Tema da Mutual de 2013

David L. Beck e Elaine S. Dalton Presidentes Geral dos Rapazes e das Moças

“Permanecei em lugares santos, e não sejais movidos” (D&C 87:8).

Permanecer em Terreno Elevado

David L. Beck

Presidente Geral dos Rapazes

O tema da Mutual de 2013 foi extraído de Doutrina e Convênios 87:8: “Portanto permanecei em lugares santos, e não sejais movidos até que venha o dia do Senhor”. A pergunta que espero que todo rapaz pondere ao longo de todo este ano é: Estou permanecendo em lugares santos?

Ao conhecer rapazes valorosos do mundo inteiro, testemunhei em primeira mão como milhares de vocês já estão fazendo isso de muitas maneiras. Vocês permanecem no mais santo dos lugares toda vez que entram no templo para realizar batismos pelos mortos. Incentivo-os a buscarem toda oportunidade possível de entrar no templo e a sempre serem dignos de fazê-lo.

Ao orarem e estudarem as escrituras, esforçarem-se para guardar os mandamentos e ouvirem os sussurros do Espírito, vocês estarão em terreno mais elevado. Como resultado disso, qualquer lugar em que estejam pode se tornar um lugar santo.

Ao cumprirem a cada dia seu Dever para com Deus, vocês permanecerão em lugares santos e estarão numa posição em que podem elevar a outros. Vocês permanecem em lugares santos ao preparar, abençoar e distribuir o sacramento todos os domingos. Permanecem em lugares santos ao compartilhar o evangelho e ao atuar como um ministro local — alguém sempre fiel, bem disposto e digno de servir e de fortalecer os outros.

Como portadores do Sacerdócio Aarônico, vocês receberam a responsabilidade de advertir, expor, exortar, ensinar e convidar todos a vir a Cristo (ver D&C 20:59). O Presidente Harold B. Lee (1899–1973) disse: “Não podemos erguer outra alma se não estivermos em terreno mais elevado do que ela. Não podemos acender uma chama em outra alma a menos que ela esteja ardendo em nossa própria alma” (“Stand Ye in Holy Places”, Ensign, julho de 1973, p. 123). Rapazes, isso significa que vocês devem trabalhar continuamente para fortalecer seu testemunho e estar sempre dispostos a compartilhá-lo.

Vocês têm a responsabilidade sagrada de serem instrumentos nas mãos do Senhor. Ao orarem e estudarem as escrituras, esforçarem-se para guardar os mandamentos e ouvirem os sussurros do Espírito, vocês estarão em terreno mais elevado. Como resultado disso, qualquer lugar em que estejam pode se tornar um lugar santo. Assim, quando surgir a oportunidade, terão força, coragem e capacidade de elevar outros. Também terão o poder e a proteção que o Senhor prometeu àqueles que permanecessem em lugares santos.

Adoro o que o Presidente Thomas S. Monson disse sobre essas promessas, quando nos assegurou de que ao nos aproximarmos do Senhor, “sentiremos Seu Espírito em nossa vida, dando-nos o desejo e a coragem de permanecer firmes e fortes em retidão — ‘[permanecer] em lugares santos e não [ser] movidos’ (D&C 87:8).

Ao ver os ventos da mudança soprarem a nosso redor e a fibra moral da sociedade continuar a se desintegrar diante de nossos olhos, lembremo-nos das preciosas promessas do Senhor aos que confiam Nele: ‘Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo’ (Isaías 41:10)” (“Permanecer em Lugares Santos”, A Liahona, novembro de 2011, p.82).

Lugares Santos em Sua Vida

Elaine S. Dalton

Presidente Geral das Moças

O tema da Mutual deste ano convida você a sair do mundo e a entrar no reino de Deus. Conforme ensinou o Presidente Boyd K. Packer, Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, vivemos em território inimigo (“Como Sobreviver em Território Inimigo”, A Liahona, outubro de 2012, pp. 34 – 37). “Permanecei em lugares santos” é a chave para a sobrevivência.

Qualquer lugar em que você estiver e em que o Espírito esteja presente pode ser um lugar santo. Se você for digno da companhia constante do Espírito Santo, então permanecerá num lugar santo.

Esse tema suscita algumas perguntas importantes: O que é um lugar santo? Onde há um lugar santo? Como podemos permanecer em lugares santos? Como podemos tornar mais santos os lugares em que estamos regularmente? Ao procurar respostas para essas perguntas, suas respostas vão guiar sua maneira de escolher as pessoas de seu convívio, suas atividades e seu vestuário, suas palavras e suas ações.

Você se comprometeu a fortalecer seu lar e sua família. Esforce-se para tornar seu lar um lugar santo, cheio do Espírito do Senhor. Você pode apoiar a oração familiar e o estudo das escrituras.

Seu quarto pode ser um lugar santo que convida o Espírito. Se o profeta fosse ver seu quarto, ele o veria como um lugar santo? E você?

Podemos permanecer em lugares santos ao ir à Igreja. As escrituras ensinam que as alas e estacas de Sião são lugares santos que serão “uma defesa e um refúgio contra a tempestade” (D&C 115:6).

O lugar mais santo da Terra é o templo. O Presidente Thomas S. Monson disse: “Meus jovens amigos que estão na adolescência, tenham sempre o templo em vista. Não façam nada que os impeça de entrar por suas portas e ali partilhar as bênçãos sagradas e eternas. Elogio aqueles de vocês que já vão ao templo regularmente para realizar batismos pelos mortos” (“O Templo Sagrado — Um Farol para o Mundo”, A Liahona, maio de 2011, p. 90). Seja sempre digno de portar uma recomendação para o templo, mesmo que o templo esteja distante.

Qualquer lugar em que você estiver e em que o Espírito esteja presente pode ser um lugar santo. O Presidente Harold B. Lee (1899 – 1973) ensinou que o termo “lugares sagrados” se refere mais a como vivemos do que a onde moramos (ver Doutrina e Convênios – Manual do Aluno: Religião 324 e 325, 2ª ed., Manual do Sistema Educacional da Igreja, 2001, p.196). Se você for digno da companhia constante do Espírito Santo, então permanecerá num lugar santo.

Todo templo tem a inscrição “Santidade ao Senhor”. Procure sempre permanecer em lugares santos. Ao viver os padrões, orar diariamente e ler as escrituras — especialmente o Livro de Mórmon — você sentirá a companhia do Espírito Santo. O próprio Senhor prometeu a você: “Pois em verdade vos digo que grandes coisas vos esperam” (D&C 45:62). Concordo com isso e testifico que é verdade!