fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Paz no mundo x Paz em Cristo

Sarah Hanson

Qual é a diferença?

Em um mundo de agitação social, política e religiosa, do que precisamos para ter paz? Bons amigos? Uma família amorosa? Proteção e segurança? Às vezes, achamos que nossa vida precisa preencher esses requisitos para que realmente tenhamos paz. Mas a vida jamais será cem por cento fácil e perfeita. Então, como lidamos com as provações e sentimos paz ao mesmo tempo?

O mundo diz que só existe paz quando não existe conflito. Mas isso não é verdade! Por intermédio de Seu evangelho, Jesus Cristo nos concede uma paz interior que supera a paz que o mundo oferece. Se nos voltarmos para Ele com fé, poderemos sentir paz em qualquer situação.

O Salvador ensinou: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vô-la dou como o mundo a dá” (João 14:27; grifo do autor). Veja aqui algumas maneiras de como a paz do mundo difere da paz de Jesus Cristo.

Paz do mundo

  1. A paz deveria vir de modo instantâneo; não deveríamos ter que esperar por ela!
  2. Não é possível ter paz em meio a dificuldades.
  3. Paz significa ausência de guerra.
  4. Você tem paz quando vive do jeito que bem entender.
  5. Admitir seus erros e suas fraquezas não lhe traz paz.
  6. Você só tem paz se focar nas suas próprias necessidades.
  7. A aprovação dos outros traz paz.
  8. Temos de tentar adquirir paz por nós mesmos.

Christus

Paz em Cristo

  1. Às vezes, temos de esperar para ter paz, mas “não desista. (…) Confie em Deus e acredite que coisas boas vão acontecer” (Jeffrey R. Holland, Conferência Geral de Outubro de 1999).
  2. Podemos ter paz mesmo durante as provações.
  3. Paz é algo que podemos ter em qualquer situação.
  4. A paz resulta de vivermos o evangelho e de obedecermos aos mandamentos de Deus.
  5. O arrependimento sincero traz paz. “A principal beleza da palavra arrependimento é a promessa de se livrar de velhos problemas, velhos hábitos, velhas tristezas e velhos pecados. Ela está entre as palavras mais cheias de esperança e encorajamento — sim, e mais pacíficas — do vocabulário do evangelho” (Élder Jeffrey R. Holland, Conferência Geral de Outubro de 1996).
  6. Encontramos paz quando servimos aos outros e somos pacificadores.
  7. Sentimos paz ao tentarmos ser discípulos melhores de Jesus Cristo.
  8. “O tipo de paz que é prometida como recompensa da retidão (…) é uma dádiva prometida da missão e do sacrifício expiatório do Salvador” (Quentin L. Cook, Conferência Geral de abril de 2013).

Compartilhe sua experiência

Quando você encontrou paz mesmo em momentos difíceis? Compartilhe sua experiência abaixo.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro