Seis Dicas para um Estudo Bem-sucedido das Escrituras

Afton Nelson

Intensifique seu tempo dedicado às escrituras.

Às vezes você acha difícil estudar — realmente estudar — as escrituras? Aqui estão algumas ideias que você pode usar para dar mais vida ao seu estudo das escrituras e aproveitar ao máximo o seu tempo de leitura.

1. Ore e Busque o Espírito

Peça ao Pai Celestial que o ajude a sentir o Espírito, ao ler as escrituras. As escrituras foram dadas por revelação e podem ser compreendidas por revelação. Quando contamos com a ajuda de nosso Pai Celestial e do Espírito, tornamo-nos humildes, capazes de aprender e prontos para fazê-lo.

2. Examinar os Mapas

Os mapas podem ajudar a preparar o terreno para seu estudo das escrituras. As palavras e histórias terão mais significado, se você tiver uma compreensão melhor das distâncias viajadas, clima, topografia e outras características importantes dos lugares sobre os quais está lendo. Por exemplo, a história de Jonas, no Velho Testamento (ver Jonas 1–3) ganha profundidade, quando sabemos que a cidade de Nínive era localizada próximo ao Iraque moderno e que Társis pode ter sido localizada na Espanha.

Peça ao Pai Celestial que o ajude a sentir o Espírito, ao ler as escrituras. As escrituras foram dadas por revelação e podem ser compreendidas por revelação.

A que distância se acham esses dois lugares entre si? O que Jonas teria de fazer, para viajar a cada um desses locais? Era uma viagem longa e difícil. Como esse conhecimento muda seu entendimento da história?

3. Procure as Listas

Muitas vezes um versículo ou versículos das escrituras incluirá uma listagem. Uma vez que você comece a reconhecer as listagens nas escrituras, você as verá com frequência. Por exemplo, em 3 Néfi 17:3, Jesus tem compaixão dos nefitas e reconhece que eles estão cansados, após um longo dia de ouvir e aprender. Ele dá aos nefitas uma lista de coisas a fazer:

  1. “Ide para vossas casas,
  2. meditai sobre as coisas que eu disse e
  3. pedi ao Pai, em meu nome, que as possais entender; e
  4. preparai a mente para amanhã”.

Esta lista pode ajudar-nos obter mais de nossa frequência às reuniões da Igreja? Como fazer as coisas dessa lista pode ajudar-nos em nosso estudo das escrituras? Sempre que você vir uma lista nas escrituras, escreva-a e veja se pode aplicar os mesmos passos a aspectos de sua vida.

4. Procure Padrões e Repetição

Quando você perceber um padrão ou repetição nas escrituras, há geralmente algo a ser aprendido com ele, como nos relatos do nascimento de Cristo, no Novo Testamento. Em Mateus 2, Mateus repete a frase “para que se cumprisse”. Ele se concentra em como vários elementos do nascimento do Salvador cumpriram profecias do Velho Testamento. Em vez de criar um padrão de palavras como Mateus, Lucas cria um padrão de pessoas em seu relato encontrado em Lucas 2, onde os pastores, Simeão e Ana viram e prestaram testemunho da divindade do Salvador.

O que podemos aprender com esses dois relatos do nascimento do Salvador? O que você acha que cada escritor estava tentando realizar, ao contar a história do jeito que fez?

5. Procure Mandamentos e Bênçãos Prometidas

Muitas vezes nas escrituras, quando o Senhor dá mandamentos, Ele depois nos diz as bênçãos que receberemos por guardá-los. Leve o seguinte em consideração:

“Pedi e recebereis; batei e ser-vos-á aberto” (D&C 4:7).

Muitas vezes nas escrituras, quando o Senhor nos dá mandamentos Ele depois nos diz as bênçãos que receberemos por guardá-los.

“E todos os santos que se lembrarem de guardar e fazer estas coisas, obedecendo aos mandamentos, [a Palavra de Sabedoria], receberão saúde para o umbigo e medula para os ossos” (D&C 89:18).

“Que tuas entranhas também sejam cheias de caridade para com todos os homens e para com a família da fé; e que a virtude adorne teus pensamentos incessantemente; então tua confiança se fortalecerá na presença de Deus” (D&C 121:45).

Considere a possibilidade de usar dois lápis coloridos enquanto lê, marcando os mandamentos com uma cor, e as bênçãos prometidas com outra. O que você percebe? Como esse padrão afeta o seu testemunho do amor do Pai Celestial por você?

6. Procure a Aplicação Pessoal

Néfi nos diz que devemos aplicar as escrituras a nós mesmos (ver 1 Néfi 19:23). As escrituras foram escritas para nós e se aplicam a nossa vida. Por exemplo, podemos não nos encontrar procurando minérios para fazer ferramentas a fim de construir um navio (ver 1 Néfi 17), mas será pedido a todos nós que façamos coisas difíceis. Como o modo com que Néfi respondeu ao seu desafio de construir um navio nos ajuda a responder a nossa missão?

Quanto mais você pratica à procura de aplicação pessoal, mais depressa você começará a vê-la. O Espírito pode ensinar-nos as belas verdades das escrituras, se fizermos nossa parte. Mas temos que abri-las e fazer mais do que apenas ler as palavras. Ao estudarmos com o Espírito, as escrituras podem realmente ganhar vida para nós.

Aproximar-se Mais de Deus

“À medida que tivermos comunhão com Deus em oração sincera, lendo e estudando as escrituras todos os dias, refletindo sobre o que lemos e o que sentimos, e depois aplicando e vivendo as lições aprendidas, vamos aproximar-nos Dele. Deus promete-nos que, se procurarmos diligentemente nos melhores livros ‘[Ele nos] dará conhecimento, por seu Santo Espírito’ (D&C 121:26; ver também D&C 109:14–15)” (Ian S. Ardern, “Tempo de Preparação”, A Liahona, novembro de 2011, p. 32).