Skip main navigation
Jovens Menu

Perguntas e Respostas sobre o novo Para o Vigor da Juventude

David L. Beck e Elaine S. Dalton Presidentes Geral dos Rapazes e das Moças

A Presidente Geral das Moças Elaine S. Dalton e o Presidente Geral dos Rapazes David L. Beck falam sobre o folheto revisado Para o Vigor da Juventude.

A Primeira Presidência escreveu que os padrões de Para o Vigor da Juventude “vão ajudá-los nas importantes escolhas que fazem agora e ainda farão no futuro”. Com o lançamento de uma nova edição do folheto, os editores das revistas da Igreja tiveram a oportunidade de passar alguns momentos com a Presidente Geral das Moças, Elaine S. Dalton, e o Presidente Geral dos Rapazes, David L. Beck, para falar da versão revisada do folheto.

Por que uma nova edição de Para o Vigor da Juventude agora?

David L. Beck

Elaine S. Dalton

Irmão Beck: Os padrões do Senhor não mudaram, mas os ataques do adversário contra esses padrões aumentaram em frequência e intensidade. Para o Vigor da Juventude foi atualizado para ajudar aos jovens a resistirem a essas investidas.

Irmã Dalton: Os profetas continuam a falar em termos bem claros com os jovens, e desejamos manter suas palavras atuais ao alcance de todos. Os jovens precisam estar firmemente ancorados na obediência ao profeta, por isso o folheto integra ensinamentos recentes.

Irmão Beck: Como o Presidente Thomas S. Monson nos lembrou, os jovens de hoje estão crescendo numa época em que a distância entre os padrões do Senhor e os do mundo está aumentando. As tentações estão ficando mais fortes, e os comportamentos pecaminosos estão se tornando mais aceitáveis na sociedade. Os conselhos inspirados desse novo folheto são uma mostra do amor do Pai Celestial pelos jovens. Ele quer que cada jovem desfrute das bênçãos resultantes da prática do evangelho e deu-lhes padrões para ajudá-los. Ele tem um trabalho importante para eles fazerem agora. Os padrões de Para o Vigor da Juventude ajudam a torná-los aptos a realizar Sua obra.

O que foi atualizado nessa edição?

Os conselhos inspirados desse novo folheto são uma mostra do amor do Pai Celestial pelos jovens.

Irmã Dalton: Foi acrescentada a seção “Trabalho e Autossuficiência”. Muitos jovens gastam tanto tempo com as novas tecnologias — redes sociais, navegação na Internet, vídeo games — que nunca aprendem a trabalhar de verdade. É algo preocupante, pois quando um jovem sai em missão às vezes não está preparado para os rigores desse trabalho que é física e espiritualmente extenuante. Isso está relacionado com outra seção nova: “Saúde Física e Emocional”. É preciso estar fisicamente saudável e cuidar do corpo, mas também é necessário estar atento à saúde emocional.

Irmão Beck: Também foi salientada a importância de seguir o Espírito e viver de modo a estar digno de frequentar o templo.

Como os jovens podem tornar Para o Vigor da Juventude parte de sua vida?

Irmã Dalton: Eu gostaria que eles identificassem as bênçãos mencionadas no folheto e pensassem em como essas bênçãos podem conduzi-los a suas metas. Creio firmemente que esta geração está preparando a Terra para a Segunda Vinda do Salvador. Gostaria de exortar aos jovens a se lembrarem de que eles devem empenhar-se para poderem sentir confiança em Sua presença quando Ele regressar.

Irmão Beck: Os livretos Cumprir Meu Dever para com Deus e Progresso Pessoal das Moças também oferecem várias boas ideias. Nas seções “Viver Dignamente” do Dever para com Deus, por exemplo, os Rapazes são convidados a estudar os padrões de Para o Vigor da Juventude, traçar um plano para pautar sua vida por eles e, em seguida, relatar suas experiências aos outros. Ao fazerem isso, eles fortalecem não só seu próprio testemunho, mas também o dos outros.

Irmã Dalton: Outro exercício interessante seria os jovens examinarem Para o Vigor da Juventude assinalando todas as vezes que é mencionado o Espírito. O cumprimento desses padrões lhes permitirá ter a companhia constante do Espírito Santo. E numa época em que os jovens tomam decisões cruciais em sua vida, eles precisam dessa companhia.

Irmão Beck: Também vejo o folheto como um recurso excelente para compartilhar o evangelho; podemos usá-lo para ajudar nossos amigos a entender os motivos de nosso modo de vida. Os jovens também podem usá-lo para preparar aulas para a noite familiar, discursos para a reunião sacramental ou aulas na Igreja — ou mesmo apenas para encontrar respostas a perguntas sobre os padrões do Senhor. Ao fazer essas coisas, as doutrinas e os princípios de Para o Vigor da Juventude se enraizarão profundamente no coração dos jovens e se tornarão parte de quem eles são.

O que diriam a quem acha difícil manter esses padrões no mundo de hoje?

