fecha
Pular para a Navegação Principal
  • Imprimir

Como posso desenvolver amor cristão?

O puro amor de Cristo, conhecido como caridade, é o mais elevado, o mais nobre e o mais forte tipo de amor e o que dá mais alegria à alma (ver 1 Néfi 11:23). Jesus Cristo é o exemplo perfeito de caridade. Em Seu ministério mortal, ele “andou fazendo bem”, mostrando terna compaixão pelos pobres, aflitos e desesperados (ver Mateus 4:23; Atos 10:38). Para desenvolver amor cristão, precisamos procurá-lo, orar para obtê-lo e seguir o exemplo do Salvador em nossos pensamentos, nossas palavras e ações.

Preparar-se espiritualmente

Quais escrituras e outros recursos vão ajudar as moças a desenvolver o atributo cristão da caridade?

Gênesis 45; Lucas 23:33–34; Alma 61:9 (Exemplos de pessoas que demonstraram amor)

Levítico 19:18 (Ama teu próximo como ti a mesmo)

1 Samuel 16:7 (O Senhor olha para o coração)

João 15:9–13 (Cristo demonstrou Seu amor por nós ao dar a Sua vida)

1 João 4:7–11, 18–21 (Deus é amor)

Mosias 4:16 (Socorrer aqueles que necessitam de socorro)

3 Néfi 12:44 (Amar vossos inimigos)

Morôni 7:45–48 (A caridade é o puro amor de Cristo; ore para se encher desse amor)

Thomas S. Monson “Bondade, Caridade e Amor”, A Liahona, maio de 2017, p. 66

Dieter F. Uchtdorf, “O Perfeito Amor Lança Fora o Temor”, A Liahona, maio de 2017, p. 104

Thomas S. Monson, “Amor: A Essência do Evangelho”, A Liahona, maio de 2014, p. 91

Dallin H. Oaks, “Amar os Outros e Conviver com as Diferenças”, A Liahona, novembro de 2014, p. 25

“Caridade”, Sempre Fiéis, 2004, pp. 32–33

Vídeos: “Torcendo Juntas,” “Por Madison,” “Compartilhar a Luz de Cristo”

Compartilhar experiências

No início de cada aula, convide as moças a compartilharem e ensinarem as experiências que tiveram ao aplicar o que aprenderam na lição da semana anterior e a testificarem sobre elas. Isso vai incentivar a conversão pessoal e ajudar as moças a ver a importância do evangelho em sua vida diária.

Apresentar a doutrina

Escolha dentre as ideias a seguir, ou crie sua própria, para apresentar a lição desta semana:

  • Em alguns pedaços de papel, escreva “Senti mais o amor de alguém quando ____________”. Distribua esses pedaços de papel para cada uma das moças antes do início da aula e peça a elas que pensem em como preencheriam o espaço em branco. Convide as moças a compartilharem seus pensamentos para começar a lição.
  • Convide-as a cantarem “Amai-vos Uns aos Outros” (Hinos, nº 74). Peça às moças que digam o que as palavras desse hino significam para elas.

Aprender juntas

Cada uma das atividades a seguir vai ajudar as moças a aprender a desenvolver amor cristão. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais delas que serão mais adequadas em sua classe:

  • Tudo o que Jesus Cristo fez por nós foi devido a um amor perfeito por nós e por Seu Pai. Como podemos desenvolver a capacidade de obedecer devido a um amor perfeito, tal como o Salvador tinha, e não por medo? Divida a classe em dois grupos para estudarem o discurso “O Perfeito Amor Lança Fora o Temor”, do Presidente Dieter F. Uchtdorf . Designe um grupo para compartilhar o que aprendeu com as seções intituladas “O Medo Como Instrumento de Manipulação” e “O Problema do Medo”, e o outro grupo para compartilhar o que aprendeu com as seções intituladas “Um Jeito Melhor” e “O Perfeito Amor Lança Fora o Temor”. Dê às moças tempo para escreverem o que pensam sobre as seguintes perguntas: De que maneira me sinto obrigada a fazer algumas coisas por medo? O que posso fazer para desenvolver amor cristão? O que quero mudar como resultado do que aprendi?
  • Leve folhas de papel para a aula (uma folha para cada moça) com uma das seguintes palavras no alto: Bondade, Caridade, e Amor. Dê uma folha de papel para cada moça e convide-as a estudar os discursos Amor: A Essência do Evangelho” e “Bondade, Caridade e Amor”, do Presidente Thomas S. Monson “, buscando uma citação ou história que ensine sobre a palavra em sua folha de papel. Peça às moças que compartilhem o que encontraram. Que oportunidades temos como classe de sermos mais bondosas, amorosas e caridosas?
  • Peça às moças que leiam João 15:9–13; 1 João 4:7–11,18–21; e Morôni 7:47–48. O que as moças podem aprender nesses versículos sobre como desenvolver amor cristão? O que a frase “puro amor de Cristo” significa para elas? Peça às moças que encontrem histórias nas escrituras que ilustrem o amor do Salvador e peça-lhes que compartilhem essas histórias umas com as outras. Como podemos seguir o exemplo do Salvador? Elas também podem ler e debater histórias de um dos discursos relacionados neste esboço ou compartilhar exemplos de ocasiões em que elas, ou alguém que conhecem, foram abençoadas por um ato de amor cristão.
  • Escreva as seguintes referências das escrituras no quadro: Mosias 4:16 e Levítico 19:18. Divida a classe em dois grupos e designe a cada grupo uma das passagens das escrituras. Instrua as moças a identificar os mandamentos dados na passagem e a escrever um resumo dos mandamentos no quadro, ao lado da referência da escritura. Quais oportunidades de seguir esses mandamentos elas têm em casa, na escola e na comunidade? Quais obstáculos podem nos impedir de obedecer a esses mandamentos? Como podemos sobrepujar esses obstáculos?
  • Em classe, leiam, assistam ou ouçam o discurso do Élder Dallin H. Oaks “Amar os Outros e Conviver com as Diferenças”. Peça às moças que identifiquem conselhos que vão ajudá-las a amar as pessoas em situações difíceis. O que mais as moças podem aprender ao estudarem um exemplo nas escrituras de uma pessoa que demonstrou amor àqueles que a perseguiram ou ofenderam? Alguns exemplos incluem o Salvador (ver Lucas 23:34), José do Egito (ver Gênesis 45) e Paorã (ver Alma 61:9). Peça às moças que ponderem em silêncio sobre alguém na vida delas por quem talvez tenham sentimentos ruins, e que pensem em maneiras de demonstrar mais amor cristão por essa pessoa.
  • Assista a um dos vídeos sugeridos neste esboço. O que as moças aprendem sobre amor cristão com esses vídeos? Peça às moças que contem uma experiência na qual o ato de serviço de alguém as ajudou a sentir o amor do Salvador. O que essa experiência pode ensinar a elas sobre Jesus Cristo? Convide as moças a pensar em alguém que sabem que precisa sentir o amor do Senhor. O que podem fazer para ajudar essa pessoa?

Peça às moças que relatem o que aprenderam hoje. Quais são os sentimentos ou as impressões que elas têm? Elas compreendem como podem desenvolver amor cristão? Elas têm mais alguma pergunta? Seria útil passar mais tempo debatendo esse assunto?

Viver o que aprendemos

Convide as moças a refletir sobre como viverão aquilo que aprenderam hoje. Por exemplo, elas poderiam:

  • Orar ou demonstrar amor a alguém por quem tenham sentimentos negativos.
  • Demonstrar amor a alguém que pode precisar de atenção ou ajuda especial (ver experiências 3, 5 e 6 com o valor Boas Obras, no Progresso Pessoal, pp. 54-55).