Conferência Geral: Bênção Singular
    Notas de rodapé

    Mensagem da Primeira Presidência

    Conferência Geral: Bênção Singular

    President Dieter F. Uchtdorf

    Um bom membro da Igreja estava conversando com o vizinho, que não era membro. Quando a conversa abordou a conferência geral, o vizinho perguntou: “Você diz que em sua Igreja há profetas e apóstolos? E que, duas vezes ao ano, em uma conferência mundial, eles revelam a palavra de Deus?”

    “Isso mesmo”, o membro respondeu, com segurança.

    O vizinho ponderou aquilo por um instante. Ele parecia bastante interessado; por fim, perguntou: “O que eles disseram na última conferência geral?”

    Nesse momento, o bom membro da Igreja sentiu sua empolgação em falar sobre o evangelho virar constrangimento. Por mais que tentasse, não conseguia se lembrar dos detalhes de um único discurso.

    O amigo percebeu a dificuldade e disse: “Quer dizer que Deus fala aos homens hoje em dia e você não se lembra do que Ele disse?”

    A mudança de sentimentos fez esse bom irmão se humilhar. Prometeu a si mesmo que se esforçaria mais para lembrar o que foi dito pelos servos do Senhor nas conferências gerais.

    Todos nós sabemos como é difícil nos lembrarmos de cada mensagem da conferência geral, e digo-lhes que não precisamos ficar envergonhados se não nos lembrarmos de tudo. Não obstante, há mensagens em cada conferência geral que são como dádivas e bênçãos dos céus especificamente para a situação de nossa vida, em particular.

    Em preparação para a conferência geral, gostaria de sugerir três conceitos básicos que podem ajudar a melhor receber, relembrar e aplicar as palavras faladas pelos servos do Senhor.

    1. Os membros da Igreja têm o direito de receber revelações pessoais ao ouvir e estudar as palavras inspiradas faladas na conferência geral.

    Ao se prepararem para a conferência geral, ponderem as perguntas que vocês desejam que sejam respondidas. Por exemplo, talvez vocês anseiem pela direção e orientação do Senhor quanto aos problemas que enfrentam.

    As respostas para suas orações específicas podem vir diretamente de um discurso ou de uma frase em particular. Pode ser que as respostas lhes cheguem por meio de uma palavra, expressão ou hino, inexplicavelmente. Um coração pleno de gratidão pelas bênçãos da vida e um desejo sincero de ouvir e seguir as palavras de conselho prepararão o caminho para a revelação pessoal.

    2. Não descarte uma mensagem só porque ela lhe soa familiar.

    Os profetas sempre ensinaram pela repetição, que é uma lei do aprendizado. Você ouvirá a repetição de temas e doutrinas na conferência geral. Gostaria de lhes assegurar algo: isso não ocorre devido à falta de criatividade ou de imaginação. Continuaremos a ouvir mensagens sobre assuntos semelhantes porque o Senhor nos ensina e grava em nossa mente e em nosso coração certos princípios fundamentais de enorme importância eterna que precisam ser compreendidos e praticados, antes de passarmos para outras coisas. O construtor que é sábio lança primeiro o alicerce antes de construir as paredes e o teto.

    3. As palavras faladas na conferência geral devem ser uma bússola que aponta o caminho que devemos trilhar nos próximos meses.

    Se ouvirmos e seguirmos os sussurros do Espírito, essas palavras nos servirão como uma liahona, guiando-nos através do desconhecido, desafiando vales e montanhas diante de nós (ver 1 Néfi 16).

    Desde o princípio, Deus levantou profetas que revelam a vontade dos céus ao povo de sua época. Temos a responsabilidade de ouvir e aplicar as mensagens que o Senhor nos envia.

    Nosso misericordioso e amoroso Pai Celestial não abandonou e não abandonará Seus filhos. Hoje, assim como no passado, ele chamou apóstolos e profetas. Ele continua revelando Sua palavra a eles.

    É um privilégio maravilhoso podermos ouvir as mensagens de Deus para cada um, durante a conferência geral! Vamos nos preparar bem para essa grande bênção de orientação divina transmitida por Seus servos escolhidos.

    Pois essa é uma bênção singular.

    À direita: Fotografia: Les Nilsson