Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

O Que Acontece Depois da Morte?

Essa é uma questão básica, e por meio de profetas antigos e modernos Deus nos concedeu respostas.

Nosso Pai Celestial deu-nos alguns conhecimentos do que podemos esperar ao deixar esta vida. Aqui estão verdades que podem ajudar você a entender onde seus entes queridos falecidos estão agora e onde todos nós estaremos um dia.

O Que Sabemos sobre o Mundo Espiritual?

Onde fica o mundo espiritual?
O Presidente Brigham Young (1801–1877) ensinou que o espírito daqueles que já viveram na Terra permanece à nossa volta nesta Terra, embora não enxerguemos.1

Como é o mundo espiritual?
Depende. Os justos ficarão no paraíso — felicidade, descanso e paz, sem problemas, cuidados e tristezas (ver Alma 40:12). Os iníquos ficarão no inferno (ver Alma 40:13–14). O inferno pode ser definido como “o tormento do desapontamento na mente do homem”. 2

Qual é a aparência dos espíritos?
O espírito das pessoas tinha forma adulta na vida pré-mortal e terá essa mesma forma no mundo espiritual, mesmo que morram quando bebês ou crianças.3

Nosso Pai Celestial deu-nos alguns conhecimentos do que podemos esperar ao deixar esta vida.

Os espíritos no mundo espiritual conseguem nos ver?
Sim, quando necessário. O Presidente Joseph F. Smith (1838–1918) disse que as pessoas que estão no mundo espiritual conseguem nos ver com mais nitidez do que conseguimos vê-las e que “sua solicitude por nós e seu amor e desejo pelo nosso bem-estar [devem ser] muito maiores do que sentimos por nós próprios”. 4

Os espíritos que estão no mundo espiritual ainda podem ser tentados?
Se formos fiéis nesta vida, Satanás não terá poder sobre nós no mundo espiritual. Os iníquos estarão sujeitos a Satanás lá, assim como estavam na Terra.5 Conforme explicou o Élder M. Russell Ballard, do Quórum dos Doze Apóstolos, esta vida é o momento de nos arrependermos, pois “é quando estamos aqui na mortalidade que o corpo e o espírito podem aprender juntos”. 6

O que os espíritos no mundo espiritual estão fazendo?
Por um lado, sabemos que os espíritos dos fiéis que ainda não ressuscitaram estão realizando o trabalho missionário entre os espíritos em prisão.7 Sabemos também que entre os fiéis existem a estrutura familiar e uma organização da Igreja.8

O Que Sabemos sobre a Ressurreição?

Quantas pessoas ressuscitarão?
Todas as pessoas que já viveram na Terra ressuscitarão (ver I Coríntios 15:21–23).

Qual será a aparência de um corpo ressuscitado?
Um corpo ressuscitado será:

  • Imortal.“Este corpo mortal será levantado num corpo imortal, (…) para não mais morrer” (Alma 11:45).
  • Perfeito. “O espírito e o corpo serão reunidos em sua perfeita forma” (Alma 11:43). O Presidente Joseph F. Smith explicou: “As deformidades serão removidas; os defeitos serão eliminados e os homens e as mulheres alcançarão a perfeição de seu espírito, a perfeição concebida por Deus no princípio”. 9
  • Belo. O Presidente Lorenzo Snow (1814–1901) disse: “Não há nada mais bonito de se olhar que um homem ou uma mulher após a Ressurreição”. 10
  • Glorioso. O Presidente Boyd K. Packer, Presidente do Quórum dos Doze Apóstolos, disse: “Nosso espírito é jovem, vibrante e belo. Mesmo que o corpo seja velho, enfermo, aleijado ou deficiente sob qualquer aspecto, quando o espírito e o corpo forem reunidos na Ressurreição, seremos gloriosos, seremos glorificados”. 11
  • Sem tristezas nem dores. “E não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor” (Apocalipse 21:4).

O que acontecerá com as pessoas que morreram quando crianças?
De acordo com o Profeta Joseph Smith, os pais de uma criança que morreu na infância “[terão] a alegria, o prazer e a satisfação de nutrir essa criança, depois de sua Ressurreição, até que ela alcance a plena estatura de seu espírito”. 12

O que acontecerá com as pessoas que foram cremadas ou não foram enterradas?
Embora a Igreja não incentive a cremação, cremos que, haja o que houver, todas as pessoas ressuscitarão com um corpo perfeito. O Presidente Brigham Young ensinou que na Ressurreição “as partículas fundamentais que formavam nosso corpo aqui, se realmente as honrarmos, mesmo que estejam depositadas nas profundezas do mar e ainda que uma partícula esteja no norte, outra no sul, outra no leste e outra no oeste, serão reunidas num piscar de olhos, e nosso espírito tomará posse delas”. 13

“A Ressurreição é um dos pilares de nossa religião. Ela acrescenta significado à nossa doutrina, motivação a nosso comportamento e esperança a nosso futuro” (Dallin H. Oaks, “Ressurreição”, A Liahona, julho de 2000, p. 16).

Por Que uma Ressurreição Física?

A Ressurreição física faz parte do plano de Deus e foi ensinada pelos profetas desde os dias de Adão (ver Moisés 5:10). Mas “o diabo não tem corpo, e esse é seu castigo”,14 por isso ele distorce esse ensinamento para que as pessoas não creiam numa Ressurreição física.

Muitos acreditam que um corpo físico é como uma prisão para o espírito e que só poderemos ser verdadeiramente felizes quando o espírito se libertar do corpo, mas não é verdade. O Senhor revelou que a Ressurreição física é necessária porque:

  • É assim que recebemos a plenitude da alegria. Somente “espírito e elemento [o corpo físico], inseparavelmente ligados, recebem a plenitude da alegria” (D&C 93:33). Sabemos também que aqueles que morreram e estavam esperando no mundo espiritual a Ressurreição de Cristo “consideravam o longo tempo em que seu espírito estava ausente do corpo como uma escravidão” (D&C 138:50).
  • É uma bênção termos escolhido o plano do Pai Celestial. Antes de nascermos na Terra, todos os espíritos que um dia viveriam aqui escolheram seguir o plano do Pai Celestial em vez da rebelião de Satanás (ver Abraão 3:23–28). Consequentemente, recebemos um corpo mortal e, então, por meio da dádiva da Ressurreição de Cristo, ressuscitaremos com um corpo imortal. Aqueles que seguiram Satanás no mundo pré-mortal jamais receberão nenhum tipo de corpo físico.
  • Ela nos leva de volta à presença de Deus para sermos julgados. O Livro de Mórmon ensina claramente que é o poder da Ressurreição que nos permite entrar na presença de Deus para sermos julgados de acordo com nossas obras.15
  • Ela é necessária para a salvação. Joseph Smith ensinou: “Ninguém pode ter [a] salvação a não ser por meio de um tabernáculo [corpo físico]”. 16
  • É assim que nos tornamos semelhantes ao Pai Celestial e a Jesus Cristo. “O Pai tem um corpo de carne e ossos tão tangível como o do homem; o Filho também” (D&C 130:22).

Entre na Conversa

No decorrer do mês de março, você estudará a Expiação de Jesus Cristo em seu quórum do sacerdócio ou em sua classe das Moças e da Escola Dominical. Uma das muitas bênçãos da Expiação é a de que, por meio dela, todos ressuscitaremos. Pense em como o conhecimento da Expiação e da Ressurreição muda sua perspectiva em momentos difíceis. Tente lembrar-se de uma situação em particular e de como seu testemunho da Expiação e da Ressurreição o ajudou e, se desejar, conte essa experiência para sua família ou numa aula da Igreja num domingo. Você também pode compartilhar suas ideias com outros jovens clicando em Compartilhe sua experiência abaixo.

Notas

  1. Ver Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Brigham Young, 1997, p. 279.
  2. Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Joseph Smith, 2007, p. 234.
  3. Ver Ensinamentos dos Presidentes da Igreja: Joseph F. Smith, 1998, pp. 130–132.
  4. Joseph F. Smith, Gospel Doctrine, 5ª edição, 1939, pp. 430–431.
  5. Ver Ensinamentos: Brigham Young, p. 282; Alma 34:34–35.
  6. M. Russell Ballard, “Is It Worth It?” New Era, junho de 1984, p. 42.
  7. Ver D&C 138:30; ver também Ensinamentos: Joseph Smith, p. 499.
  8. Ver Princípios do Evangelho, 2009, p. 252; para mais informações sobre o mundo espiritual, ver Dale C. Mouritsen, “The Spirit World, Our Next Home”, Ensign, janeiro de 1977, pp. 46–51.
  9. Joseph F. Smith, Gospel Doctrine, p. 23.
  10. Lorenzo Snow, The Teachings of Lorenzo Snow, ed. Clyde J. Williams, 1996, p. 99.
  11. Boyd K. Packer, “A Nota de Vinte Marcos”, A Liahona, junho de 2009, p. 20; New Era, junho de 2009, p. 5.
  12. Ensinamentos: Joseph Smith, p. 186.
  13. Ensinamentos: Brigham Young, 1997, p. 276.
  14. Ensinamentos: Joseph Smith, p. 220.
  15. Ver 2 Néfi 9:22; Jacó 6:9; Mosias 16:8–10; Alma 11:41; 33:22; 40:21; Helamã 14:17; Mórmon 7:6; 9:13.
  16. Ensinamentos: Joseph Smith, p. 222.

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes