7: Como posso aprender melhor o idioma de minha missão?
    Notas de rodapé

    “7: Como posso aprender melhor o idioma de minha missão?”, Pregar Meu Evangelho: Guia para o Serviço Missionário, 2018, pp. 135–144

    “7 Aprender o idioma”, Pregar Meu Evangelho, pp. 135–144

    7

    Como posso aprender melhor o idioma de minha missão?

    bandeiras

    Fotografia: GettyImages.com. Reprodução proibida.

    Pense nisto

    • Por que preciso melhorar continuamente minhas habilidades com o idioma?

    • Como posso melhorar minha capacidade de falar e de ensinar no idioma de minha missão?

    • Como posso obter o dom de línguas?

    Preparar-se espiritualmente

    O Senhor declarou: “Pois acontecerá nesse dia que todo homem ouvirá a plenitude do evangelho em sua própria língua e em seu próprio idioma, por meio daqueles que são ordenados com esse poder” (Doutrina e Convênios 90:11). Fortaleça seu testemunho pessoal para que suas palavras tenham poder de conversão. Estude primeiro a doutrina e as lições em seu próprio idioma. Essa compreensão fortalecerá seu testemunho e sua capacidade de ensinar e testificar de modo convincente. Você aprenderá a transmitir a mensagem da Restauração no idioma de sua missão sob a orientação do Espírito.

    Segue-se uma lista de maneiras pelas quais você pode fortalecer sua fé no fato de que o Senhor o ajudará a ensinar e a testificar no idioma de sua missão:

    • Reconheça que você foi chamado por Deus por intermédio de um profeta.

    • Seja digno da companhia do Espírito Santo.

    • Seja obediente aos mandamentos e aos padrões missionários.

    • Ore sinceramente para receber auxílio divino.

    • Busque os dons do Espírito, inclusive o dom de línguas e o dom de interpretação de línguas.

    • Estude, pratique e use o idioma da missão todos os dias.

    Ser dedicado e diligente

    Aprender a ensinar com eficácia no idioma de sua missão requer esforço diligente e os dons do Espírito. Não se surpreenda se essa tarefa a princípio parecer difícil. Aprender um novo idioma requer bastante tempo. Seja paciente com você mesmo. Ouça com atenção, fale o idioma com frequência, aprenda novo vocabulário e pratique a gramática e a pronuncia todos os dias. Peça a ajuda de seu companheiro, dos membros, das pessoas que está ensinando e de outros missionários.

    Não pare de melhorar suas habilidades com o idioma depois que as pessoas começarem a entender o que você fala. À medida que sua capacidade de falar o idioma aumentar, as pessoas prestarão mais atenção no que você está dizendo em vez de prestarem atenção na maneira como você fala. Você ficará menos preocupado com sua capacidade de comunicar os sentimentos de seu coração. Será mais capaz de responder às necessidades das pessoas a quem está ensinando e aos sussurros do Espírito.

    Esforce-se para aprender o idioma durante toda a missão e depois que retornar para casa. O Senhor investiu muito em você e pode ser que mais tarde em sua vida Ele utilize sua capacidade de falar o idioma. O élder Jeffrey R. Holland explicou: “Esperamos que todo missionário que esteja aprendendo um novo idioma aprenda a utilizá-lo de todas as maneiras possíveis. (…) Fazendo isso, sua capacidade de ensinar e testificar vai melhorar. Você será mais bem recebido pelas pessoas a quem ensina e terá maior capacidade de influenciá-las espiritualmente. (…) Não fique satisfeito apenas com o que chamamos de vocabulário missionário. Procure se esforçar ao máximo para aprender o idioma, pois assim terá mais capacidade de tocar o coração das pessoas” (transmissão via satélite para missionários, agosto de 1998).

    Você não é o único que está aprendendo o idioma de sua missão. Sempre que o Senhor dá um mandamento, Ele providencia um meio para que você o cumpra (ver 1 Néfi 3:7). Procure a ajuda Dele. Seja dedicado em seu estudo. Com o tempo, você vai adquirir a capacidade necessária para falar o idioma de modo a cumprir seu propósito como missionário.

    Aprender inglês

    Se você não fala inglês, você deve estudar esse idioma como missionário. Isso vai abençoá-lo durante sua missão e por toda a sua vida. O aprendizado do idioma inglês permitirá que você ajude a edificar o reino do Senhor de outras maneiras e será uma bênção para você e para sua família. Muitas sugestões encontradas neste capítulo vão ajudá-lo. Concentre-se especialmente no seguinte:

    • Estabeleça a meta de falar inglês com seu companheiro. Se seu companheiro já sabe inglês e está aprendendo o idioma que você fala, vocês podem falar inglês em casa e o idioma da missão quando saírem para trabalhar.

    • Leia o Livro de Mórmon em inglês com seu companheiro. Você pode alternar a leitura da seguinte maneira: leia um versículo em inglês e depois seu companheiro lerá o versículo no idioma da missão. Corrijam a pronúncia e a dicção um do outro.

    • Peça a seu presidente de missão que sugira um livro de gramática inglesa simples para você usar, se ainda não tiver um.

    Princípios do aprendizado do idioma

    Esta seção descreve princípios que vão ajudá-lo a estudar e a aprender o idioma de modo mais eficaz.

    • Assuma a responsabilidade. Crie ou adapte regularmente suas metas de aprendizado do idioma e seu plano de estudo. Esforce-se para usar o idioma em todas as oportunidades.

    • Torne seu estudo significativo. Pergunte a si mesmo: Por que estou estudando isso? Como isso vai me ajudar a me comunicar melhor? Relacione o que você está estudando com situações reais e atividades de seu dia a dia. Estude partes do idioma que vão ajudá-lo a dizer o que você quer dizer. Por exemplo, se houver uma história das escrituras que você gostaria de incluir em seu ensino, aprenda a gramática e o vocabulário necessários para contá-la.

    • Procure se comunicar. Procure encontrar um equilíbrio adequado entre o estudo da gramática e a estrutura do idioma e o aprendizado por meio de suas atividades diárias. Nada substitui uma conversa com pessoas locais que falem o idioma.

    • Aprenda cuidadosamente os conceitos novos. Você poderá lembrar e usar eficazmente os princípios do idioma se revisar regularmente o que estudou e praticar esses princípios novamente em outras situações.

    Criar um plano de estudo do idioma

    Um plano de estudo do idioma ajuda tanto os missionários novos quanto os mais experientes a se concentrarem no que podem fazer a cada dia para melhorar sua capacidade de falar o idioma da missão. Seu plano deve incluir o que você fará durante seu tempo de estudo do idioma e o que fará durante o dia.

    Se necessário, use parte de seu tempo de estudo do idioma para criar e adaptar seu plano de estudo. Depois disso, durante o tempo de estudo do idioma, aprenda o que será necessário saber do idioma para as atividades do dia. As seguintes diretrizes vão ajudá-lo a criar seu próprio plano de aprendizado do idioma:

    1. Estabeleça metas. Metas semanais e diárias vão ajudá-lo a aprender o idioma de sua missão. Concentre suas metas na melhoria de sua capacidade de se comunicar e ensinar durante as atividades programadas, como aulas, oportunidades de encontrar pessoas para ensinar e reuniões de conselho da ala. Analise seu progresso no cumprimento de suas metas referentes ao idioma. Pergunte a si mesmo o que você pode fazer para se comunicar com mais clareza e poder durante suas atividades programadas.

    2. Escolha que ferramentas vai utilizar. Analise as seguintes ferramentas de aprendizado do idioma e decida qual utilizar para alcançar suas metas:

      Materiais para estudar espanhol
      • As obras-padrão no idioma de sua missão.

      • As lições no idioma de sua missão.

      • Um dicionário de bolso.

      • Um pequeno livro de gramática.

      • O material para estudo de idiomas do CTM.

      • Cartões de anotações.

      • Um pequeno caderno.

      • Aplicativos aprovados para o aprendizado de idiomas.

      • Outros materiais da Igreja no idioma de sua missão.

    3. Memorize palavras e frases. Identifique as palavras e frases que vão ajudá-lo a alcançar suas metas. Seu plano de estudo do idioma pode incluir as seguintes ideias:

      • Identifique palavras e frases da lição, dos folhetos, das escrituras e de outras publicações da Igreja que você possa usar em seu ensino.

      • Escreva em um caderno as palavras ou frases que você não conhece. Carregue consigo um pequeno dicionário e procure essas palavras.

      • Carregue alguns cartões de anotações consigo durante o dia. Escreva uma palavra ou frase em um lado e a definição no lado oposto. Deixe de lado as palavras que já aprendeu. Trabalhe com as outras palavras até saber todas elas.

      • Use palavras e expressões novas em frases no seu estudo pessoal, no ensino e durante o dia.

      • Pratique sua pronúncia dizendo palavras e frases novas em voz alta.

      • Decore escrituras importantes no idioma da missão.

      • Decore declarações simples tiradas das lições ou de recursos aprovados que expliquem princípios do evangelho. Encontre outras maneiras de expressar essas ideias.

    4. Aprenda a gramática. Use suas ferramentas de aprendizado do idioma para identificar princípios de gramática que vão ajudá-lo a alcançar suas metas. Se necessário, peça a ajuda de seu companheiro, de um missionário experiente ou de um membro. Você pode fazer algumas destas coisas:

      • Use o livro de gramática que recebeu no Centro de Treinamento Missionário ou um livro aprovado pelo seu presidente de missão para ajudá-lo a compreender os padrões de gramática e de formação de frases encontrados nas lições, nos recursos aprovados e nas escrituras.

      • Prepare frases que apliquem esses princípios de gramática para serem usadas em suas atividades programadas. Pratique como falar e como escrever as frases.

      • Preste atenção na ordem das palavras e nas palavras e suas partes.

      • Procure oportunidades para praticar e aplicar a gramática que você estuda todos os dias.

    5. Ouça atentamente. Você pode adotar o hábito de fazer o seguinte:

      • Ouça atentamente as pessoas locais. Imite o que ouvir.

      • Quando ouvir algo que não compreende, escreva e descubra o que significa. Pratique como utilizar palavras ou frases-padrão.

      • Quando estiver ouvindo, identifique palavras e padrões que aprendeu recentemente.

      • Quando ouvir uma frase expressada de maneira diferente da que você diria, escreva-a e pratique-a. Contudo, como servo do Senhor, use sempre uma linguagem adequada, nunca gírias.

      • Faça uma lista de coisas que as pessoas poderiam falar para você durante suas atividades planejadas. Procure palavras e frases relacionadas a essas respostas. Planeje e pratique como você poderia responder.

    6. Melhore sua capacidade de ler e de escrever. Leia o Livro de Mórmon no idioma de sua missão para aprender palavras e frases e praticar a gramática, a pronúncia e a fluência. Há um grande poder na utilização das escrituras em seu estudo do idioma. Pense nas seguintes ideias:

      • Aprenda a ler e a escrever o alfabeto, a escrita ou os caracteres de seu idioma. No caso de sistemas de escrita com base em caracteres, concentre-se em aprender a ler coisas que vão ajudá-lo quando ensinar, por exemplo, as escrituras.

      • Leia o Livro de Mórmon, outras escrituras ou as revistas da Igreja em voz alta, no idioma de sua missão. Preste atenção em palavras, frases e regras gramaticais desconhecidas. Se não entender uma palavra, procure compreender o significado a partir do contexto da passagem antes de procurá-la no dicionário. Acrescente a palavra em seus cartões de anotações. Use as escrituras em seu próprio idioma e no idioma de sua missão, lado a lado se necessário.

      • Durante sua leitura, peça a alguém que o ajude a aprender a pronúncia, a entonação e as pausas.

      • Pratique como escrever no idioma de sua missão — por exemplo, anotações pessoais e lembretes, cartas, bilhetes de agradecimento e de incentivo. Escreva seu testemunho nos exemplares do Livro de Mórmon que você distribui.

    7. Peça ajuda a outras pessoas. Você pode adotar o hábito de fazer o seguinte:

      Uma mãe da Guatemala
      • Se seu companheiro for um missionário local, aproveite essa grande oportunidade fazendo muitas perguntas e pedindo-lhe que o ajude com o idioma.

      • Peça a seu companheiro e a pessoas locais que o corrijam e que sugiram maneiras de você falar melhor. Se eles usarem uma palavra que você não conhece, peça-lhes que expliquem o significado para você. As crianças e os idosos geralmente estão muito dispostos a ajudar.

      • Peça às pessoas que você estiver ensinando que o ajudem. Explique: “Estou aprendendo seu idioma. Por favor, ajude-me. Se eu não souber uma palavra, ajude-me”.

      • Não hesite em pedir ajuda específica ao perguntar: “Como se diz…?”  “Como se pronuncia…?”  “O que ___________ significa?” “Pode repetir, por favor?” Escreva as respostas e as estude.

      • Peça aos membros que lhe façam perguntas usando os cartões de anotações ou as listas de palavras e que o ajudem a ler as escrituras em voz alta.

    8. Avalie e altere seu plano de estudo. Analise seu plano de estudo a cada semana para avaliar se está funcionando. Peça a seu companheiro e a seus líderes de missão que sugiram áreas em que você pode melhorar.

    Use o idioma de sua missão em todas as oportunidades. Fale o idioma com seu companheiro o máximo possível durante o dia. Use o idioma da missão em suas orações pessoais e nas orações públicas, para aprender a linguagem adequada da oração e para aprender a expressar o que você sente no coração.

    Não tenha medo de cometer erros. Todos os que estão aprendendo um novo idioma cometem erros. As pessoas vão compreender e apreciarão seu esforço em aprender o idioma delas. Decorar frases e escrituras vai ajudá-lo a evitar erros, mas você não deve usar longos trechos decorados ou preparados como forma de evitar erros.

    Atividade: Estudo pessoal

    Usando as diretrizes descritas anteriormente, crie um plano de estudo. Analise seu plano com seu companheiro ou com um líder da missão.

    Aprender com seus companheiros

    Ajude seus companheiros a terem sucesso e a adquirirem confiança no aprendizado do idioma o mais rápido possível. Elogie com frequência e com sinceridade o progresso de seus companheiros e de outros missionários. Tenha cuidado de não dizer ou fazer nada que possa enfraquecer a confiança deles, mas não os proteja tanto a ponto de impedir que aprendam. Não deixe de ajudar quando necessário. Dê-lhes muitas oportunidades de ensinar e de testificar com sucesso. Você pode usar uma das seguintes ideias para aprender com seus companheiros:

    • Ensinem um ao outro as regras de gramática e as palavras que aprenderam.

    • Pratiquem como ensinar no idioma da missão. A princípio, os missionários novos podem ensinar conceitos bem simples, prestar um testemunho simples e recitar escrituras decoradas. À medida que forem aumentando a confiança e a capacidade que possuem, eles serão capazes de participar mais plenamente do ensino.

    • Pratique como utilizar o idioma para se comunicar em situações missionárias comuns.

    • Digam um ao outro como estão se saindo, dando conselhos práticos e simples com bondade. Também é importante que você aprenda a ouvir sugestões e correções sem se ofender.

    Observe como um missionário mais experiente ajudou o companheiro no seguinte relato verídico.

    Eu tinha acabado de chegar à minha segunda área quando meu companheiro disse que seria minha vez de deixar um pensamento espiritual no jantar a que tínhamos sido convidados. Eu fiquei aterrorizado. Meu primeiro companheiro sempre ficava feliz em ensinar tudo, e eu estava acostumado a apresentar apenas minha pequena parte da lição e depois ficar ouvindo enquanto ele explicava e respondia todas as perguntas.

    Procurei convencer meu companheiro de que ele deveria deixar o pensamento espiritual, mas ele me incentivou a aceitar a designação. Pratiquei bastante com a ajuda dele.

    Quando o momento chegou, abri minhas escrituras e li algumas passagens de 3 Néfi 5 e 7. Tive um pouco de dificuldade, mas consegui explicar por que achava aquelas passagens importantes e fiquei aliviado quando terminei. Quando me fizeram uma pergunta, olhei para meu companheiro para que ele respondesse, mas ele não abriu a boca. Foi então que fiquei impressionado comigo mesmo quando me vi respondendo em francês de modo compreensível. Fiquei ainda mais admirado com o fato de o membro não ter achado que eu estava inseguro em relação a minha capacidade de me comunicar. Adquiri mais confiança e me dei conta de que meu francês estava melhor do que eu tinha imaginado.

    As semanas se passaram e meu companheiro continuou a deixar que eu ensinasse mesmo quando eu achava que não conseguiria fazê-lo, mesmo quando ele mesmo provavelmente se perguntava se eu conseguiria. E como ele me encorajou a falar, ouvir e ensinar, minha capacidade de falar o idioma começou a progredir mais rapidamente, e senti que me tornara um instrumento nas mãos de nosso Pai Celestial, em vez de ser apenas o companheiro calado de outro élder.

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    • Se você estiver trabalhando com um missionário novo, qual é a melhor maneira de ajudá-lo a aprender o idioma?

    • Se você for um missionário novo, que tipo de ajuda poderia pedir a seu companheiro sênior?

    Aprender a cultura e o idioma

    A cultura e o idioma estão intimamente relacionados entre si. A compreensão da cultura vai ajudar a explicar por que o idioma é usado da maneira como é usado. Esforce-se para compreender a cultura do povo para que você comunique os aspectos especiais e únicos da mensagem da Restauração de modo claro para as pessoas.

    Uma das maiores coisas que você pode fazer para conquistar a confiança e o amor das pessoas é se adaptar de modo adequado à cultura delas. Muitos grandes missionários agiram assim (ver 1 Coríntios 9:20–23). Procure fazer com que as pessoas se sintam à vontade com você e com seu modo de falar o idioma.

    Atividade: Estudo pessoal ou com o companheiro

    • Imagine que está servindo missão na Ásia. Você está se preparando para ensinar uma pessoa a respeito da ressurreição, mas você sabe que os budistas acreditam em reencarnação. Como você ensinará a respeito da ressurreição de modo que a pessoa compreenda que essa doutrina é bem diferente da doutrina da reencarnação? De que palavras e frases você precisaria para aprender a cumprir essa tarefa?

    • Pense na formação cultural e religiosa das pessoas que você está ensinando. Identifique um aspecto dessa formação que faça com que compreendam erroneamente a doutrina do evangelho. Planeje maneiras de ensinar a doutrina de modo bem claro.

    O dom de línguas

    Os dons do Espírito são reais. O dom de línguas e o dom de interpretação de línguas podem ajudá-lo tanto quanto ou mais do que qualquer outra coisa a falar e a entender o idioma das pessoas em sua missão.

    O dom de línguas e a interpretação de línguas têm muitas manifestações, inclusive falar e entender um idioma desconhecido como um dom do Espírito. Ele também inclui falar e entender um idioma conhecido com ou sem auxílio de estudo.

    Atualmente, o dom de línguas e a interpretação de línguas são mais comumente manifestados na aprendizagem e no estudo aprimorado pelo Espírito para falar e entender um idioma da missão. Além disso, o Espírito Santo manifesta a veracidade de seu testemunho apesar das dificuldades de comunicação que existam entre você e as pessoas a quem ensina. Do mesmo modo, o Espírito Santo pode lembrá-lo de palavras e frases e ajudá-lo a entender o que as pessoas querem dizer enquanto você as ensina no idioma da missão.

    De modo geral, você não receberá esses dons sem esforço; você precisa buscá-los ativamente. Parte dessa busca pelo dom de línguas é trabalhar, esforçar-se e fazer tudo a seu alcance para aprender o idioma. Seja paciente enquanto estuda e pratica o idioma em espírito de oração. Confie que o Espírito vai ajudá-lo se você viver retamente e fizer o melhor possível. Tenha fé que você terá o dom de línguas no sentido verdadeiro e mais amplo.

    Quando sentir dificuldade para se expressar claramente como gostaria, lembre-se de que o Espírito pode falar ao coração de todos os filhos de Deus. O presidente Thomas S. Monson ensinou: “Existe (…) um idioma comum a todos os missionários: o idioma do Espírito. Não é ensinado em livros didáticos escritos por estudiosos nem aprendido por meio da leitura e da memorização. O idioma do Espírito é concedido àquele que procura de todo o coração conhecer a Deus e guardar Seus divinos mandamentos. A fluência nesse idioma permite quebrar barreiras, vencer obstáculos e tocar o coração humano” (“O Espírito vivifica”, A Liahona, junho de 1997, p. 4).

    Lembre-se disto

    • Estude as lições e a doutrina que vai ensinar em seu próprio idioma primeiro.

    • Aprenda a expressar essa doutrina e seus sentimentos a respeito dela no idioma de sua missão.

    • Crie um plano de estudo do idioma e regularmente tente novas ideias, procurando melhorar sua capacidade de falar o idioma de sua missão.

    • Procure a orientação do Espírito para ajudá-lo a compreender e a se comunicar com as pessoas de sua missão.

    Ideias para estudo e aplicação

    Estudo pessoal

    • Analise as sugestões deste capítulo. Identifique uma sugestão que ainda não tenha seguido e estabeleça a meta de colocá-la em prática nos próximos dias.

    • Em seu próximo conselho de distrito, pergunte a um missionário experiente, com boa capacidade de falar o idioma, o que ele fez para aprendê-lo.

    • Leia e debata a declaração a seguir do élder Richard G. Scott: “Se houver tradições ou costumes que estejam em conflito com os ensinamentos de Deus, abandone-os. Se tais tradições e costumes estiverem em harmonia com os ensinamentos do Senhor, eles devem ser apreciados e valorizados” (“Remover as barreiras à felicidade”, A Liahona, julho de 1998, p. 97). Pense nas diferenças culturais existentes entre a área onde você serve e o lugar onde nasceu. Faça uma lista dessas diferenças. Depois disso, risque tudo o que estiver em conflito com os ensinamentos do evangelho. Pondere sobre cada um dos itens restantes e pense como você pode adotar esses costumes em sua própria vida.

    • Desenvolva um plano de estudo a fim de se preparar para fazer uma das seguintes coisas no idioma de sua missão:

      • Contar a história de Joseph Smith.

      • Resumir 3 Néfi 11.

      • Resumir Alma 32.

      • Contar a história de Néfi e das placas de latão (ver 1 Néfi 3–5).

      • Explicar as dispensações.

      • Contar uma experiência pessoal.

    • Fazer cartões de anotações para as palavras que você não conhece em uma das lições. Carregue-os com você até ter aprendido todas as palavras.

    Estudo com o companheiro

    • Pratiquem como ensinar as lições missionárias um ao outro no idioma de sua missão.

    • Peça a seu companheiro que ouça sua pronúncia e ajude você a melhorar.

    • Escolham histórias ou passagens das escrituras que gostariam de usar no ensino. Pratiquem como resumi-las usando suas próprias palavras.

    • Analisem as sugestões deste capítulo. Debatam quais sugestões vocês poderiam usar no estudo com o companheiro da próxima semana.

    • Se você estiver treinando um missionário novo, tome nota das situações em que as pessoas não entenderam seu companheiro. Faça uma lista de palavras, frases e regras gramaticais relevantes que poderiam ajudar seu companheiro. Expliquem e pratiquem como usar o que está na lista nas futuras atividades planejadas.

    Conselhos de distrito, conferências de zona e conselhos de liderança da missão

    • Convide para a reunião pessoas que falem o idioma local. Faça os preparativos para que os missionários ensinem essas pessoas em pequenos grupos. Peça aos convidados que anotem e digam como os missionários se saíram ao falar o idioma.

    • Designe com antecedência um ou dois missionários para que relatem os sucessos que tiveram no estudo do idioma. Peça-lhes que compartilhem sugestões.

    • Designe um missionário experiente para que faça uma breve apresentação sobre alguma parte do idioma que geralmente é difícil para os missionários. Apresente exemplos de um bom uso do idioma e peça aos missionários que pratiquem.

    • Peça aos missionários locais que compartilhem noções úteis sobre a cultura local.

    Presidente de missão, esposa e conselheiros

    • Entreviste ou converse periodicamente com os missionários no idioma que eles estão aprendendo.

    • Peça ideias aos líderes locais do sacerdócio sobre como os missionários podem melhorar a capacidade que eles têm de falar o idioma.

    • Identifique os erros mais comuns cometidos pelos missionários que estão aprendendo o idioma de sua missão. Dê instruções na conferência de zona ou no conselho de liderança da missão para corrigir esses erros.

    • Ensine aos missionários a doutrina dos dons espirituais.

    • Observe seus missionários quando estiverem ensinando no idioma da missão.

    • Busque oportunidades de utilizar o idioma com seus missionários.