fecha
Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Dez minutos por dia

Hadley Griggs Revistas da Igreja

Pedimos a cinco jovens que aceitassem o convite do élder Stevenson de substituir dez minutos de tempo diário gasto nas redes sociais pela leitura do Livro de Mórmon.

Você já estabeleceu uma meta semelhante de estudo das escrituras? “De hoje em diante, vou estudar as escrituras por uma hora todos os dias — e vou fazê-lo perfeitamente.”

Se você traçou esse tipo de meta, como foi? É bem provável que não tenha ido muito bem. Tentar criar um novo hábito pode ser muito desafiador, principalmente porque muitas vezes estabelecemos metas irrealistas (como essa acima) que logo cansam ou sobrecarregam.

Para realmente tornar o estudo das escrituras um hábito, é melhor começar aos poucos. O élder Gary E. Stevenson, do Quórum dos Doze Apóstolos, deu uma ótima sugestão: “Muitos jovens passam aproximadamente sete horas por dia olhando para a tela de televisões, computadores e smartphones. (…) Vocês podem substituir um pouco desse tempo olhando para telas, em especial aquele tempo usado com mídias sociais, Internet, jogos ou televisão, pela leitura do Livro de Mórmon? (…) Mesmo que sejam apenas dez minutos por dia” (“Olhe para o livro, veja o Senhor”, Conferência Geral de outubro de 2016).

Pedimos a cinco jovens que aceitassem o convite do élder Stevenson. Eles calcularam seu tempo diário de tela e então substituíram dez minutos dele pelo estudo do Livro de Mórmon. Confira como foi — talvez eles o inspirem a experimentar por si mesmo!

Woman reading

“Depois de registrar meu tempo gasto nas redes sociais na primeira semana, fiquei um pouco chocada com a quantidade de tempo que eu passava no celular. Sem dúvida, para mim, foi uma boa ideia usar um pouco daquele tempo para o Livro de Mórmon, sobretudo porque a leitura diligente das escrituras não é um dos meus pontos fortes.

Ironicamente, um dos primeiros dias em que li as escrituras pela manhã foi um dia terrível. No entanto, sabia que a leitura das escrituras somente traria benefícios à minha vida, então continuei a ler.

Acho que o maior impacto da leitura diária foi o fato de me sentir muito mais em sintonia com o Espírito. Consegui tomar decisões mais facilmente. Senti mais amor pelas pessoas ao meu redor e um desejo maior de servir. Quando lia as escrituras pela manhã, o dia corria bem melhor. Quando lia à noite, dormia bem. Recomendo fortemente que todos tentem isso. Que diferença faz!”

Bryn C., 18 anos, Utah, EUA

Man reading book

“Quando monitorei o uso do meu telefone, percebi que ficava mais tempo no celular aos domingos. Fiquei triste, porque é quando eu deveria estar tentando me aproximar do Salvador, mas, em vez disso, eu ficava fixado na minha tela.

Quando comecei a ler as escrituras, lia os dez minutos todas as noites antes de ir dormir, que para mim era apenas um capítulo por noite. Ao fazer isso, notei que conseguia dormir com mais facilidade. Também me vi tomando decisões melhores no decorrer da semana e, no geral, senti-me melhor comigo mesmo.

Sou grato por ter recebido esse convite e pretendo continuar a ler durante dez minutos por dia e fazer minhas orações noturnas.”

Ryan E., 16 anos, Alabama, EUA

“Antes de monitorar o tempo que gastava, achei que ia ser muito difícil encontrar tempo para ler as escrituras, mas, depois de me dar conta de quanto tempo eu passava nas redes sociais, tirar dez minutos me pareceu facílimo! Conseguia ler na hora do almoço ou um pouco antes de começar o seminário.

Depois de ler as escrituras, fiquei muito mais atenta às coisas que via nas redes sociais. Se me deparava com algo ruim, com palavrões ou uma mensagem negativa, percebia e tentava evitá-los mais do que antes. Também percebi que minhas orações eram muito mais sinceras e que estava recebendo mais respostas para elas. Isso é definitivamente algo que espero continuar por muito mais tempo!”

Izzie J., 16 anos, Califórnia, EUA

Woman kneeling

“Na verdade, eu não achava que usava tanto as redes sociais até me pedirem que monitorasse meu uso. Foi aí que percebi o quanto da minha vida a mídia social estava consumindo.

Assim que comecei a me concentrar de verdade na leitura das escrituras todos os dias, senti um desejo imenso de ler o Livro de Mórmon e queria aprender com ele. Ao lê-lo por dez minutos todos os dias, fiquei cada vez mais interessada pelas histórias. Quando estava mais ou menos na metade, decidi que, antes de ler, ia orar para encontrar respostas às minhas perguntas e, sem falhar, recebi essas respostas por meio do Espírito Santo.

Sei que Deus fala a nós por meio das escrituras e que o Livro de Mórmon é outro testamento de Jesus Cristo. Ele pode verdadeiramente abençoar nossa vida por meio do estudo fervoroso e em espírito de oração. Sinto-me grata pela oportunidade que tive de participar desse desafio e convido todos a fazerem o mesmo. Foi uma experiência transformadora.”

Sydney B., 16 anos, Arizona, EUA

Woman reading

“Embora eu tenha me esquecido de ler algumas vezes, no geral, foi um sucesso. Percebi que, antes de colocar em prática o convite do élder Stevenson, estava na verdade lendo apenas cerca de três minutos por noite e, ao aumentar minha leitura para dez minutos todas as noites, senti uma grande diferença em minha vida. Quando leio, sinto-me mais em sintonia com o Espírito e posso sentir as bênçãos de proteção espiritual todos os dias. Da mesma forma que pode ser difícil começar a ler as escrituras depois de um período sem leitura, tão logo comecei o hábito da leitura, não consegui parar.

Percebi que, para mim, quando lia as escrituras antes de dormir, normalmente caia no sono ou não conseguia tirar o máximo da leitura. Funcionou melhor ler de manhã ou depois da escola.

Aproveitei muito mais fazendo isso e desafio todos a experimentá-lo.”

Rachel A., 15 anos, Colorado, EUA

Erro no envio do formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes

25 Maneiras em 25 Dias: 1º–4 de Dezembro