fecha
Pular para a Navegação Principal
  • Imprimir

Por que as ordenanças do templo são importantes?

As ordenanças do templo conduzem às maiores bênçãos disponíveis aos filhos do Pai Celestial. Essas ordenanças nos preparam para vivermos para sempre com o Pai Celestial e nossa família depois desta vida. Elas nos abençoam com força espiritual e orientação durante a mortalidade. No templo, podemos também receber ordenanças essenciais em favor de antepassados que morreram sem ter a oportunidade de receber essas ordenanças por si mesmos.

Preparar-se espiritualmente

Ao preparar-se, estude estas escrituras e estes recursos em espírito de oração. O que vai inspirar os rapazes a se qualificarem e participarem das ordenanças do templo?

D&C 84:19–22 (O poder da divindade está nas ordenanças do sacerdócio)

D&C 131:1–4 (O novo e eterno convênio do casamento)

Kent F. Richards, “O Poder da Divindade”, A Liahona, maio de 2016, p. 118

Thomas S. Monson, “Bênçãos do Templo”, A Liahona, maio de 2015, p. 91

Quentin L. Cook, “Raízes e Ramos”, A Liahona, maio de 2014, p. 44

Templos”, Sempre Fiéis, 2004, pp. 182–186

Vídeo: “Os Templos São um Farol” “Sam Hepworth Vídeo de Preparação Missionária”

Deixar os rapazes liderar

Um membro da presidência do quórum (ou um assistente do bispo no quórum dos sacerdotes) dirige a reunião do quórum. Ele lidera os rapazes ao se reunirem em conselho para tratar dos assuntos do quórum, ensina-lhes os deveres do sacerdócio (usando as escrituras e o livreto Dever para com Deus), incentiva-os a compartilhar suas experiências pessoais no cumprimento de seu dever para com Deus e convida um consultor ou outro membro do quórum para ensinar uma lição do evangelho. Ele pode preparar-se preenchendo a agenda da reunião do quórum durante a reunião de presidência.

Iniciar a experiência de aprendizado

Escolha dentre as seguintes sugestões, ou crie suas próprias, para revisar a lição da semana passada e apresentar a desta semana:

  • Traga um objeto ou uma gravura para a aula e pergunte como isso se relaciona à aula da semana passada. Revisem juntos a doutrina ensinada na semana passada.
  • Convide um rapaz para segurar uma gravura do templo e explicar por que as ordenanças do templo são importantes para ele.

Aprender juntos

Cada uma das atividades a seguir vai ajudar os membros do quórum a entender por que as ordenanças do templo são importantes. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais das que serão mais adequadas em seu quórum:

  • Convide os rapazes a completar a frase a seguir e compartilhar as respostas com a classe: “Quando sirvo no templo, __________”. Que outras respostas eles encontraram na lista do discurso do Élder Kent F. Richards “O Poder da Divindade”? Eles também podem procurar no discurso as respostas para a pergunta “Por que as ordenanças do templo são importantes?” Peça aos rapazes que contem uma experiência pessoal recente que tiveram ao servir no templo. Que bênçãos eles receberam devido ao trabalho no templo? Como parte desta atividade, você pode mostrar “Sam Hepworth Vídeo de Preparação Missionária” e trocar ideias sobre as bênçãos que os jovens dos vídeos receberam graças ao trabalho do templo.
  • Convide os rapazes a procurarem as bênçãos que recebemos por meio da adoração no templo, no discurso do Presidente Thomas S. Monson “Bênçãos do Templo”. Que bênçãos eles já receberam por frequentarem o templo e participarem das ordenanças do templo? Você também pode contar uma experiência pessoal que ilustre como as ordenanças do templo o abençoaram.
  • Mostre a gravura de um casal na frente do templo (ver Livro de Gravuras do Evangelho, nº 120). Convide o quórum a ler juntos Doutrina e Convênios 131:1–4 e procurar as bênçãos prometidas aos que entram para o novo e eterno convênio do casamento. Que bênçãos serão negadas àqueles que não fizerem esse convênio? Como a visão que o Senhor tem do casamento difere da que o mundo tem? Compartilhe com os rapazes seu testemunho das bênçãos que estão disponíveis para eles e para a futura família deles ao participarem das ordenanças do templo.
  • Mostre o vídeo “Os Templos São um Farol” e pergunte aos rapazes por que eles acham que a família Mou Tham estava disposta a fazer tamanho sacrifício para ir ao templo. Que sacrifícios eles fizeram ou viram outros fazerem para ir ao templo e receber suas bênçãos?
  • Divida o quórum em dois grupos e peça a um grupo que imagine que são os antepassados falecidos do outro grupo. Convide-os a imaginar que morreram sem ser batizados, mas que aceitaram o evangelho no mundo espiritual. Peça que cada um escreva uma mensagem a seus descendentes vivos e que a entregue a um dos rapazes do outro grupo. Peça aos membros do quórum que leiam a mensagem em voz alta. Escreva no quadro o título desta lição e peça aos rapazes que pensem sobre esta questão ao lerem o terceiro e o quarto parágrafos na seção intitulada “Tecnologia de História da Família” no discurso do Élder Quentin L. Cook “Raízes e Ramos”. Peça a eles que compartilhem seus pensamentos.

Convide os rapazes a relatarem o que aprenderam hoje. Eles compreendem a importância das ordenanças do templo? Quais são os sentimentos ou as impressões que eles têm? Eles têm mais alguma pergunta? Seria útil passar mais tempo debatendo esse assunto?

Convidar a agir

O rapaz que está dirigindo encerra a reunião. Ele pode:

  • Se possível, liderar o quórum no planejamento de uma caravana ao templo para realizar batismos pelos mortos, levando nomes de sua própria família. Ele também pode convidar os membros do quórum a usar o que aprenderam hoje para incentivar outros membros do quórum a se prepararem para ir ao templo com eles.
  • Perguntar aos membros do quórum o que sentem que devem fazer em resposta ao que aprenderam hoje.