Irmã Dalton: Eu diria: “Tem razão, é difícil”. Mas eu os lembraria de que é bem mais difícil quando não cumprimos os padrões. O pecado complica nossa vida e nos leva a lidar com situações indesejáveis. Eu diria que a observância dos padrões de Para o Vigor da Juventude é uma chave para a felicidade, e todos querem ser felizes.

Irmão Beck: Nada que este mundo tem a oferecer pode comparar-se à influência consoladora do Espírito Santo, à satisfação de saber que o Pai Celestial está satisfeito conosco ou ao poder dos convênios do templo. Essas são as bênçãos prometidas aos que obedecem aos padrões do Senhor.

Irmã Dalton: Muitas jovens dizem: “Fiz algo ruim, então não posso mais ir à Igreja”. Em seguida, passam a ter comportamentos ainda piores. Mas digo: “Vocês podem se arrepender, sim. Vocês podem mudar, e a hora é agora. Hoje é o dia. Este é seu momento”.

Que conselhos dariam aos jovens que não recebem muito apoio em casa para viver esses padrões?

O Senhor prometeu muitas bênçãos maravilhosas àqueles que são fiéis aos padrões que Ele estabeleceu.

Irmão Beck: Creio que o Senhor coloca cada um de nós onde podemos fazer o melhor com os dons espirituais que nos concedeu. Se sua família não compartilha o seu compromisso com os padrões de vida do Senhor, não desista. Continue vivendo do modo que sabe que deve viver, pois você nunca sabe quem em sua família pode estar observando e particularmente se fortalecendo com seu exemplo.

Irmã Dalton: Sempre lembrem também quem vocês são. Vocês foram reservados para estar na Terra agora por ter um forte testemunho do Salvador. Deram provas disso no mundo pré-mortal. Como o irmão Beck mencionou sua obediência aos padrões pode, por fim, abençoar sua família. Não façam concessões. Não sucumbam. Se vivermos esses padrões, poderemos ser uma luz. Poderemos refletir a luz do Salvador.

Que bênçãos os jovens receberão se viverem os padrões?

Irmão Beck: O Senhor prometeu muitas bênçãos maravilhosas àqueles que são fiéis aos padrões que Ele estabeleceu. Algumas são imediatas: a companhia do Espírito Santo, paz de consciência e mais fé e confiança. Cada vez que obedecemos a um mandamento, nossa capacidade de obedecer aumenta.

Irmã Dalton: O mundo incita: “Experimentem tudo. Porque vocês são jovens, podem experimentar”. O que acontece quando se segue essa mensagem é como um funil que começa largo, mas termina bem estreito. Seu arbítrio restringe-se por causa dessas decisões. A experimentação pode levar ao vício. Um momento de empolgação pode levar a uma gravidez fora do casamento ou a uma mudança em seu plano de vida. Mas se seguirmos um caminho reto — virando o funil de cabeça para baixo — e obedecermos aos padrões do Senhor, o mundo se abrirá para nós e se expandirá, à medida que guardarmos os mandamentos. Em vez de ficarmos acorrentados por nossos erros, temos a liberdade de viver o tipo de vida que nos tornará felizes.

Irmão Beck: O mundo precisa de jovens que entendam o valor dessas bênçãos e saibam como merecê-las. Muitos de seus amigos e colegas procuram uma alternativa para os caminhos do mundo, princípios verdadeiros sobre os quais edificarem a vida. Tudo que precisam é de seu exemplo e testemunho.

Gostariam de transmitir algo mais aos jovens?

Irmã Dalton: A mensagem que eu deixaria aos jovens é a de que o arrependimento não é algo ruim, mas uma bênção. O Salvador concedeu-nos a possibilidade de nos arrependermos. Não esperem. Podemos mudar, e isso vai nos ajudar a viver os padrões. Uma jovem virtuosa ou um rapaz virtuoso, guiado pelo Espírito, pode mudar o mundo. Você pode ser essa pessoa.

Irmão Beck: Nós amamos vocês e muito nos alegramos com suas boas qualidades. É entusiasmante e inspirador ver sua fidelidade. Caso se sintam sozinhos, lembrem se de que há milhares de jovens como vocês no mundo inteiro que estão empenhados em guardar os padrões do Senhor. Lembrem-se também de que o Espírito Santo pode ser seu companheiro constante. Vivam de modo a serem dignos de Sua presença, sigam Seus sussurros e permitam que Ele os console quando necessitarem. O Pai Celestial os conhece e confia em vocês. Ele tem coisas grandiosas reservadas para vocês.

Como Posso Explicar a Meus Amigos Por Que Nossos Padrões Não São Restritivos?

Você pode usar a analogia do funil mencionada pela irmã Dalton. Quando experimentamos as coisas propostas pelo mundo, isso restringe nosso futuro por causa das consequências negativas. Devemos virar o funil para o lado oposto, no qual a obediência aos padrões e mandamentos abre muitas oportunidades para nós, agora e no futuro.

Os padrões nos ajudam a:

  • Ter a companhia do Espírito Santo, principalmente ao tomar decisões importantes.
  • Ter felicidade e liberdade, em vez de consequências duradouras de vícios ou pecados.
  • Ser dignos das bênçãos do templo e da vida eterna, que é nossa meta final.

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes