Pular para a Navegação Principal
Jovens Menu

O Que É um Amigo Verdadeiro?

Elaine S. Dalton Presidente Geral das Moças

Às vezes, nossa preocupação é em ter amigos. Talvez devêssemos concentrar-nos em ser um amigo.

A definição de amigo mudou no mundo tecnologicamente conectado de hoje. Hoje, podemos pensar que temos muitos “amigos”. É verdade: desfrutamos a capacidade de estar informados e atualizados em relação ao que está acontecendo na vida de muitos de nossos conhecidos, bem como de amigos atuais e antigos, e até mesmo de pessoas que não conhecemos pessoalmente e a quem chamamos de nossos amigos.

No contexto das redes sociais, o termo “amigo” costuma ser usado para descrever contatos e não relacionamentos. Você tem a capacidade de enviar a seus “amigos” uma mensagem, mas isso não é a mesma coisa que ter um relacionamento com uma pessoa individualmente.

Às vezes, nossa preocupação é em ter amigos. Talvez devêssemos concentrar-nos em ser um amigo.

Há muitas definições do que significa ser amigo. Nunca vou esquecer o que ouvi o Élder Robert D. Hales, do Quórum dos Doze Apóstolos, dizer sobre o que significa ser amigo e sobre a influência determinante que os amigos têm em nossa vida. Sua definição tem exercido uma influência duradoura em minha vida. Ele disse: “Amigos são pessoas que fazem com que nos seja mais fácil viver o evangelho de Jesus Cristo”. Nesse sentido, a essência da verdadeira amizade é buscar o bem maior da outra pessoa. É colocar a outra pessoa em primeiro lugar. É ser estritamente honesto, leal e casto em cada ação. Talvez seja a palavra comprometimento que revele o real significado da amizade.

Quando minha filha, Emi, tinha 15 anos, tomou uma decisão sobre que tipo de amigos procuraria. Uma manhã, vi seu exemplar do Livro de Mórmon aberto em Alma 48. Ela tinha marcado os versículos que descreviam o capitão Morôni: “Morôni era um homem forte e poderoso; ele era um homem de perfeita compreensão. (…) Sim, e ele era um homem firme na fé em Cristo” (versículos 11, 13). Na margem, ela havia escrito: “Quero namorar e casar com um homem como Morôni”. Ao observar Emi e o tipo de rapazes com quem ela convivia e com quem passou a sair quando completou 16 anos, pude ver que ela própria era um exemplo daquelas qualidades e ajudava os outros a viverem de acordo com sua identidade como filhos de Deus, portadores do sacerdócio e futuros pais e líderes.

Ideias-Chave sobre a Amizade

“Escolham amigos que compartilhem seus valores, para que possam fortalecer e incentivar uns aos outros a viver padrões elevados.

Tenham bons amigos, sejam bons amigos. (…)

Ao procurar fazer amizade com os outros, não rebaixem seus padrões”.

Para o Vigor da Juventude (livreto, 2011), p. 16.

O verdadeiros amigos influenciam aqueles com quem se associam a “subirem um pouco mais [e] serem um pouco melhores”. Vocês podem ajudar uns aos outros, principalmente os rapazes, a se prepararem e a servir uma missão honrosa. Vocês podem ajudar uns aos outros a permanecerem moralmente limpos. Sua influência e amizade justa podem ter um efeito eterno, não só na vida das pessoas de seu convívio, mas também nas gerações vindouras.

O Salvador chamou Seus discípulos de Seus amigos. Ele disse:

“O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.

Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.

Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando.

Já vos não chamarei servos, porque o servo não sabe o que faz o seu senhor; mas tenho-vos chamado amigos, porque tudo quanto ouvi de meu Pai vos tenho feito conhecer” (João 15:12–15; grifo da autora).

À medida que viverem e compartilharem o evangelho de Jesus Cristo, vocês vão atrair para si pessoas que desejarão ser seus amigos — não apenas um contato em um site de mídia social, mas o tipo de amigo que o Salvador exemplificou com Suas palavras e Seu exemplo. Ao se esforçarem para ser um amigo para os outros e para que sua luz brilhe, sua influência vai abençoar a vida de muitos com quem vocês se associam. Sei que, ao se concentrarem em ser um amigo para os outros, conforme definido pelos profetas e pelos exemplos contidos nas escrituras, vocês serão felizes e se tornarão uma influência para o bem no mundo, e um dia vão receber a promessa gloriosa mencionada nas escrituras sobre a verdadeira amizade: “A mesma sociabilidade que existe entre nós, aqui, existirá entre nós lá, só que será acompanhada de glória eterna” (D&C 130:2).

Erro no envio de formulário. Certifique-se de que todos os campos estejam preenchidos corretamente e tente novamente.

 
1000 caracteres restantes