Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

Isto Vos Será por Sinal

Whitney Hinckley

“Sim, e mesmo todos os profetas que profetizaram desde o princípio do mundo — não falaram eles mais ou menos a respeito destas coisas?” (Mosias 13:33).

O Natal é uma época marcada por expectativas — em relação a presentes, boa comida e comemorações. Às vezes parece que os primeiros 24 dias de dezembro são longos demais para esperar. Imagine se fosse preciso esperar mil anos!

O primeiro Natal — o nascimento do Salvador — foi profetizado durante séculos, de Isaías no Velho Testamento a Samuel, o lamanita, no Livro de Mórmon. Os profetas da antiguidade conheciam e previram os sinais da vinda de Jesus Cristo e aguardaram pacientemente esses sinais. Profetizaram sobre Sua vinda para que as pessoas conseguissem reconhecer os sinais e partilhar a alegria de saber que Ele viera! O cumprimento dessas profecias foi um testemunho de Seu chamado divino como Salvador e Redentor.

Leia as seguintes profecias sobre o nascimento de Jesus Cristo e as circunstâncias miraculosas desse acontecimento e aprenda como essas profecias se cumpriram.

Nascido de Maria, uma Virgem

Maria

Profecias: Setecentos anos antes do nascimento de Maria, foi profetizado que ela seria a mãe de Cristo. Isaías escreveu: “Portanto o mesmo Senhor vos dará um sinal: Eis que a virgem conceberá, e dará à luz um filho, e chamará o seu nome Emanuel” (Isaías 7:14).

Alma, o filho, que estava do outro lado do mundo em relação à Isaías, também identificou Maria como a mãe do Salvador, cerca de 80 anos antes do nascimento de Jesus: “E eis que nascerá de Maria, (…) sendo ela uma virgem, um vaso precioso e escolhido; e uma sombra a envolverá; e conceberá pelo poder do Espírito Santo e dará à luz um filho, sim, o Filho de Deus” (Alma 7:10).

Cumprimento: Oito décadas depois, o anjo Gabriel apareceu “a uma virgem desposada com um homem, cujo nome era José, (…) e o nome da virgem era Maria” (Lucas 1:27). Maria era a mãe de Jesus, que era o Filho de Deus.

Um Menino Nos Nasceu

Profecia: Isaías profetizou o nascimento do Messias: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o principado está sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Isaías 9:6).

Cumprimento: O ministério do Salvador cumpriu todas as profecias de Isaías, embora Cristo tenha nascido em circunstâncias humildes. “Pois, na cidade de Davi, vos nasceu hoje o Salvador, que é Cristo, o Senhor. (…) E isto vos será por sinal: Achareis o menino envolto em panos, e deitado numa manjedoura” (Lucas 2:11–12).

Nascido em Belém

Profecia: O profeta Miqueias viveu por volta da mesma época que Isaías. Profetizou sobre o nascimento do Senhor no vilarejo de Belém: “E tu, Belém Efrata, posto que pequena entre os milhares de Judá, de ti me sairá o que governará em Israel, e cujas saídas são desde os tempos antigos, desde os dias da eternidade” (Miqueias 5:2).

Nosso Pai Celestial preparou esses sinais com antecedência não só para que os fiéis mundo afora se regozijassem juntos por ocasião do nascimento de Seu Filho, mas para prestar testemunho do chamado divino de Cristo.

Cumprimento: Setecentos anos depois, Herodes ordenou a seus escribas que lhe indicassem onde se encontrava o novo governante: “Perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo. E eles lhe disseram: Em Belém de Judeia” (Mateus 2:4–5).

Da Semente de Davi

Profecia: O Senhor disse a Jeremias seis séculos antes do nascimento de Cristo que Ele sairia da linhagem de Davi: “Naqueles dias e naquele tempo farei brotar a Davi um Renovo de justiça, e ele fará juízo e justiça na terra” (Jeremias 33:15).

Cumprimento: Mateus nos dá a genealogia de Cristo, mostrando como o Senhor descendia daquele rei do passado: “Livro da geração de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão. (…) De sorte que todas as gerações, desde Abraão até Davi, são catorze gerações; e desde Davi até a deportação para a Babilônia, catorze gerações; e desde a deportação para a Babilônia até Cristo, catorze gerações” (Mateus 1:1, 17).

Visitado por Reis

Visitado por Reis

Profecias: Apesar das circunstâncias humildes de Seu nascimento, os profetas declararam que Cristo receberia a visita de reis: “E os gentios caminharão à tua luz, e os reis ao resplendor que te nasceu” (Isaías 60:3).

Samuel, o lamanita, falou aos nefitas cinco anos antes do nascimento de Cristo sobre os sinais que anunciariam Sua vinda. Um desses sinais seria a estrela que os Reis Magos seguiriam: “E eis que uma nova estrela aparecerá, uma que nunca vistes antes; e isto também vos será por sinal” (Helamã 14:5).

Cumprimento: Os Reis Magos sabiam qual sinal buscar, pois deviam estar atentos ao cumprimento das profecias. Disseram: “Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? Porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo” (Mateus 2:2).

No Novo Mundo, os nefitas também reconheceram os sinais e souberam que as profecias estavam se cumprindo: “E tudo acontecera, sim, cada pormenor, segundo as palavras dos profetas. E aconteceu também que uma nova estrela surgiu, segundo a palavra” (3 Néfi 1:20–21).

Pense na alegria que sente ao finalmente poder abrir seus presentes de Natal. Como isso se compararia a finalmente presenciar o cumprimento dos sinais tão aguardados do nascimento de Cristo? Nosso Pai Celestial preparou esses sinais com antecedência não só para que os fiéis mundo afora se regozijassem juntos por ocasião do nascimento de Seu Filho, mas para prestar testemunho do chamado divino de Cristo.

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes