As barras de menu do LDS.org mudaram. Saiba mais. fecha
Pular para a Navegação Principal
  • Imprimir

Como posso ser mais semelhante a Cristo em meu serviço ao próximo?

Jesus Cristo deixou o exemplo perfeito de como amar as pessoas ao Seu redor e servir a elas. Ao sermos batizados, prometemos servir ao próximo. Podemos servir ao próximo como o Salvador fez, de muitas maneiras, ajudando os membros da nossa família, compartilhando o evangelho com outras pessoas e realizando, todos os dias, atos simples de bondade.

Preparar-se espiritualmente

Quais escrituras e outros recursos vão ajudar as moças a entender a importância de servir ao próximo como Cristo fez?

Mateus 14:13–21; João 9:1–7; 13:4–5, 12–17; 1 Néfi 11:31; 3 Néfi 17:5–9 (Exemplos de Jesus Cristo servindo ao próximo)

Mateus 20:27 (O Salvador ensina a seus discípulos que o maior é o servo)

Mateus 25:31–46 (Quando servirmos ao próximo, estamos servindo a Deus)

Lucas 10:25–37 (O bom samaritano; ver também o vídeo da Bíblia “A Parábola do Bom Samaritano”)

João 13:34–35 (Devemos amar como o Salvador ama)

Mosias 2:17 (O rei Benjamim ensina que, quando servimos ao próximo, servimos a Deus)

Michael T. Ringwood, “Verdadeiramente Bons e sem Dolo” A Liahona, maio de 2015, p. 59

Thomas S. Monson, “Nunca Andamos Sozinhos”, A Liahona, novembro de 2013, p. 121

“Serviço”, Para o Vigor da Juventude, 2011, pp. 32–33

Vídeos: “Resgatar os Necessitados”, “Hora de Servir”, “Para Madison”, “Torcendo Juntas” e “Oportunidades de Fazer o Bem”, “Quando Estais a Serviço – Moças”

Compartilhar experiências

No início de cada aula, convide as moças a compartilharem e ensinarem as experiências que tiveram ao aplicar o que aprenderam na lição da semana anterior e a testificarem sobre elas. Isso vai incentivar a conversão pessoal e ajudar as moças a ver a importância do evangelho em sua vida diária.

Apresentar a doutrina

Escolha dentre as ideias a seguir, ou crie sua própria, para apresentar a lição desta semana:

  • Peça às moças que leiam João 13:34–35 e que encontrem gravuras no Livro de Gravuras do Evangelho, ou em uma revista da Igreja, que mostrem o Salvador ou outras pessoas prestando serviço amoroso. Sugira a elas que mostrem suas gravuras para a classe e expliquem o que elas aprenderam com a gravura sobre o serviço cristão.
  • Peça às moças que falem sobre experiências que tiveram recentemente servindo ao próximo (especialmente membros da própria família). Que efeito esse serviço teve sobre elas? Que efeito teve nas outras pessoas?
  • Pergunte às moças se elas já foram socorridas fisicamente em um momento de dificuldade. Como se sentiram sobre a pessoa que as ajudou? Assista ao vídeo “Rescuing Those in Need” [Resgatar os Necessitados], e convide as moças a debaterem o que aprenderam com o Presidente Monson sobre servir ao próximo como o Salvador o fez.

Aprender juntas

Cada uma das atividades a seguir ajudará a inspirar as moças a prestar serviço cristão. Seguindo a orientação do Espírito, selecione uma ou mais que serão mais adequadas para sua classe:

  • Peça às moças que ponderem o que motiva as pessoas a servir. Faça uma lista das respostas no quadro e depois identifique quais motivações são cristãs e quais são do mundo. Convide as moças a analisar o discurso “Verdadeiramente Bons e sem Dolo”, do Élder Michael T. Ringwood, e procurem o que ele ensina sobre motivações cristãs. Peça às moças que deem exemplos de pessoas que prestaram serviço cristão, sejam das escrituras ou de suas experiências pessoais. Dê tempo para que as moças escrevam bilhetes de agradecimento às pessoas que lhes prestaram serviço cristão.
  • Designe cada moça a ler uma escritura da vida do Salvador sobre serviço (como aquelas sugeridas neste esboço) e peça a elas que resumam a história para a classe e expliquem o que o Salvador fez para servir ao próximo. O que o exemplo do Salvador ensina sobre o significado de prestar serviço? Convide as moças a pensar em maneiras pelas quais elas podem prestar serviço cristão na própria família.
  • Pergunte às moças: “O que o Salvador estava ensinando na parábola do bom samaritano?” Em classe, leiam a parábola do bom samaritano em Lucas 10:25–37 (ou assistam ao vídeo “A Parábola do Bom Samaritano”). Convide as moças a compartilhar histórias de quando foram abençoadas pelo serviço cristão de outras pessoas. Por que às vezes achamos que é difícil servir a outras pessoas (como o sacerdote e o levita fizeram)? Que oportunidades as moças têm de “ir e fazer” como o bom samaritano fez?
  • Divida as moças em grupos e dê a cada grupo a história sobre Tiffany do discurso “Nunca Andamos Sozinhos”, do Presidente Thomas S. Monson, ou uma das histórias no discurso “Primeiro Observar, Depois Servir”, da irmã Linda K. Burton (ou mostre um ou mais dos vídeos sugeridos neste esboço). O que impressiona as moças sobre os atos de serviço nessas histórias? Como as pessoas nessas histórias descobriram a necessidade de prestar serviço? Permita que as moças ponderem e compartilhem outros exemplos semelhantes de serviço que elas observaram. Convide-as a compartilhar o que se sentem inspiradas a fazer depois de conhecerem esses exemplos.

Peça às moças que relatem o que aprenderam hoje. Elas compreendem como prestar serviço cristão? Quais são os sentimentos ou as impressões que elas têm? Elas têm mais alguma pergunta? Seria útil passar mais tempo discutindo essa doutrina?

Viver o que aprendemos

Convide as moças a refletir sobre como viverão aquilo que aprenderam hoje. Por exemplo, elas poderiam:

  • Realizar qualquer uma das experiências com o valor Boas Obras no Progresso Pessoal e relatar na próxima aula o que fizeram.
  • Planejar e executar um pequeno ato de serviço, individualmente ou numa atividade da Mutual.