Pular para a Navegação Principal

Diversão e Mídia

Encontre respostas sobre perguntas a respeito dos padrões da Igreja Escolha um tema acima para ver mais.

  • Que tipo de diversão devo evitar?

    “Não frequentem locais, assistam a cenas ou participem de divertimentos que sejam de qualquer forma vulgares, imorais, violentos ou pornográficos. Não participem de entretenimentos que, de algum modo, apresentem a imoralidade ou o comportamento violento como aceitáveis” (Para o Vigor da Juventude, p. 17).

    Fechar
  • O que fazer se tiver problemas com pornografia?

    “Se você estiver envolvido com pornografia, pare imediatamente e procure ajuda. Por meio do arrependimento, você pode receber o perdão e encontrar esperança no evangelho. Dirija-se ao seu bispo ou presidente de ramo para aconselhar-se sobre como vencer o problema e procure a cura por meio da Expiação de Jesus Cristo. Peça ao Senhor para dar-lhe força para vencer esse vício terrível” (Sempre Fiéis, p. 138).

    Fechar
  • O que há de tão ruim na pornografia?

    “A pornografia é uma tragédia porque ela vicia. Como outros vícios, ela leva as pessoas a experimentá-la e, em seguida, a buscar estímulos mais fortes. Se você experimentar a pornografia e se permitir permanecer em suas malhas, ela o destruirá, degradando sua mente, seu coração e seu espírito. Ela lhe roubará o autorrespeito e a percepção que você tem das belezas da vida. Ela o arruinará e o conduzirá a pensamentos malignos, que possivelmente serão seguidos de atos perversos e prejudicará seus relacionamentos familiares” (Sempre Fiéis, pp. 137–138).

    Fechar
  • O que é pornografia?

    “Qualquer material que mostre ou descreva o corpo humano ou a conduta sexual de forma a estimular desejos sexuais é pornográfico” (Sempre Fiéis, p. 137).

    Fechar
  • Por que se importar com o tipo de diversão que escolho?

    “Qualquer coisa que leiam, ouçam ou observem terá efeito em vocês. (…) A boa diversão os ajudará a ter bons pensamentos e a fazerem escolhas acertadas. Ela os ajudará a se divertirem sem perder o Espírito do Senhor.

    Embora muitas diversões sejam boas, algumas delas podem desviá-los da vida reta. Matéria ofensivas podem frequentemente ser encontradas em sites da Internet, shows, filmes, música, fitas de vídeo, DVDs, livros, revistas, gravuras e outros meios de comunicação. Satanás se utiliza dessas diversões para enganá-los, fazendo o que é errado e mau parecer normal e emocionante” (Para o Vigor da Juventude, p. 17).

    Fechar
  • O que há de errado em assistir a demonstrações de violência retratadas pela mídia?

    “As demonstrações de violência retratadas pela mídia geralmente fazem com que um comportamento maldoso pareça encantador. Elas ofendem o Espírito e tornam vocês menos capazes de tratar os outros de maneira sensível e carinhosa. Elas contradizem a mensagem do Salvador de que devemos amar uns aos outros” (Para o Vigor da Juventude, p. 19).

    Fechar
  • Gosto de assistir a um programa de TV que dizem que eu não deveria. Há realmente algo de errado nisso?

    É evidente que aquilo que assistimos nos influencia. O livreto Para o Vigor da Juventude ensina: “Qualquer coisa que leiam, ouçam ou observem terá efeito em vocês. (…). Embora muitas diversões sejam boas, algumas delas podem desviá-los da vida reta. Matérias ofensivas podem frequentemente ser encontradas em sites da Internet, shows, filmes, música, fitas de vídeo, DVDs, livros, revistas, gravuras e outros meios de comunicação. Satanás se utiliza dessas diversões para enganá-los, fazendo o que é errado e mau parecer normal e emocionante.”

    Não frequentem locais, assistam a cenas ou participem de divertimentos que sejam de qualquer forma vulgares, imorais, violentos ou pornográficos. Não participem de entretenimentos que, de algum modo, apresentem a imoralidade ou o comportamento violento como aceitáveis” (Para o Vigor da Juventude, p. 17). Se o espetáculo que você está assistindo não estiver de acordo com essa diretriz, não o assista

    Fechar
  • O que há de tão errado em ficar fora de casa até tarde da noite?

    “Quando eu era jovem, meu horário de chegar em casa era às dez da noite. Hoje, essa é a hora em que alguns saem de casa para se divertir. Todos sabem que é à noite que as piores coisas acontecem. É no horário das trevas que os jovens vão para lugares onde o ambiente não é bom e onde a música e a letra não permitem que o Espírito Santo os acompanhe. Então, sob tais condições, tornam-se presas fáceis do pecado” (Jairo Mazzagardi, “Evitar a Armadilha do Pecado”, Conferência Geral de outubro de 2010).

    Fechar
  • Há algo de errado em procurar diversão na Internet?

    “A Internet pode ser usada para proclamar o evangelho de Jesus Cristo e, com a mesma facilidade, pode ser usada para vender a sujeira e a imundície da pornografia. Programas de computador como o iTunes podem ser usados para baixar tanto uma música edificante e inspiradora como o pior tipo de letra agressiva e cheia de palavrões. As redes de relacionamento social na Web podem ser usadas para ampliar amizades saudáveis com a mesma facilidade com que podem ser usadas por predadores que tentam atrair e aprisionar os descuidados. Isso não é diferente do modo como as pessoas escolhem usar a televisão ou filmes ou até mesmo uma biblioteca. Satanás é sempre rápido em explorar o poder negativo das novas invenções, em estragar, degradar e neutralizar qualquer efeito para o bem. Certifique-se de que as escolhas que você faz ao usar a nova mídia sejam escolhas que ampliem a mente, aumentem as oportunidades e nutram a alma. M. Russell Ballard, “Sharing the Gospel Using the Internet”, Ensign, julho de 2008, p. 60).

    “Precisamos usar filtros na Internet (…) para impedir (…) ‘[ver sem querer]’ coisas que não [devemos] assistir. Precisamos colocar (…) computadores em uma sala usada por todos da casa, e não no quarto ou num lugar isolado” (M. Russell Ballard, “Que Nossa Voz Seja Ouvida”, Conferência Geral de outubro de 2003).

    Fechar
  • Por que somos aconselhados a não passar muito tempo jogando videogames?

    O Élder David A. Bednar exortou que “dedicar tempo excessivo a videogames (…) [permite] que o mundo digital tome o lugar das coisas como realmente são. Inicialmente, o investimento de tempo pode parecer relativamente inócuo, com a justificativa de que não passam de alguns minutos necessários para aliviar a correria do cotidiano, mas com isso se perdem oportunidades importantes de desenvolver e aprimorar habilidades interpessoais. Pouco a pouco, um entretenimento aparentemente inocente torna-se uma forma de escravidão perniciosa” (“As Coisas Como Realmente São”, A Liahona, junho de 2010, p. 27).

    O Élder M. Russell Ballard aconselhou: “[Limite] o tempo gasto com jogos no computador. A quantidade de pontos acumulados em um minuto não surtirá nenhum efeito em sua capacidade de ser um bom missionário” (“A Melhor de Todas as Gerações de Missionários”, Conferência Geral de outubro de 2002).

    Fechar
  • O que devo fazer para garantir que as diversões que escolho sejam edificantes?

    “Tenham a coragem de sair do cinema ou da sessão de vídeos, desligar o computador ou a televisão, mudar a estação de rádio ou deixar de lado uma revista, se o que estiver sendo apresentado não corresponder aos padrões do nosso Pai Celestial. Ajam dessa forma, mesmo que os outros não o façam. Informem aos seus amigos e a família que estão comprometidos em guardar os padrões de Deus. Vocês possuem o dom do Espírito Santo, que lhes dará força e os ajudará a fazer boas escolhas” (Para o Vigor da Juventude, p. 19).

    Fechar