Pular para a Navegação Principal

Dízimos e Ofertas

Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, (…) e depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção.

Malaquias 3:10

A decisão de viver a lei do dízimo será uma grande bênção por toda a sua vida. O dízimo é um décimo de sua renda. Para entrar no templo, é preciso ser dizimista integral.

O pagamento do dízimo é um privilégio sagrado. Ao pagar o dízimo, demonstramos gratidão por tudo o que Deus nos deu e Lhe devolvemos parte do que recebemos. O dízimo é usado para construir templos e capelas, traduzir e publicar as escrituras, fazer o trabalho missionário e de história da família e edificar de outras maneiras o reino de Deus na Terra.

Sua atitude é importante ao pagar o dízimo. Paguem-no porque amam o Senhor e porque têm fé Nele. Paguem-no de boa vontade, com gratidão no coração. Paguem-no em primeiro lugar, mesmo que achem que não terão dinheiro suficiente para suas outras necessidades. Isso vai ajudá-los a desenvolverem mais fé, a vencerem o egoísmo e a tornarem-se mais receptivos ao Espírito.

Mostrar Mais

Todos os anos, agendem um horário para o acerto do dízimo com seu bispo. Essa é uma reunião em que vocês analisam suas contribuições e declaram se pagaram um dízimo integral.

Obedeçam à lei do jejum, jejuando a cada mês, se sua saúde o permitir. O domingo de jejum geralmente é o primeiro domingo do mês. A devida observância do dia de jejum inclui a abstinência de alimentos e líquidos por duas refeições consecutivas e a doação de uma oferta de jejum generosa para ajudar a cuidar dos necessitados. Jejuem com um propósito. Comecem e terminem o jejum com uma oração, expressando gratidão e pedindo ajuda para necessidades especiais que vocês ou outros tenham. O jejum vai fortalecer sua autodisciplina, fortalecê-los contra as tentações e trazer bênçãos de Deus para sua vida.

Ao obedecerem à lei do dízimo e à lei do jejum, o Senhor vai abençoar vocês tanto espiritual quanto materialmente.

Reconheço que tudo o que tenho vem do Senhor?