o Trabalho Missionário?” A Liahona, setembro de 2009, p. 26).

Serviço ao Próximo

Os missionários não são os únicos que devem servir ao próximo. Se você está procurando ideias de como pode servir, visite a página da web da Igreja Service Opportunities [Oportunidades de Serviço].

Os missionários são incentivados a participar de algum tipo de atividade de serviço comunitário, todas as semanas, conforme aprovado pelo presidente da missão. Além disso, eles são incentivados a ouvir o Espírito em todos os momentos, “para reconhecer oportunidades de realizar pequenos e simples atos de bondade que [eles] podem oferecer aos filhos de Deus” (Pregar Meu Evangelho, p. 182). Eles servem por um amor a todos os filhos de Deus e o desejo de ajudá-los, mas estão também atentos às pessoas que possam querer saber mais a respeito de sua mensagem como resultado desse serviço.

Saibam Mais

Aprenda mais sobre como preparar-se para o serviço missionário, com vídeos, recursos e respostas a perguntas frequentes. Para aprender mais sobre a vida na missão, ver A Liahona de outubro de 2013 .

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes